Fábio Henrique Tavares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fabinho
Fabinho
Fabinho atuando pelo Liverpool.
Informações pessoais
Nome completo Fábio Henrique Tavares
Data de nasc. 23 de outubro de 1993 (26 anos)
Local de nasc. Campinas (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,88 m
destro
Apelido Fabinho
Informações profissionais
Clube atual Liverpool
Número 3
Posição Volante e lateral-direito
Clubes de juventude
2006–2011
2011–2012
Paulínia
Fluminense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2012
2012–2015
2012–2013
2013
2013–2015
2015–2018
2018–
Fluminense
Rio Ave
Real Madrid Castilla (emp.)
Real Madrid (emp.)
Monaco (emp.)
Monaco
Liverpool
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0030 0000(2)
0001 0000(0)
0084 0000(3)
0140 000(27)
0059 0000(2)
Seleção nacional3
2014–2015
2015–2016
2015–
Brasil Sub-21
Brasil Sub-23
Brasil
0006 0000(0)
0004 0000(1)
0012 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 27 de novembro de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 19 de novembro de 2019.

Fábio Henrique Tavares, mais conhecido como Fabinho (Campinas, 23 de outubro de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como volante e lateral-direito. Atualmente joga pelo Liverpool.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Fabinho começou sua carreira no Fluminense. Ele fez parte da escalação do time principal apenas uma vez, no dia 20 de maio de 2012, permanecendo no banco na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.[1] Ele deixou o clube sem nunca ter entrado em campo pelo time principal.

Rio Ave e Real Madrid[editar | editar código-fonte]

No dia 8 de junho de 2012, Fabinho foi contratado pelo time português Rio Ave num contrato de seis anos. Em 19 de julho, Fabinho foi emprestado ao Real Madrid Castilla por uma temporada. Ele fez sua estreia como profissional no dia 17 de agosto, no primeiro jogo da temporada da Segunda Divisão, jogando durante toda a derrota por 2 a 1 para o Villarreal.[2] No dia 28 de abril de 2013, marcou seu primeiro gol, com uma cabeçada que fechou o empate por 3 a 3 contra o Numancia.

Ele estreou pelo Real Madrid principal no dia 8 de maio de 2013, jogando por 14 minutos no lugar de Fábio Coentrão e dando assistência para o sexto gol de Ángel Di María na vitória por 6 a 2 contra o Málaga, pela La Liga, no Estádio Santiago Bernabéu.[3]

Monaco[editar | editar código-fonte]

Fabinho pelo Monaco.

No dia 19 de julho de 2013, Fabinho transferiu-se para o Monaco num empréstimo com duração de um ano.[4] Estreou em 10 de agosto no primeiro jogo da temporada da Ligue 1 contra o Bordeaux, fora de casa, atuando durante toda a vitória por 2 a 0 no Stade Chaban-Delmas.[5] Seu primeiro gol pelo clube foi o quinto na vitória por 6 a 0 sobre o Lens, nas quartas-de-final da Copa da França, no dia 26 de março de 2014.[6]

Após o término do vínculo com o Mônaco, voltou em 2 de julho de 2014 ao time em outro empréstimo de um ano. Ele marcou seu primeiro gol na Liga dos Campões da UEFA no dia 9 de dezembro, selando a vitória por 2 a 0 sobre o Zenit, ajudando o Mônaco a chegar as oitavas-de-final como líderes de seu grupo.[7]

No dia 19 de maio de 2015, após duas temporadas emprestado ao Monaco, Fabinho assinou um contrato em definitivo com o clube, com duração até 2019.[8]

No dia 20 de março de 2016, Fabinho sofreu e converteu um pênalti cometido pelo compatriota David Luiz, marcando o segundo na vitória por 2 a 0 sobre o PSG, infligindo ao time a primeira derrota em casa desde maio de 2014.[9]

Liverpool[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de maio de 2018, o Liverpool anunciou a contratação de Fabinho por 45 milhões de euros, equivalente a 216 milhões de reais.[10]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Enquanto servia a Seleção Brasileira Sub-21, foi convocado pela primeira vez para a seleção principal em 7 de setembro de 2014 para substituir Maicon, que foi cortado por indisciplina.[11] Integrou o elenco que disputou a Copa América de 2015[12] e o que disputou a Copa América Centenário em 2016.[13]

Características[editar | editar código-fonte]

Fabinho fez toda a sua base no Fluminense e no Real Madrid Castilla como lateral-direito. Atuou nessa posição ainda durante algumas temporadas pelo Monaco. A partir de meados de 2016, o clube permitiu ao técnico Leonardo Jardim adquirir mais autonomia em relação à parte técnica. Então ele começou a tomar decisões atrevidas: uma delas foi transferir o lateral direito – a priori, o homem menos relevante em qualquer time – para o meio-campo – a priori, a função mais estratégica em qualquer time. Fabinho, agora volante, se tornou um dos pilares do surpreendente Monaco, que na temporada 2016–17 conquistou a Ligue 1 e foi semifinalista da Liga dos Campeões da UEFA.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Monaco
Liverpool
Seleção Brasileira
  • Torneio Internacional da China: 2014

Referências

  1. «Corinthians vs. Fluminense - 20 May 2012 - Soccerway». uk.soccerway.com (em inglês). Consultado em 21 de fevereiro de 2017 
  2. AS, Diario (17 de agosto de 2012). «Villarreal 2 Real Madrid Castilla 1 | Más Fútbol | AS.com». AS.com (em espanhol) 
  3. «Real Madrid 6 - 2 Málaga Match report - 5/8/13 Primera División - Goal.com». www.goal.com (em inglês). Consultado em 21 de fevereiro de 2017 
  4. «Monaco complete Fabinho signing - Goal.com». Goal.com (em inglês). 19 de julho de 2013 
  5. «Falcao seals win for Monaco». Sky Sports (em inglês) 
  6. «Monaco 6 - 0 Lens Match report - 3/26/14 Coupe de France - Goal.com». www.goal.com (em inglês). Consultado em 21 de fevereiro de 2017 
  7. «Monaco 2-0 Zenit St Petersburg | Champions League match report | Football | The Guardian». 11 de dezembro de 2014. Consultado em 21 de fevereiro de 2017 
  8. «Fabinho commits to the club until 2019 | News | AS Monaco FC». www.asmonaco.com (em inglês). Consultado em 21 de fevereiro de 2017 
  9. «Paris Saint Germain 0-2 Monaco». BBC Sport (em inglês). 20 de março de 2016 
  10. «Monaco anuncia acordo e Fabinho vai jogar no Liverpool». Globoesporte.com. 28 de maio de 2018. Consultado em 31 de maio de 2018 . Em 01/06/2018 ganhou sua primeira chanpions league pelo Liverpool.
  11. «Maicon é cortado da seleção e Dunga convoca Fabinho, do Monaco». Terra. 7 de setembro de 2014 
  12. «Com Seleção em alta, Dunga divulga lista de 23 para Copa América do Chile». Globo Esporte. 5 de maio de 2015 
  13. «Dunga convoca Seleção para a Copa América com 7 jogadores olímpicos». Globoesporte. 5 de maio de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fábio Henrique Tavares