Fábio Lyra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Fábio Lyra (Rio de Janeiro, 1976) é um quadrinista brasileiro. Começou sua carreira aos 16 anos. Em 2002, criou a personagem Mônica para a série em quadrinhos Menina Infinito, porém a história foi publicada apenas alguns anos depois, na revista independente Mosh!. Em 2007, Fábio ganhou o 19º Troféu HQ Mix na categoria "desenhista revelação". Em 2009, Fábio foi convidado a integrar a primeira equipe a participar da coletânea MSP 50, em homenagem a Mauricio de Sousa.[1][2][3][4]

Referências

  1. Humberto Yashima (3 de julho de 2007). «Os vencedores do Troféu HQMIX 2007». Bigorna.net 
  2. Amauri Stamboroski Jr. (16 de outubro de 2008). «'Menina infinito' traz 'heroína' sem superpoderes». G1 
  3. Andréa Pereira (13 de fevereiro de 2009). «Fábio Lyra na HQMix Livraria neste sábado». HQ Maniacs 
  4. Eduardo Nasi (18 de setembro de 2009). «MSP 50 – Mauricio de Sousa por 50 artistas». Universo HQ 


Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.