Fátima (Tocantins)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Fátima
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 14 de maio de 1982
Gentílico fatimense
Prefeito(a) Washington Luiz Vasconcelos (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Fátima
Localização de Fátima no Tocantins
Fátima está localizado em: Brasil
Fátima
Localização de Fátima no Brasil
10° 45' 39" S 48° 54' 25" O10° 45' 39" S 48° 54' 25" O
Unidade federativa  Tocantins
Mesorregião Ocidental do Tocantins IBGE/2008 [1]
Microrregião Rio Formoso IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Palmas
Municípios limítrofes Oliveira de Fátima, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Santa Rita do Tocantins e Cristalândia
Distância até a capital 132 km
Características geográficas
Área 382,908 km² [2]
População 3 882 hab. IBGE/2016[3]
Densidade 10,14 hab./km²
Clima Tropical seco Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,698 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 28 397,716 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 924,58 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.fatima.to.gov.br
Câmara www.fatima.to.leg.br

Fátima é um município brasileiro localizado no estado do Tocantins.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade de Fátima foi criada no dia 14 de maio de 1982 e instalada como município em 1 de janeiro de 1983, e está localizada a 126 km da capital do estado, Palmas. Sua criação remonta ao ano de 1947, com a chegada na região de Manoel Martins dos Santos e de José Regino de Brito, reconhecidos como pioneiros. Suas propriedades rurais foram atingidas com o novo traçado da BR-153 (Rodovia Belém Brasília), e a constante passagem de tropas, cargas e carros advindos de várias localidades fizeram concentrar um número significativo de estabelecimentos comerciais e consequentemente, de moradores. As primeiras moradias eram simples: casas cobertas com palha e paredes de pau-a-pique ou adobe. Mas com o volume crescente, Fátima desenvolveu-se e ganhou notoriedade. A necessidade de uma escola logo se fez sentir e foram os moradores os construtores da primeira instituição de ensino do povoado, ficando a cargo da prefeitura de Porto Nacional a manutenção da mesma. Com isso, mais pessoas se aglomeravam em torno da Escola a fim de subsidiar os estudos, e, de povoado nas margens da Rodovia Belém-Brasília, Fátima tornou-se distrito do município de Porto Nacional em 24 de abril de 1964. O município veio a ser criado no dia 14 de maio de 1982 e instalado no dia 1° de janeiro de 1983, com a posse de João Inácio Ferreira, que foi o primeiro prefeito do município. A origem do nome é uma homenagem a padroeira do município, Nossa Senhora de Fátima. Quem nasce no município de Fátima, é considerado como fatimense.

Infraestrutura urbana[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

O município de Fátima é servido pela rodovia federal BR-153 (a qual é o principal meio de acesso ao município), e pela rodovia estadual TO-255. A Ferrovia Norte-Sul também passa por dentro do território do município, ao leste da BR-153. Os aeroportos com operações de voos comerciais que ficam localizados mais próximos de Fátima, são respectivamente: o Aeroporto de Gurupi, que fica situado a 117 km de distância da cidade, e o Aeroporto de Palmas, que fica situado a 125 km de distância da cidade.

Distâncias rodoviárias[editar | editar código-fonte]

Distâncias rodoviárias a partir de Fátima:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Cidades Fátima». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 02 de janeiro de 2017.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do Tocantins é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.