Extensômetro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Extensómetro típico.

Extensômetro (português brasileiro) ou extensómetro (português europeu) é um transdutor capaz de medir deformações de corpos. Quando um material é deformado sua resistência eléctrica é alterada, a fracção de mudança na resistência é proporcional à fracção de mudança no comprimento do material.

Por exemplo, se temos um fio metálico de resistência R e o mesmo sofre uma deformação ΔR então a resistência muda de um fator, G vezes a deformação, onde G é chamado de fator de medida.

Para metais esse valor é de aproximadamente 2, enquanto para semicondutores chega a 100.

Existem vários modelos construtivos de extensómetros dependendo da aplicação. Os extensómetros são fabricados com uma ou mais malhas (grid) de medição. Abaixo estão listados os modelos existentes:

  • Uma malha de medição - Uniaxiais - Medição em uma direção apenas
  • Duas malhas de medição - Biaxiais - Medição em duas direções
  • Três malhas de medição - Rosetas - Medição em três direções
  • Quatro malhas de medição - Rosetas - Medição em quatro direções
  • Cadeia de medição - Vários extensômetros uniaxiais em paralelo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Extensômetro
Ícone de esboço Este artigo sobre Engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.