Exposição Universal de 1893

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
EXPO Chicago 1893
Court of Honor and Grand Basin.jpg
Court of Honor e Grand Basin
Detalhes
Classe da BIE Exposição histórica
Nome World's Columbian Exposition
Construção 690 acres
Visitantes 27,300,000
Participante(s)
Local
Realizado em  Estados Unidos
Cidade Chicago
Local Jackson Park
Coordenadas 41° 47′ N 87° 34′ W
Linha do tempo
Inauguração 1 de maio de 1893 (1893-05-01)
Encerramento 30 de outubro de 1893 (1893-10-30)
Exposições não reconhecias
Próxima Exposição Universal de 1889 em Paris  França
Exposições especializadas
Anterior Exposição Internacional de 1897 em Bruxelas  Bélgica

A Feira Mundial de Chicago foi uma feira mundial que aconteceu em Chicago em 1893 para celebrar os 400 anos da chegada de Cristóvão Colombo ao Novo Mundo, em 1492.[1] A principal atração da feira era uma piscina enorme, que representava a longa viagem de Colombo ao Novo Mundo. Chicago ganhou das cidades de Nova Iorque, Washington e Saint Louis a honra de ser a anfitriã da feira. A Exposição foi um evento com influência social e cultural e teve efeitos profundos na arquitetura dos Estados Unidos, saneamento, artes, na imagem de Chicago e no otimismo industrial americano. A Exposição, em sua maior parte, foi projetada por Daniel Burnham e Frederick Law Olmsted. Foi o protótipo de Burnham e seus colegas que afirmou o que uma cidade deveria ser. Foi projetado a fim de seguir os princípios de Belas-Artes de design , conhecido como arquitetura neoclássica, baseado em simetria, balanceio e esplendor. A Exposição cobriu mais de 600 acres de área, com cerca de 200 construções temporárias de arquitetura predominantemente neoclássica, canais e lagoas, além de pessoas e culturas de 46 países diferentes.[1] Mais de 27 milhões de pessoas frequentaram a exposição, que aconteceu por seis meses. A sua escala e grandiosidade excedeu às outras feiras mundiais, e tornou-se símbolo do Excepcionalismo Americano emergente, muito parecido com o que foi a Grande Exposição para a Era Vitoriana no Reino Unido. A Exposição também mostrou ao mundo a capacidade de a cidade de Chicago em se reerguer, após o Grande Incêndio de Chicago, que destruiu a cidade em 1871.[1] A data de 9 de outubro foi designada como ‘’Chicago Day’’ e a feira obteve um recorde de visitação de 751,026 pessoas neste dia. Devido a grande audiência a feira obteve lucros significativos.[2] Chicago comemorou a feira com uma estrela em sua bandeira.[3]

Planejamento e organização[editar | editar código-fonte]

Thomas Moran - Chicago World's Fair - Brooklyn Museum

Muitos líderes civis, profissionais e comerciais proeminentes de todos os Estados Unidos participaram do financiamento e coordenação da feira, incluindo Charles H. Schwab, John Whitfield Bunn e Milo Barnum Richardson, entre outros.[4]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Prédio que abrigou a exposição do Brasil
Exibição no hall interior

A feira começou sua exibição em maio e foi até 30 de outubro de 1893. Quarente e seis países participaram da feira (foi a primeira feira mundial a ter pavilhões nacionais) [5]), construindo pavilhões e montando exibições, bem como nomeando seus “delegados” nacionais. [6] A exposição foi visitada por cerca de 26 milhões de pessoas.

Parque Jackson durante a exposição

A Exposição aconteceu no Parque Jackson e no Midway Plaisance. Charles H. Wacker foi o director da feira.

Primeira aparição[editar | editar código-fonte]

Cozinha elétrica

Algumas das invenções que foram apresentadas ao mundo na Feira Mundial de 1893:

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Bird's-Eye View of the World's Columbian Exposition, Chicago, 1893». World Digital Library. 1893. Consultado em 17 de julho de 2013. 
  2. Lawson, Erik (2003). The Devil in the White City: Murder, Magic, and Madness at the Fair that Changed America. New York: Vintage Books. pp. 318–320. ISBN 0-609-60844-4 
  3. «Municipal Flag of Chicago». Chicago Public Library. 2009. Consultado em 4 de março de 2009. 
  4. Moses Purnell Handy, "The Official Directory of the World's Columbian Exposition, May 1st to October 30th, 1893: A Reference Book of Exhibitors and Exhibits, and of the Officers and Members of the World's Columbian Commission Books of the Fairs" (William B. Conkey Co., 1893) P. 75 Veja também: Memorial Volume. Joint Committee on Ceremonies, Dedicatory And Opening Ceremonies of the World's Columbian Exposition: Historical and Descriptive, A. L. Stone: Chicago, 1893. P. 306.
  5. Birgit Breugal for the EXPO2000 Hannover GmbH Hannover, the EXPO-BOOK The Official Catalogue of EXPO2000 with CDROM
  6. Rydell, Robert W. (1987).All the World's a Fair: Visions of Empire at American International Expositions, p. 53. University of Chicago. ISBN 0-226-73240-1.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]