Expedição 37

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Expedição 37
Insígnia da missão
Informações da missão
Estação espacial Estação Espacial Internacional
Espaçonave Soyuz TMA-09M
Soyuz TMA-10M
Número de tripulantes 6
Início 10 de setembro de 2013, 23:35:28 UTC[1]
Término 10 de novembro de 2013, 23:26:31 UTC[1]
Duração 60d 23h 51m
Imagem da tripulação
Nyberg, Yurchikhin, Parmitano, Hopkins, Kotov e Ryazansky.
Nyberg, Yurchikhin, Parmitano, Hopkins, Kotov e Ryazansky.
Navegação
ISS Expedition 36 Patch.png Expedição 36
Expedição 38 ISS Expedition 38 Patch.svg

Expedição 37 foi uma missão humana de longa duração na Estação Espacial Internacional realizada entre 10 de setembro e 10 de novembro de 2013. Foi composta por seis astronautas, três russos, um italiano e dois norte-americanos.[2]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Posição Primeira parte
(Setembro de 2013)
Segunda parte
(Setembro até novembro de 2013)
Comandante Rússia Fyodor Yurchikhin
Engenheira de voo 1 Estados Unidos Karen Nyberg
Engenheiro de voo 2 Itália Luca Parmitano
Engenheiro de voo 3 Rússia Oleg Kotov
Engenheiro de voo 4 Rússia Sergei Ryazansky
Engenheiro de voo 5 Estados Unidos Michael Hopkins

Insígnia da missão[editar | editar código-fonte]

A insígnia traz uma inclusão artística do Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci, criado há mais de 500 anos como uma mistura de arte e ciência e um símbolo da profissão médica, entre órbitas e satélites orbitando a Terra em grande velocidade. O desenho de Da Vinci é frequentemente usado como um símbolo da simetria entre o corpo humano e o universo como um todo. A ISS com seus painéis solares abertos e os primeiros raios de sol refletindo neles, é mostrada como um poderoso farol em arco aberto acima do nosso céu, o símbolo máximo da ciência e tecnologia do nosso tempo.

As seis estrelas na insígnia correspondem aos seis astronautas que dela participam, dois deles com formação em medicina e um deles, Luca Parmitano, um compatriota italiano de Da Vinci. Envolvem a insígnia os sobrenomes dos astronautas com as bandeiras de seus países de origem.[3]

Missão[editar | editar código-fonte]

Pouco após a chegada dos tripulantes da Souyz TMA-10M completando a tripulação, em 26 de setembro,[2]os integrantes da expedição realizaram a acoplagem da nave orbital Cygnus com o Canadarm2, para descarregar mais de 1300 libras de carga para a ISS, que incluiu alimentos, vestuários e experiências científicas de estudantes, transportada por esta nave não-tripulada.[4]

Entre as diversas experiências científicas levadas a cabo pela tripulação, foram feitos estudos relativos a saúde e a psicologia humanas, biologia e biotecnologia. Além das experiências dos cientistas, os astronautas realizaram onze experiências criadas por estudantes do Student Spaceflight Experiments Program. [3]

Nos dias finais da missão, o comandante russo Fyodor Yurchikhin realocou a Soyuz TMA-09M, desligando-a do módulo de acoplamento Rassvet e acoplando no módulo Zvezda, para permitir o acoplamento da Soyuz TMA-11M, que chegaria em dias, no primeiro porto. Com a chegada da nova tripulação e antes da despedida dos integrantes da TMA-09M, a ISS acolheu nove astronautas, a primeira vez que isso aconteceu desde outubro de 2009 sem a presença de um ônibus espacial. Durante quatro dias permaneceram a bordo da ISS os tripulantes das Soyuz TMA-09M, TMA-10M e TMA-11M. O transporte de astronautas para a ISS tem sido feito exclusivamente nas naves Soyuz já que o programa dos ônibus espaciais foi encerrado e as novas espaçonaves tripuladas da NASA - Programa Orion - ainda não entraram em operação).[5]

A nova tripulação trouxe ao espaço a tocha olímpica dos Jogos de Inverno de Sochi 2014, durante o revezamento mundial que a levou ao espaço. Pela primeira vez a tocha foi exposta ao espaço sideral, carregada pelos cosmonautas Oleg Kotov e Sergei Ryazansky numa caminhada espacial simbólica.[5]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «ISS: Expedition 37» 
  2. a b «Soyuz TMA-10M docks with the ISS». NASA Spaceflight.com. Consultado em 29 de setembro de 2013 
  3. a b «Expedition 37 Summary» (PDF). NASA. Consultado em 3 de dezembro de 2013 
  4. «Canadarm2 Captures Cygnus». NASA. Consultado em 29 de setembro de 2013 
  5. a b «Soyuz Move Sets Stage for Arrival of New Crew». NASA. Consultado em 3 de dezembro de 2013