Extra (rede varejista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Extra
Entrada de uma das lojas do Extra Hipermercado.
Razão social Companhia Brasileira de Distribuição[nota 1]
Via Varejo S.A.[nota 2]
Divisão
Slogan Vai que você pode!
Atividade Comércio varejista
Fundação 1989
Sede São Paulo, SP, Brasil
Proprietário(s)
Divisões
  • Extra Hiper
  • Mercado Extra
  • Mini Extra
  • Drogaria Extra
  • Posto Extra
  • Extra.com.br
Antecessora(s) Jumbo (1970-1989)
Website oficial www.clubeextra.com.br

Extra é uma rede varejista brasileira, formada por lojas multiformato e dois e-commerces. As lojas que incluem supermercados, hipermercados e minimercados e o e-commerce de alimentos são operados pelo GPA – que também opera a rede premium de supermercados Pão de Açúcar –, enquanto o e-commerce de móveis e eletrônicos é controlado pela Via.[1][2] A bandeira surgiu com hipermercados em 1989, quando substituiu a marca Jumbo, existente desde a década de 1970.

História[editar | editar código-fonte]

É uma das bandeiras do GPA, lançada em 1989 na cidade de Campo Grande.

Em 2006, o Extra correspondeu por 50,3% das vendas líquidas da CBD.[3]

Em 2010, começou um plano estratégico que modificaria a forma de como a marca Extra é aplicada em suas lojas. Esse plano consiste em transformar os hipermercados em uma das bandeiras da marca; assim, passaram a se chamar Extra Hiper.[4] No ano seguinte, a marca passou a ocupar o lugar das redes Sendas e CompreBem, que estavam em processo de extinção.[5]

Em 2018, algumas lojas da marca Extra Supermercado foram convertidas para CompreBem.[6]

Em 14 de outubro de 2021 é anunciado que a divisão de hipermercados será extinta, tendo as lojas vendidas ao Assaí Atacadista (que pertence ao mesmo controlador do GPA, dono da marca Extra) por R$ 5,2 bilhões.[7][8][9]

Bandeiras e marcas atuais[editar | editar código-fonte]

Extra Hiper em Ribeirão Preto, São Paulo.

Atualmente distribuído em 16 estados, nas regiões Sudeste, Sul, Centro-Oeste, Norte e Nordeste, o Extra trabalha com várias bandeiras:

Lojas Físicas[editar | editar código-fonte]

  • Extra Hiper: Lojas de grande porte, com a grande variedade de produtos e serviços e venda de eletrônicos, vestuário e produtos de casa e lazer.
  • Mercado Extra: versão mais compacta do Extra Hiper, sem a venda de produtos eletrônicos e vestuários, instalado em cidades de menor porte ou em bairros.
  • Mini Extra: versão mais compacta do Mercado Extra, com uma venda menos variada, instalado em áreas regionalizadas.
  • Drogaria Extra: presente como anexo as lojas Extra Hiper, Mercado Extra e algumas lojas do Assaí Atacadista.
  • Posto Extra: localizado como anexo em algumas lojas do Extra Hiper.

Lojas virtuais[editar | editar código-fonte]

  • Clubeextra.com.br: é o e-commerce de alimentos e bebidas.
  • Extra.com.br: é o e-commerce de eletrônicos e móveis. As operações pertencem a Via.

Bandeira descontinuada[editar | editar código-fonte]

  • Extra Eletro (anteriormente chamado de Jumbo Eletro e Eletro), foi uma loja apenas de produtos eletroeletrônicos (lojas transformadas em Ponto Frio ou Casas Bahia).

Notas e referências

Notas

  1. a b Lojas físicas e e-commerce de alimentos.
  2. a b E-commerce de eletrônicos.

Referências

  1. «Cnova conclui integração com Via Varejo no Brasil». Valor Econômico. Consultado em 24 de outubro de 2021 
  2. «Nossas Marcas». RI Via. Consultado em 24 de outubro de 2021 
  3. «CBD RI». Consultado em 11 de março de 2007. Arquivado do original em 5 de fevereiro de 2007 
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 31 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 24 de novembro de 2010 
  5. «Marca Sendas será trocada por Extra em 2011». O Globo. 13 de maio de 2010. Consultado em 24 de outubro de 2021 
  6. «Com foco nas classes B e C, GPA reinventa a bandeira CompreBem». Valor Econômico. Consultado em 24 de outubro de 2021 
  7. «Assaí compra 71 pontos do Extra e GPA deixa segmento de hipermercados». Valor Econômico. Consultado em 15 de outubro de 2021 
  8. «Assaí compra Extra do Pão de Açúcar por R$ 5,2 bilhões». Money Times. 14 de outubro de 2021. Consultado em 15 de outubro de 2021 
  9. «GPA (PCAR3) vende R$ 5,2 bi em lojas ao Assaí (ASAI3) e fundo imobiliário». InfoMoney. 14 de outubro de 2021. Consultado em 15 de outubro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons