Fábio Yabu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fábio Yabu
Nome completo Fábio Yabu
Nascimento 1 de setembro de 1979
Santos, SP
Nacionalidade Brasil brasileiro
Cônjuge Gica Trierweiler Yabu
Filho(s) Luna Trierweiler Yabu
Ocupação Escritor
Principais trabalhos Combo Rangers, Princesas do Mar, A Última Princesa
Prémios HQ Mix 2003 (Melhor Mini-série, melhor colorista, roteirista revelação)
Género literário Histórias em Quadrinhos, Literatura Infantil, Literatura Juvenil.
Página oficial
http://fabioyabu.com

Fábio Yabu (Santos, 1 de setembro de 1979) é um escritor, cronista, criador de desenhos animados e roteirista de histórias em quadrinhos brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu na cidade de Santos (São Paulo), em 1979, e atualmente vive na cidade de São Paulo. Entre seus trabalhos mais conhecidos estão as séries Combo Rangers (história em quadrinhos) e Princesas do Mar (franquia de livros e desenhos animados).

Como cronista, assina a coluna mensal Eu penso assim da Revista DM, voltada ao público adolescente feminino. Como podcaster, participa frequentemente do Nerdcast, notadamente abordando assuntos sobre histórias em quadrinhos, história do Brasil e literatura.

Em março de 2010 casou-se com a publicitária Gisele "Gica" Trierweiler, natural de Blumenau. Em janeiro de 2011, nasceu a primeira filha do casal, Luna Trierweiler Yabu.

Combo Rangers[editar | editar código-fonte]

Em 1998 criou a série em quadrinhos online Combo Rangers, uma das primeiras histórias em quadrinhos a ser publicada exclusivamente na Web. Em 2000, a série migrou para o portal Zip.net[1], que depois foi absorvido pelo UOL.

Claramente inspirada em super-heróis japoneses, a série era produzida na então recente tecnologia Flash. Começou como uma paródia aos seriados japoneses, como heróis coloridos pilotando robôs gigantes, e foi ganhando identidade própria ao longo dos anos, incorporando como referências heróis americanos e fenômenos midiáticos como reality shows.

Em 2001, os personagens viraram revistas em quadrinhos, publicadas pelas editoras JBC[2] e Panini. Ao todo lançadas foram 25 revistas.

A série encontrou seu fim em 2004, com o cancelamento da edição impressa pela Panini[3], que alegou vendas insatisfatórias. O site foi encerrado naquele mesmo ano.

Mesmo com os constantes apelos dos fãs, o autor preferiu ignorar seus apelos e aposentar os personagens para dedicar-se à sua nova criação, Princesas do Mar. Em Dezembro de 2012, o autor lançou uma campanha de financiamento coletivo no site Catarse.me para criação de três álbuns, com distribuição da JBC[4], Em Janeiro de 2013, o autor conseguiu atingir a meta e anunciou que os álbuns seriam anuais, sendo o primeiro publicado na Bienal do Livro do Rio de Janeiro[5].

Princesas do Mar[editar | editar código-fonte]

Em 2004, prevendo o acabamento dos Combo Rangers, Fábio Yabu lançou o livro infantil Princesas do Mar, editado no Brasil pela editora Panda Books [6], do jornalista e escritor Marcelo Duarte. O livro mostra as aventuras de um grupo de pequenas princesas sub-aquáticas que estudam numa escola no fundo do mar e governam diferentes animais marinhos.

Com as boas vendas do primeiro livro várias sequencias surgiram nos anos seguintes como "Princesas do Mar - Uma sombra na água" (2006), "Princesas do Mar - As Cartas de Vento" (2007) e "Princesas do Mar - Balada da Princesa Esquecida" (2009). Além de mais 4 voltados pro público pré-escolar: "Princesas do Mar - Mistério na Escola do Mar" (2008), "Princesas do Mar - O Peixe Lendário" (2008), "Princesas do Mar - Tartarugas em perigo" (2009) e "Princesas do Mar - O Pequeno Herói" (2009). Atualmente está em hiatos.

A série também deu origem a um desenho animado espano-australiano, exibido no Brasil pelo canal Discovery Kids, e outros demais países internacionalmente recebendo 2 temporadas com 104 episódios.

A Última Princesa[editar | editar código-fonte]

Em 2011, assinou contrato com o Grupo Editorial Record, para o lançamento de seu primeiro livro voltado ao público jovem. Ele é baseado na vida da última princesa do Brasil, Isabel, e sua amizade real com o pai da aviação, Santos Dumont.

Em 2012 foi confirmado a produção de um filme baseado na história do livro pela produtora paulistana BossaNovaFilms[7]. Porém com o passar dos meses ele acabou sendo engavetado pela produtora e não voltou mais a ser falado desde então.

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

Outras Obras[editar | editar código-fonte]

  • Em 2001, pela Editora JBC, criou a revista da apresentadora Eliana[8][9]
  • Desde 2010 está desenvolvendo desenhos animados com a Estricnina Films. Entre seus projetos atuais para desenhos animados estão as séries "Painted Face" e "Unicórnios e Dinossauros". Em 2016 Unicórnios e Dinossauros teve um episódio piloto divulgado no Youtube.
  • Em 2012, sob o pseudônimo de Abu Fobiya, escreveu os livros "Branca dos Mortos e os Sete Zumbis"[10], "Protocolo Bluehand: Zumbis"[11] (em conjunto com Alexandre Ottoni e Deive Pazos) e a graphic novel "Independência ou Mortos"[12]. Todos foram lançados pelo selo Nerdbooks, do site Jovem Nerd, e estão disponíveis à venda exclusivamente na Nerdstore, loja online do portal.
  • Em 2012 também escreveu o audio-drama T-Zombii: a gravação dos mortos que tem como personagem pricipal Dr. Caravela (Guilherme Briggs) pelo site Jovem Nerd.[13]
  • Em 2013 lançou um webmangá baseado no jogo online Elsword em parceria com a Level Up! Games para a página do jogo.[14] O quadrinho é lançado mensalmente e gratuitamente semelhante aos Combo Rangers, em Novembro de 2014, o jogo ganha um pacote visual baseado em Combo Rangers.[15]
  • Em 2015 criou novos personagens para o parque aquático Beach Park, a "Turma do Parque". Uma série em animação com a personagem Maré está sendo divulgada no canal oficial do Youtube. Em 2016 um videoclipe com os personagens cantado pela dupla Palavra Cantada foi divulgado.[16]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Combo Rangers e Zip.Net promovem oficina de mangá na Fnac». Universo HQ. 18 de julho de 2001 
  2. «Combo Rangers Revolution #1». Universo HQ. Consultado em 18 de maio de 2010  |coautores= requer |autor= (ajuda)
  3. «Combo Rangers será cancelado pela Panini». Universo HQ. 9 de fevereiro de 2004. Consultado em 18 de maio de 2010  |coautores= requer |autor= (ajuda)
  4. Satsuki U (21 de dezembro de 2012). «A volta dos Combo Rangers!». Henshin! 
  5. «Com a ajuda dos fãs, Combo Rangers retornam aos quadrinhos em 2013». R7. 5 de janeiro de 2012 
  6. «Programa de Preta Gil "copia" Xuxa; Marcos Paulo namora mais uma atriz». Folha Online. 14 de julho de 2004. Consultado em 26 de março de 2016 
  7. Danielle Motta (9 de março de 2011). «Bastidores do cinema infanto-juvenil». Saraiva 
  8. press release (21 de novembro de 2001). «Yabu Media faz animações e quadrinhos para Eliana». Universo HQ 
  9. «Licenciamentos». Site Oficial da Eliana  Texto " Editora JBC " ignorado (ajuda)
  10. «Branca dos Mortos e os Sete Zumbis». Jovem Nerd 
  11. «Protocolo Bluehand: Zumbis». Jovem Nerd 
  12. «Independência ou Mortos». Jovem Nerd 
  13. «DIA-Z: T-Zombii: A Gravação dos Mortos». dia-z.com. Consultado em 4 de abril de 2015 
  14. «ELevel Up! anuncia mangá brasileiro de Elsword». Level Up! 
  15. Fellipe Camarossi (25 de Novembro de 2014). «O mangá brasileiro Combo Rangers invade o mundo de Elsword». Gameworld 
  16. «Beach Park lança clipe da Turma do Parque com Palavra Cantada». Diário do Nordeste. 20 de Janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Princesas do Mar Site da série de livros Princesas do Mar

YabloG! Blog oficial

A Última Princesa Site do livro "A Última Princesa"

Twitter Twitter oficial


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.