Eyjafjallajökull

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a comédia francesa, veja Eyjafjallajökull (filme).
Eyjafjallajökull
Glaciar de Eyjafjallajökull
Glaciar de Eyjafjallajökull, Islândia
País  Islândia
Região Suðurland
Superfície 78 km2
Altura 200 km
Localização
Website
Erupção vulcânica no Eyjafjallajökull, Islândia.

Eyjafjallajökull AFI:[ 'ei.jaˌfjatl.aˌjœ.kʏtl ] (eia-fiátla-iocutl) (Loudspeaker.svg? ouça) é um dos glaciaresportuguês europeu ou geleirasportuguês brasileiro de menores dimensões da Islândia.[1] Situa-se a norte de Skógar e a oeste do glaciar de maiores dimensões conhecido como Mýrdalsjökull.

A bacia do glaciar cobre um vulcão (1666 m de altura) cuja atividade eruptiva começou a ser mais frequente a partir da última idade do gelo. A penúltima erupção ocorreu em 1821-23, provocando um jökulhlaup (literalmente, "corrida glaciar") fatal. A cratera do vulcão tem um diâmetro de 3 a 4 km. O glaciar estende-se por cerca de 107 km².

O limite sul da montanha fez, no passado, parte da costa atlântica. Com a regressão marítima, formaram-se penhascos inclinados que originam hoje em dia um conjunto impressionante de quedas de água, sendo a mais conhecida a de Skógafoss. Se houver vento forte, a água das cascatas menores é levada pela montanha acima pelo ar.

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome Eyjafjallajökull é uma justaposição dos substantivos islandeses eyja, fjalla e jökull, respectivamente "ilha", "Vulcão" (ambos no genitivo plural) e "geleira". O termo pode ser traduzido, literalmente, como "ilha com geleira e vulcão".

Erupções recentes[editar | editar código-fonte]

Imagem da erupção em abril de 2010.

O vulcão entrou em erupção novamente em 21 de março de 2010; o tráfego aéreo de boa parte do norte da Europa foi prejudicado pela enorme coluna de fumaça expelida. Em 15 de abril o espaço aéreo foi fechado em diversos países do norte e oeste da Europa para voos comerciais[2] devido à precipitação de cinzas na atmosfera, que poderiam causar entupimento dos tubos de Pitot e falhas operacionais dos motores a jato dos aviões [3].

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]