Fúlvio Aducci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fúlvio Aducci
Presidente do estado de Bandeira de Santa Catarina Santa Catarina
Período 29 de setembro de 1930
a 25 de outubro de 1930 (deposto pela Revolução de 1930)
José Acácio Soares Moreira
Antecessor Adolfo Konder
Sucessor Ptolomeu de Assis Brasil (interventor nomeado pelo Governo Federal)
Prefeito de Bandeira de Florianópolis Florianópolis
Período 26 de outubro de 1924
a 23 de agosto de 1926 (prefeito superintendente nomeado pelo Governo Estadual)
Antecessor André Wendhausen Júnior
Sucessor Heitor Blum
Deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina
Período (7ª legislatura) 1910
a 1912
Período (8ª legislatura) 1913
a 1915
Período (10ª legislatura) 1919
a 1921
Período (11ª legislatura) 1922
a 1924
Período (12ª legislatura) 1925
a 1927
Dados pessoais
Nome completo Fúlvio Coriolano Aducci
Nascimento 8 de fevereiro de 1884
Desterro, Santa Catarina
Morte 8 de agosto de 1955 (71 anos)
Florianópolis, Santa Catarina
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Hortênsia do Livramento
Pai: Alexandre Magno Aducci
Alma mater Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo
Primeira-dama Alaide Pereira Alvim Aducci
Partido Partido Republicano Catarinense
Profissão advogado

Fúlvio Coriolano Aducci (Desterro, 8 de fevereiro de 1884Florianópolis, 8 de agosto de 1955) foi um advogado e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Alexandre Magno Aducci e Hortênsia do Livramento,[1] ele natural de São Francisco do Sul e ela de Desterro, neto paterno de Domingos Aducci e Zeferina Wanner, francisquenses, e materno de Joaquim Augusto do Livramento, presidente da província de Santa Catarina no império, e Dulce Pôncia Mariano de Albuquerque, filha de José Mariano de Albuquerque Cavalcanti e Cândida Rosa de Melo, pernambucanos.

Foi casado com Alaide Pereira Alvim Aducci, filha de Augusto Rangel Alvim e Elisa Alice Pereira Alvim. Era concunhado de Filipe Schmidt, casado com Luciana Pereira Alvim.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Formou-se em direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo em 04 de dezembro de 1907. [2]

Em 1911, foi nomeado promotor público de Palhoça. [3]

Foi membro do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, professor e Diretor da Faculdade de Direito de Santa Catarina e também presidente da OAB. [2] Ocupou o cargo de diretor da CEF e do Instituto Politécnico de Florianópolis. [3]

Foi fundador da cadeira número 20 da Academia Catarinense de Letras.

Vida política[editar | editar código-fonte]

Foi deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina na 7ª legislatura (1910 — 1912), na 8ª legislatura (1913 — 1915), na 10ª legislatura (1919 — 1921), na 11ª legislatura (1922 — 1924), e na 12ª legislatura (1925 — 1927).

Foi deputado federal na 13ª legislatura (1927 — 1929) e na 14ª legislatura (1930 — 1932), dissolvida pela revolução de 1930.

Foi o último presidente do estado de Santa Catarina na República Velha, eleito para o período 1930 a 1934, presidindo o estado de 29 de setembro a 25 de outubro de 1930, deposto em outubro pela revolução de 1930. [3]

Representação na cultura[editar | editar código-fonte]

No bairro Estreito de Florianópolis, encontra-se a rua Doutor Fúlvio Aducci.

Patrimônio Arqueológico “Aldeia da Fúlvio Aducci”. Na mesma rua, no bairro Estreito (Florianópolis), está localizado um sambaqui o qual corre risco de ser destruído em decorrência da pressão imobiliária na região. [4][5]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Biografia na página do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC)
  2. a b Web, Desize Agencia. «OAB-SC - (48)3239-3500». www.oab-sc.com.br. Consultado em 14 de abril de 2018 
  3. a b c «Fulvio Aducci – 1930Vice: José Acácio Soares Moreira». Secretaria Executiva da Casa Militar. 29 de setembro de 1930 
  4. «Moradores denunciam nova intervenção em sambaqui da rua Fúlvio Aducci, em Florianópolis» 
  5. «Nota Oficial sobre o "Patrimônio Arqueológico "Aldeia da Fúlvio Aducci"». iphansc.blogspot.ca. Consultado em 14 de abril de 2018 
  • PIAZZA, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Joaquim Augusto do Livramento
(patrono)
Logo academia.gif ACL - fundador da cadeira 20
1924 — 1955
Sucedido por
Custódio Francisco de Campos
Precedido por
André Wendhausen Júnior
Bandeira de Florianópolis Prefeito de Florianópolis
1924 — 1925
Sucedido por
Gustavo Adolfo da Silveira
Precedido por
Gustavo Adolfo da Silveira
Bandeira de Florianópolis Prefeito de Florianópolis
1925
Sucedido por
Gustavo Adolfo da Silveira
Precedido por
Gustavo Adolfo da Silveira
Bandeira de Florianópolis Prefeito de Florianópolis
1925 — 1926
Sucedido por
Gustavo Adolfo da Silveira
Precedido por
Adolfo Konder
Bandeira de Santa Catarina Governador de Santa Catarina
1930
Sucedido por
Ptolomeu de Assis Brasil


Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.