Fábrica Confiança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Companhia de Fiação e Tecidos Confiança Industrial era uma fábrica de tecidos localizada em Aldeia Campista, entre os bairros de Vila Isabel e do Andaraí, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, fundada em 1885.

História[editar | editar código-fonte]

A antiga fábrica, hoje um supermercado.

Em virtude da criação da fábrica, existem ainda hoje dezenas de casas que formam a vila operária em volta desta, que participaram ativamente do desenvolvimento local. A fábrica e o casario em frente e no entorno da mesma fazem parte da área de proteção do ambiente cultural, desde 1993, através da lei nº 2.038, de 19 de novembro.[1]

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Fábrica Confiança foi uma das fornecedoras de tecidos para a confecção dos uniformes das Forças Armadas do Brasil. Outra grande fornecedora foi a Companhia Nova América S/A, localizada no bairro de Del Castilho, no subúrbio carioca. Depois da guerra, em 1964, a Fábrica Confiança fechou as suas portas.

O compositor Noel Rosa deu grande destaque em suas músicas aos três apitos que tocavam na fábrica.

Atualmente, nas instalações da antiga Fábrica Confiança, funciona o Hipermercado Extra-Boulevard. A fábrica também mantinha o clube Confiança Atlético Clube que disputou o campeonato carioca na época do amadorismo, e no profissionalismo, a Terceira Divisão em 1990 e a Segunda em 1991, sendo em seguida extinto. A sede e a praça de esportes, localizadas à rua Silva Teles, foram cedidas à escola-de-samba Acadêmicos do Salgueiro.

Referências

  1. «CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO» (PDF). Consultado em 14 de junho de 2009. Arquivado do original (PDF) em 30 de maio de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]