Fórum pela Democracia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fórum pela Democracia
Forum voor Democratie
Líder Thierry Baudet
Fundação 2016
Sede Amesterdão,  Países Baixos
Ideologia Nacionalismo holandês[1]
Conservadorismo[2][3]
Conservadorismo nacional[4]
Conservadorismo liberal[5]
Euroceticismo[2][3]
Negacionismo climático[6][7]
Democracia direta[8][3][9][10]
Populismo de direita[11][12][13]
Democracia virtual[14]

Soberanismo[8]
Espectro político Direita[8][15][16][17] to
Extrema-direita[18][19][20][21]
Grupo no Parlamento Europeu Reformistas e Conservadores Europeus
Câmara dos Representantes
2 / 150
Senado
0 / 75
Parlamento Europeu
3 / 26
Mandatos provinciais
86 / 570
Cores Grená

Fórum pela Democracia (em holandês: Forum voor Democratie, FVD) é um partido político conservador, nacionalista e eurocético dos Países Baixos, que foi fundado como um "think tank" em 2016 e é desde então liderado por Thierry Baudet.

História[editar | editar código-fonte]

O Fórum foi fundado como think tank, que era liderado pelo referido Thierry Baudet e por Henk Otten[22], tendo como seu principal ponto de cobertura a campanha sobre o referendo sobre o Acordo de Associação entre os Países Baixos e a União Europeia com a Ucrânia, que foi realizado em 2016, e em que o "Não" obteve uma vitória esmagadora.[23]

Desde então, o Fórum transformou-se num partido político e nas eleições gerais de 2017 conseguiu eleger 2 deputados para a Câmara dos Representantes.[24]

Nessa altura, o Fórum contava com mais de 30.000 membros,[25] com a maioria destes a não terem qualquer experiência ou passado político.[26]

Em fevereiro de 2018, o FvD sofre várias divisões internas ao ser acusado de falta de democracia interna[27] o Fórum é atualmente um dos principais partidos holandeses.[28] e antisemitismo.[29]

Mesmo assim, em 15 de março de 2019, estreou pela primeira vez nas eleições para o Senado e conseguiu ser a força mais votada ao obter cerca de 15% dos votos,[30]: elegendo 12 representações de um total de 75, junto do Partido Popular para Liberdade e Democracia (VVD), do primeiro-ministro Mark Rutte[31].

Em maio do mesmo ano de 2019 elegeu três deputados para o Parlamento Europeu[32].

Programa[editar | editar código-fonte]

O programa da FvD gira, basicamente, em torno de dois temas.

Primeiro, em relação a imigração, pretende encerrar tanto o acolhimento de refugiados como a imigração legal, por esta pôr em risco a conservação da cultura nacional holandesa.

Em segundo lugar, em relação à economia, o partido defende o corte abrupto de impostos, tanto de pessoas físicas quanto de empresas.

Além disso, este partido defende o aumento do orçamento das forças armadas holandesas e expansão do contingente de reservistas do exército,

Numa clara identificação com a Democracia directa, o seu ̟programa apela à promoção de um sistema de referendos.

Defendem igualmente a saída do seu país da União Europeia (EU]]) pois entendem que esta junção impede que os países-membros interrompam a imigração]] e apliquem um projeto econômico “verdadeiramente neoliberal”, vêm-na assim como uma organização de extrema esquerda que promove a imigração muçulmana, o multiculturalismo e o socialismo para acabar com as nacionalidades do continente europeu[33].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições nacionais[editar | editar código-fonte]

Câmara dos Representantes[editar | editar código-fonte]

Data Líder CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
2017 Thierry Baudet 13.º 187 162
1,8 / 100,0
2 / 150
Oposição
2021 Thierry Baudet 8.º 516 475
5,0 / 100,0
Aumento3,2
8 / 150
Aumento6

Senado[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % Deputados +/-
2019

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % Deputados
2019 4.º 602 507
11,0 / 100,0
3 / 26

Eleições provinciais[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % Deputados
2019 1.º 1 057 029
14,5 / 100,0
86 / 570

Referências

  1. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome Bloomberg
  2. a b «The Dutch Election Is About More Than Nationalism». Bloomberg. 22 de Fevereiro de 2017. The Forum for Democracy (FvD) has a curious history. Baudet, a well-regarded legal scholar and political philosopher, set it up in 2015 as a conservative, euroskeptic think tank 
  3. a b c «Wat is Forum voor Democratie?». NPO Focus. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  4. «Dutch Local Election Candidate: 'Current EU is a Monster, It's Undemocratic'». Sputnik. 20 de março de 2018 
  5. Lucardie, Paul (30 de abril de 2018). «Tussen de Tocqueville en Spengler: het Forum voor Democratie op de tweesprong». De Hofvijver (em neerlandês) (85). Consultado em 25 de abril de 2019 
  6. Mebius, Frank Dion; Hendrickx, Frank (22 de março de 2019). «Hoe de zegetocht van Thierry Baudet tot stand kwam». de Volkskrant (em neerlandês). Consultado em 23 de março de 2019 
  7. den Hartog, Tobias (6 de março de 2019). «Baudet moet de Wilders worden die wél levert». AD (em neerlandês). Consultado em 17 de abril de 2019 
  8. a b c de Boissieu, Laurent. «Forum voor Democratie (FvD)». Europe Politique (em francês). Consultado em 23 de março de 2019 
  9. «Anti-EU boy wonder breezes in as Dutch election kingmaker». The Times. 29 de janeiro de 2017. But just as emblematic of what is stirring in Holland is the growing excitement around Mr Baudet and his campaign for more direct democracy. 
  10. «Dutch anti-Ukraine vote spawns 'app democracy' party». euobserver. 6 de dezembro de 2016 
  11. «De nieuwe politieke kaart van Nederland: versnippering in beeld». nos.nl (em neerlandês). 23 de março de 2019. Consultado em 23 de março de 2019 
  12. Korteweg, Ariejan (22 de março de 2019). «Weghonen van populistisch rechts is geen optie meer». de Volkskrant (em neerlandês). Consultado em 23 de março de 2019 
  13. «The Dutch defeat 'the wrong kind of populism'». Heinrich Böll Foundation. 22 de março de 2017 
  14. Predefinição:Nl icon «Standpunten». Forum voor Democratie. 15 de novembro de 2016. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  15. «Dutch election: How do you choose between 28 parties?». Sky News. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  16. «Splintering of Dutch politics makes election hard to predict». Financial Times. Consultado em 17 de abril de 2019 
  17. Misérus, Mark (27 de maio de 2017). «Hoe rechts is Forum voor Democratie?». de Volkskrant (em neerlandês). Consultado em 22 de abril de 2019 
  18. Fallon, Katy (25 de março de 2019). «Forum voor Democratie: Why has the Dutch far right surged?». Al Jazeera. Consultado em 26 de março de 2019 
  19. Boztas, Senay (23 de março de 2019). «Surprise electoral win leaves far-Right populists scrambling to fill seats». The Telegraph. Consultado em 26 de março de 2019 
  20. Schaart, Eline (20 de março de 2019). «Far-right populists score stunning win in Dutch provincial vote». Politico. Consultado em 26 de março de 2019 
  21. Tierolf, Bas; Drost, Lisanne; van Kapel, Maaike (dezembro de 2018). Zevende rapportage racisme, antisemitisme en extreemrechts geweld in Nederland (PDF) (Relatório) (em neerlandês). Verwey-Jonker Instituut. p. 35. ISBN 978-90-5830-912-9. Consultado em 22 de abril de 2019 
  22. FVD quer subsídio para inovação como hyperloops, por Mesal Hikmet, 31 de Janeiro de 2021
  23. «Dutch voters 'reject EU-Ukraine deal in referendum'». Independent.ie (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  24. Schaart, Eline (25 de março de 2019). «5 things to know about Dutch far right's new figurehead». POLITICO. Consultado em 6 de maio de 2019 
  25. Mebius, Dion (12 de fevereiro de 2019). «Politieke partijen beperken ledenverlies, Forum voor Democratie op drie na grootste». de Volkskrant (em neerlandês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  26. «Geert Wilders doesn't threaten Dutch liberalism: he's defending it». The Spectator (em inglês). 28 de janeiro de 2017. Consultado em 6 de maio de 2019 
  27. «Uittocht bij Forum voor Democratie houdt aan - Binnenland - PAROOL». Het Parool (em neerlandês). 9 de fevereiro de 2018. Consultado em 6 de maio de 2019 
  28. Elects, Europe (2019). «Netherlands, peil poll: FvD-ECR: 19% VVD-ALDE: 15% GL-G/EFA: 12% PvdA-S&D: 9% CDA-EPP: 10% D66-ALDE: 7% SP-LEFT: 6% PVV-ENF: 5% PvdD-LEFT: 5% CU-ECR: 5% DENK-*: 3% 50+-* 3% SGP-ECR: 1% Field work: N/A Sample size: 3,000+ ➤ europeelects.eu/netherlands pic.twitter.com/vOkupkUrti». @EuropeElects (em neerlandês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  29. O Colapso de Um Partido, Portugueses na Holanda, 27.11.20
  30. «Right-wing nationalist FvD big winners in Netherlands' first exit polls». NL Times (em inglês). 20 de março de 2019. Consultado em 6 de maio de 2019 
  31. Eleições na Holanda: Fórum para a Democracia, novo partido de extrema direita, abala coalizão de governo, por Victor Amal, de Florianópolis, SC, Esquerda onçine, 3/04/2019
  32. Europeias. O que muda no Parlamento Europeu, por RTP, 27 Maio 2019, 14:19
  33. Eleições na Holanda: Fórum para a Democracia, novo partido de extrema direita, abala coalizão de governo, por Victor Amal, de Florianópolis, Esquerda online, 03/04/2019