Exército pela Independência Kachin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira do Exército pela Independência Kachin.

Exército pela Independência Kachin (Kachin: ShangLawt Hpyen, birmanês: ကချင် လွတ်မြောက်ရေး တပ်မတော်) é a ala militar da Organização pela Independência Kachin, um grupo político do povo kachin no norte de Mianmar (anteriormente Birmânia). Os kachins formam uma coalizão de seis tribos cuja nação abrange o território de Yunnan, na China, o nordeste da Índia e o estado de Kachin, em Mianmar.

O Exército pela Independência Kachin é financiado pela Organização pela Independência Kachin, que arrecada dinheiro através de impostos regionais e comércio de jade, madeira e ouro. O quartel-general do Exército pela Independência Kachin está em Laiza, no sul do estado de Kachin, perto da fronteira com a China. [1]

Em 2009, Thomas Fuller, do The New York Times, estimou o número de soldados ativos do Exército pela Independência Kachin em cerca de 4.000[2], divididos em cinco brigadas e uma brigada móvel. A maioria está estacionada em bases perto da fronteira com a China, em faixas de território mantidas pela Organização pela Independência Kachin. [2] Em outubro de 2010, os comandantes do Exército pela Independência Kachin declararam possuir "10.000 soldados regulares e 10.000 reservistas". [3] Em maio de 2012, o grupo tinha cerca de 8.000 soldados.[4] Os membros do Exército Independente Kachin são em sua maioria cristãos.[5]

O Exército pela Independência Kachin é designado como grupo terrorista pelo governo de Mianmar.[6]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Leithead 2010.
  2. a b Fuller 2009.
  3. BBC staff 2010.
  4. AP, 4 May 2012, Myanmar state media report battles between government troops, Kachin rebels killed 31
  5. McDonald, Josh. «The Christian Vigilantes Fighting Myanmar's Heroin Epidemic». The Diplomat (em inglês) 
  6. «Myanmar's Kachin armed groups want 'terrorist' label removed | Dhaka Tribune». www.dhakatribune.com (em inglês) 

Referências[editar | editar código-fonte]