Fábio Assunção

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fábio Assunção
Fábio em agosto de 2011
Nome completo Fábio Assunção Pinto
Nascimento 10 de agosto de 1971 (48 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação
Atividade 1990–presente
IMDb: (inglês)

Fábio Assunção Pinto (São Paulo, 10 de agosto de 1971)[1] é um ator e diretor teatral brasileiro, amplamente conhecido por seu trabalho em telenovelas da Rede Globo. Conquistou diversos prêmios por sua atuação na televisão.[2][3] Na vida política, o ator filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) em 2017.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Na infância, Fábio teve aulas de piano por dois anos e meio, depois de violão clássico, popular, canto e coral. Com apenas 15 anos, sabendo tocar guitarra e piano, ele chegou a montar uma banda chamada Delta T, mas o sonho acabou por falta de dinheiro e tempo para praticar. Fábio iniciou a faculdade de publicidade, até que um dia ele viu um anúncio de um curso de teatro na Fundação das Artes, em São Caetano, o qual resolveu fazer. Isso foi o começo de uma brilhante carreira. Uma semana depois de ter levado seu currículo à Rede Globo e ter sido escolhido em um teste, ele já estava gravando Meu Bem, Meu Mal, sua primeira novela. Posteriormente, seguiram-se vários outros trabalhos, tornando-se um dos atores preferidos de Gilberto Braga.[5]

Em 1991, interpretou um dos mocinhos jovens da novela Vamp, de Antônio Calmon, fazendo par com Cláudia Ohana. Seguiu-se outro mocinho no ano seguinte, 1992: o romântico Caio de De Corpo e Alma, de Glória Perez, na qual fazia par romântico com Daniella Perez, filha da autora. Após esse trabalho, em 1993, viveu seu primeiro vilão, em Sonho Meu, de Marcílio Moraes, vivendo Jorge, um empresário inescrupuloso, neto de Paula (Beatriz Segall). Emendou mais um trabalho, e sem férias, entrou para o elenco de Pátria Minha voltando a ser um mocinho, o honesto Rodrigo, sua primeira parceria com Gilberto Braga. Após esse trabalho, tirou férias, retornando somente em 1996, quando fez sucesso na pele do co-protagonista Marcos Mezenga em O Rei do Gado, trama de Benedito Ruy Barbosa. Logo depois, entre 1997 e 1998, foi um dos protagonistas do grande sucesso de Manoel Carlos, Por Amor, vivendo o complexo empresário Marcelo de Barros Mota. Em 1999 interpretou outro protagonista em Força de um Desejo, o herói Inácio. Depois viriam outros mocinhos, em Coração de Estudante e Paraíso Tropical, respectivamente o dedicado professor Edu e o apaixonado e honesto Daniel. Também participou de várias minisséries e seriados como protagonista, entre elas: Labirinto, Os Maias, Mad Maria e Copas de Mel.[6] Foi indicado duas vezes ao Troféu Imprensa, na categoria "Melhor Ator", por sua interpretação como Marcos Mezenga em O Rei do Gado em 1996 [7] e como o vilão Renato Mendes de Celebridade em 2004.[8] Esse mesmo personagem de Celebridade acabou lhe dando os prêmios Qualidade Brasil (2004) [9] e Contigo (2004).[10]

Em 2008, foi escalado para interpretar Dodi, em A Favorita, porém desistiu, tendo seu papel feito por Murilo Benício.[11] Ainda em 2008, integrou o elenco de Negócio da China, mas deixou a novela para se tratar da dependência química.[12][13]

Em 2009, ganhou o prêmio de "Melhor Ator" no Festival de Cinema Brasileiro de Los Angeles, por sua interpretação no filme Bellini e o Demônio.[14][15] Retornou à televisão como o protagonista da minissérie Dalva e Herivelto - Uma Canção de Amor. Por esta minissérie, onde atuou ao lado de Adriana Esteves foi indicado ao Emmy Internacional na categoria melhor ator,[16] ainda em 2009 Fábio ganhou o prêmio Arte Qualidade Brasil de Melhor Ator Série ou Minissérie de Televisão [17] e o Prêmio Contigo 2011 de Televisão como Melhor Ator de Série.[18]

Em 2010, foi escalado para interpretar o vilão Léo em Insensato Coração, mas deixou o elenco, alegando não estar preparado para o ritmo intenso de gravações de uma novela.[19][20][21] Sua atitude foi critica pelo autor Aguinaldo Silva pelo fato de ter abandonado a novela Insensato Coração.[22]

Para o tratamento de sua dependência química, Fábio afastou-se das atividades, passando por clínicas nos Estados Unidos e depois em duas clínicas no Brasil. Em entrevista concedida ao jornal Folha de S.Paulo em junho de 2011, afirmou que, mesmo tendo alta na clínica, seu tratamento "não acaba", continuando com seções de psicanálise, e já estaria pronto para novos desafios no cinema e na televisão.[23]

Em 2011, volta para televisão para viver o Jorge no seriado de sucesso Tapas & Beijos, um dono de uma boate, onde é casado com Sueli (Andréa Beltrão).[24] Em 2012, esteve cotado para viver Max, em Avenida Brasil, mas devido ao compromisso com a série Tapas & Beijos, não pôde integrar a novela.[25] Estreou como diretor teatral em agosto de 2012 com o espetáculo "Expresso do Por do Sol", adaptação de Maria Adelaide Amaral para a peça Sunset Limited.

Entre 2015 e 2016, viveu um dos melhores momentos de sua carreira, ao dar vida ao playboy Arthur, dono de uma agência de modelos, na novela de grande sucesso Totalmente Demais. Na trama seu personagem se envolveu com Juliana Paes e Marina Ruy Barbosa. No ano seguinte protagoniza ao lado de Drica Moraes a série A Fórmula, no papel de Ricardo Montenegro. Em 2018, interpreta Ramiro Curió na supersérie / novela das onze Onde Nascem os Fortes, onde arranca elogios da crítica e do público.

Em 2017 após novos problemas com drogas, o ator recebeu apoio da Globo para tratamento do vício na Argentina.[26] .[4]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Fabio namorou durante seis anos a atriz Cláudia Abreu e teve um relacionamento de oito anos com Priscila Borgonovi,[27] com quem teve o filho João, nascido em 2003. Ele também é pai de Ella Felipa, nascida em 2011, com sua ex-esposa Karina Tavares.[28] Em abril de 2018, Fábio assumiu o namoro com a atriz Maria Ribeiro.[29]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Fábio já foi detido por duas vezes, por motivos distintos. A primeira delas, em junho de 2017, em Arcoverde, no sertão pernambucano, ocorreu por desacato em uma festa de São João. Ele responde ao processo em liberdade após pagamento de fiança.[30]

A segunda prisão ocorreu em maio de 2018, em São Paulo, após envolver-se em um acidente de trânsito e recusar-se a fazer o teste do bafômetro. Ele foi autuado por embriaguez ao volante e responde por esse processo em liberdade após pagamento de fiança no valor de 48 mil reais. Assunção terá sua carteira de motorista suspensa pelo período de um ano.[31]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Nota
1990 Meu Bem, Meu Mal Marco Antônio Venturini
1991 Vamp Felipe Ramos Rocha (Lipe)
1992 De Corpo e Alma Caio Pastore
1993 Sonho Meu Jorge Candeias de Sá
1994 Pátria Minha Rodrigo Laport
1995 Você Decide Daniel Episódio: "Agora ou Nunca"
1996 O Rei do Gado Marcos Mezenga
1997 A Comédia da Vida Privada Marcelo Episódio: "O Que Você Vai Ser Quando Crescer?"
César Episódio: "A Voz do Coração"
Por Amor Marcelo de Barros Motta
1998 Labirinto André Meireles
1999 Força de um Desejo Inácio Silveira Sobral
2001 Os Maias Carlos Eduardo da Maia
Brava Gente Cid Episódio: "A Grã-Fina de Copacabana"
2002 Coração de Estudante Eduardo Feitosa
2003 Os Normais Leandro Episódio "Querer é Poder"
Celebridade Renato Mendes
2003 A Grande Família Maurício Episódio: "Quem Ama Não Casa"
Episódio: "O Troco"
Episódio: "Eu Vou Tirar Você Deste Lugar"
2004 Casseta & Planeta, Urgente! Ele mesmo Episódio: "1 de junho"
2005 Mad Maria Dr. Richard Finnegan
2006 JK João César
Belíssima Marcelo Assumpção Episódios: "12–14 de maio"
Copas de Mel Salvador Episódio: "1998"
2007 Paraíso Tropical Daniel Bastos
2008 Negócio da China Heitor Alonso Episódios: "6 de outubro–14 de novembro"
2010 Dalva e Herivelto Herivelto Martins
S.O.S. Emergência Edgar Episódio: "Tem Pai que é Cego"
Clandestinos: o Sonho Começou Ele mesmo Episódio: "4 de novembro"
2011 Ti Ti Ti Fernando Flores[32] Episódio: "18 de março"
2011–15 Tapas & Beijos Jorge Almeida
2012 As Brasileiras Pablo Ponti Episódio: "A Sexóloga de Floripa"
2015 Totalmente Demais Arthur Valmont Carneiro de Alcântara[33]
2017 A Fórmula Ricardo Montenegro[34]
2018 Onde Nascem os Fortes Dr. Carlos Ramiro Castro[35]
2020 Onde Está Meu Coração David[36]
Todas as Mulheres do Mundo Ruy[37]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Nota
2000 A Hora Marcada Sicrano
2000 Duas Vezes com Helena Polydoro
2000 Dinossauro Aladar Dublagem
2001 Bellini e a Esfinge Bellini
2003 Cristina Quer Casar Paulo
2004 Sexo, Amor e Traição Thomás
2004 Espelho d'Água - Uma Viagem no Rio São Francisco Henrique
2007 Primo Basílio Basílio
2008 Bellini e o Demônio Remo Bellini
2009 Do Começo ao Fim Alexandre
2011 País do Desejo Padre José
2012 Totalmente Inocentes Vanderlei
2016 Entre Idas e Vindas Afonso
2020 L.O.C.A Prof. Carlos[38]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

como diretor
Ano Título Artista Album
2018 "Lia Ideia" Gilberto Gil[39] OK OK OK

Teatro[editar | editar código-fonte]

como ator
Ano Título Personagem
1986 A Bruxinha que Era Boa _
1988 Barrela Garoto
1988 Beijo no Asfalto Arandir
1989 Estrelas da Janela _
1991 Blue Jeans Serginho
1993 Bate Outra Vez Ele mesmo
1995 Oeste (True West) Austin
1997–98 Paixão de Cristo de Nova Jerusalém Jesus
2000 Quem Tem Medo de Virginia Woolf? Nick
2011–13 Adultérios Fred / Jim Swain
2018 Dogville Chuck
como diretor
Ano Título Nota
2012 O Expresso do Por do Sol Também Produtor
2015 Dias de Vinho e Rosas Diretor

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado
1997 Troféu Imprensa Melhor Ator
O Rei do Gado
Indicado
2001 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Ator
Os Maias
Venceu
2002 Meus Prêmios Nick Ator Favorito
Coração de Estudante
Venceu
2003 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator Indicado
Melhor Par Romântico (com Helena Ranaldi) Indicado
Prêmio Guarani de Cinema[40] Melhor Ator Coadjuvante
Cristina Quer Casar
Indicado
2004 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator
Celebridade
Venceu
Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator Indicado
Prêmio Qualidade Brasil Melhor Ator Venceu
Melhores do Ano Melhor Ator Indicado
Troféu Leão Lobo[41] Melhor Ator Indicado
Meus Prêmios Nick Ator Favorito Venceu
2005 Troféu Imprensa Melhor Ator Indicado
2006 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator
Mad Maria
Indicado
2007 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Ator
Primo Basílio
Indicado
Melhores do Ano Melhor Ator
Paraíso Tropical
Indicado
2008 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator Indicado
Melhor Par Romântico (com Alessandra Negrini) Indicado
Los Angeles Brazilian Film Festival Melhor Ator
Bellini e o Demônio
Venceu
2009 Festival Internacional de Cinema de Porto Melhor Ator Indicado
2010 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Ator de Série
Dalva e Herivelto - Uma Canção de Amor
Venceu
2011 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator de Série Venceu
International Emmy Awards Best Performance by an Actor Indicado
Troféu Istoé - Personalidade do Ano[42] Personalidade do Ano
Ele mesmo
Venceu
2012 Festival Curta Cabo Frio[43] Troféu Nelson Pereira dos Santos
Homenagem
Venceu
Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator de Série ou Minissérie
Tapas & Beijos
Indicado
2013 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator de Série Indicado
Prêmio Quem de Teatro Melhor Diretor
O Expresso do Por do Sol
Venceu
2015 Troféu APCA Melhor Diretor
Dias de Vinho e Rosas
Indicado
2018 Troféu APCA[44] Melhor Ator
Onde Nascem os Fortes
Venceu
Troféu UOL TV e Famosos[45] Melhor Ator (críticos) Venceu
Prêmio Extra de Televisão[46] Melhor Ator Indicado
2019 Prêmio Bibi Ferreira[47] Melhor Ator Coadjuvante em Peça de Teatro
Dogville
Venceu
Prêmio Cenym[48] Melhor Ator Coadjuvante Pendente
Melhor Elenco Pendente

Referências

  1. «Fábio Assunção faz 40 anos e brilha no teatro e cinema». R7. 10 de agosto de 2011. Consultado em 2 de setembro de 2012 
  2. «FÁBIO ASSUNÇÃO CELEBRA CONQUISTA DE PRÊMIO: "ME SINTO MUITO HONRADO"». Revista Quem. Globo.com 
  3. «FÁBIO ASSUNÇÃO E ADRIANA ESTEVES ROUBARAM A CENA NO PRÊMIO CONTIGO!». Extra. Globo.com. Consultado em 4 de maio de 2018 
  4. a b «Fábio Assunção filia-se ao PT». Época Negócios. Globo.com. Consultado em 4 de maio de 2018 
  5. «Fábio Assunção teve papel nos últimos cinco trabalhos de Gilberto Braga». Uol. 29 de novembro de 2010. Consultado em 4 de maio de 2018 
  6. «Fábio Assunção - Trabalhos na Globo». Memória Globo. Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  7. «Troféu Imprensa - 1996». Consultado em 6 de outubro de 2008. Arquivado do original em 24 de agosto de 2007 
  8. «Troféu Imprensa - 2004». Consultado em 6 de outubro de 2008. Arquivado do original em 18 de agosto de 2007 
  9. «Prêmios» 
  10. «Prêmio». Contigo. abril. Consultado em 6 de outubro de 2008. Arquivado do original em 6 de outubro de 2008 
  11. Flávia Faccini, Sônia Vieira (29 de setembro de 2008). «Fábio Assunção elogia atuação de Murilo Benício em "A Favorita"». Quem. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  12. «Fabio Assunção é afastado do elenco de 'Negócio da China'». Estadão]]. 13 de novembro de 2008. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  13. «Fábio Assunção volta para casa após tratamento contra drogas». Estadão. 30 de abril de 2009. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  14. «Novamente Remo Bellini». Consultado em 6 de outubro de 2008. Arquivado do original em 6 de outubro de 2008 
  15. «Fábio Assunção recebe prêmio como melhor ator em Los Angeles». Uol 
  16. «Fábio Assunção e Adriana Esteves são indicados ao Emmy Internacional». Rede Globo. Globo.com. 3 de outubro de 2011. Consultado em 4 de maio de 2018 
  17. «Fábio Assunção e Adriana Esteves são indicados ao Emmy Internacional». Premio Arte Qualidade 
  18. «Fábio Assunção recebe 'Prêmio Contigo!' de melhor ator; veja lista». Terra 
  19. Raquel Borges (30 de novembro de 2010). «Entenda a crise que tirou Fábio Assunção da próxima novela das 9». MdeMulher. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  20. Leonardo Ferreira (2 de dezembro de 2011). «Gabriel Braga Nunes vai ao Projac e deve substituir Fábio Assunção». Extra. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  21. «Fábio Assunção: "Ainda não é o momento para enfrentar o ritmo intenso de uma novela"». Quem. 30 de novembro de 2010. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  22. «Autor critica Fábio Assunção por deixar novela». Folha de S.Paulo. Uol. Consultado em 4 de maio de 2018 
  23. «Fabio Assunção fala sobre retorno aos palcos e tratamento contra drogas». Folha de S.Paulo. Uol. 3 de junho de 2011 
  24. UOL RJ (8 de setembro de 2011). «Personagem de Fábio Assunção entra em "Tapas & Beijos" para balançar Sueli e Fátima». UOL Televisão. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  25. Fernando Oliveira (9 de novembro de 2011). «'Tapas e Beijos' tira Fábio Assunção de 'Avenida Brasil', próxima novela das nove». IG Colunistas - Na TV. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  26. Guilherme Guidorizzi (28 de junho de 2017). «Globo propõe que Fabio Assunção faça tratamento na Argentina». Terra. Consultado em 4 de maio de 2018 
  27. «Fabio Assunção: biografia, fotos, vídeos, notícias». gente.ig.com.br. Consultado em 20 de julho de 2016 
  28. «Fabio Assunção se separa após quatro anos de relacionamento». odia.ig.com.br. 25 de janeiro de 2013. Consultado em 20 de julho de 2016 
  29. «Fábio Assunção assume namoro com Maria Ribeiro». Famosos. Uol. 15 de abril de 2018. Consultado em 4 de maio de 2018 
  30. «Ator Fábio Assunção é preso por desacato em festa de São João, no Sertão de PE». G1 
  31. «Fábio Assunção é solto após pagar fiança de R$ 48 mil». F5. 3 de maio de 2018 
  32. «Fábio Assunção grava participação especial em "Ti-Ti-Ti"». UOL Televisão. 10 de março de 2010. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  33. «Totalmente Demais». Teledramaturgia. Consultado em 19 de junho de 2016 
  34. «'A Fórmula': elenco, autores e direção apresentam nova série nos Estúdios Globo». 20 de junho de 2017. Consultado em 21 de junho de 2017 
  35. Redação (21 de novembro de 2017). «'Onde Nascem Os Fortes': conheça a trama da nova supersérie das 11». Gshow.com. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  36. «Globo aposta em série que aborda temas como amor, empatia e relações afetivas para 2020. Play! – Glamurama». Globo aposta em série que aborda temas como amor, empatia e relações afetivas para 2020. Play! – Glamurama. 12 de dezembro de 2019. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  37. «Ex-casal, Maria Ribeiro e Fábio Assunção serão amantes em série». Revista Extra. Consultado em 16 de fevereiro de 2020 
  38. «Filme 'L.O.C.A.' é rodado no Rio de Janeiro». Almanaque da Cultura. Consultado em 16 de fevereiro de 2020 
  39. «Fabio Assunção dirige clipe de música feita para a namorada Maria Ribeiro. Aos detalhes!». Glamurama Uol. 7 de agosto de 2018. Consultado em 17 de fevereiro de 2020 
  40. «9º Prêmio Guarani :: Premiados de 2003». Papo de Cinema. Consultado em 16 de fevereiro de 2020 
  41. «Conheça os indicados ao "Troféu Leão Lobo"». Area Vip. Consultado em 16 de fevereiro de 2020 
  42. «Personalidade do Ano». istoé. 6 de dezembro de 2011. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  43. «Fábio Assunção é homenageado em festival de cinema». gente IG. 21 de agosto de 2012. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  44. «Amor e Sexo, Adnet, Fabio Assunção: veja os melhores do ano na TV pela APCA». UOL. 11 de dezembro de 2018. Consultado em 12 de dezembro de 2018 
  45. «Troféu UOL TV e Famosos: Críticos revelam os melhores da televisão em 2018». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 12 de dezembro de 2018 
  46. «Prêmio Extra de TV 2018: vote nos melhores da televisão». Extra. Consultado em 17 de março de 2019 
  47. «Entre surpresas e estranhezas, Prêmio Bibi Ferreira anuncia indicados e premia teatro de prosa». Observatorio do Teatro. 2 de agosto de 2019. Consultado em 4 de agosto de 2019 
  48. «PRÊMIO CENYM 2019: Veja a lista completa dos indicados ao 'Oscar' do teatro brasileiro». Cenyms. Consultado em 16 de fevereiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Fábio Assunção