Futbolniy Klub Dinamo Moskva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de FC Dinamo Moscovo)
Ir para: navegação, pesquisa
Dinamo Moskva
Дина́мо Москва
Dinamo Moscow.png
Nome Football Club Dynamo Moscow
Alcunhas Alvi-Azuis, Policemen
Fundação 1923
Estádio Dínamo Em construção
Arena Khimki
Capacidade 36.000
18.636
Presidente Rússia Dmitry Ivanov
Treinador Rússia Sergey Chikishev
Patrocinador Rússia VTB
Material (d)esportivo Estados Unidos Nike
Competição Rússia Campeonato Russo
Website site oficial
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Futbolniy Klub Dinamo Moskva, mais conhecido como Dínamo de Moscovo (português europeu) ou Dínamo Moscou (português brasileiro) (Dynamo Moscow, Dinamo Moskva, em russo: Дина́мо Москва) é um dos clubes de futebol mais famosos da Rússia. Foi fundado em 1923.

História[editar | editar código-fonte]

Tem como ancestral um clube chamado Orekhovo, de trabalhadores da indústria têxtil mas, no período socialista, era o clube dos que trabalhavam no Ministério do Interior, que englobava as polícias do país. Cada república soviética tinha seu Dínamo e três deles se tornaram muito famosos, o de Moscou, o de Kiev e o de Tblissi. Foi um dos clube que venceu mais campeonatos nacionais na era soviética: 11 títulos, mas após seu último título em 1976, e com o fim da o fim da URSS entrou em decadência, não venceu nenhum campeonato nacional e foi rebaixado para a segunda divisão[1].

O clube foi fundado em 1923 devido a esforços do Departamento Político do Estado. Até hoje o clube estabeleceu-se como um dos mais fortes emblemas da capital russa. Suas cores oficiais são o azul e branco. Possui um estádio chamado Dynamo Stadium localizado na capital russa e tem capacidade para 36 mil espectadores.

Até 2005 o Dínamo tinha sido o único clube da Rússia que logrou atingir uma final de uma competição europeia (final da Recopa Européia), em 1972, contra o Glasgow Rangers da Escócia, sendo derrotado por 3 a 2). Em 2005, o CSKA Moscou conseguiu o título da Copa da UEFA vencendo o Sporting Clube de Portugal em Lisboa e, em 2008, o Zenit São Petersburgo conquistou também a Copa da UEFA sobre o mesmo Glasgow Rangers.

O clube também nunca havia sido rebaixado na Rússia, porém, em Maio de 2016, o time fez uma péssima campanha no Campeonato Russo e foi rebaixado em 15° e penúltimo lugar, marcando uma mancha em sua história: além de rebaixado, viu o rival CSKA Moscou sendo campeão Russo. No fim de maio de 2017, um ano depois do decenso, o clube foi vice-campeão da Segunda Divisão, marcando seu retorno para a principal divisão russa em 2017-18.[2]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

  • Atualizado em 05 de junho de 2016.[3]
Legenda
  • Capitão: Capitão
  • PenalizadoExpulso: Jogador suspenso
  • Lesionado: Jogador lesionado


Goleiros
Jogador
1 Rússia Anton Shunin
43 Rússia Stanislav Cherchesov
Defensores
Jogador Pos.
3 Suécia Sebastian Holmén Z
4 Eslovénia Tomáš Hubočan Z
5 Rússia Vitali Djakov Z
12 Rússia Egor Danilkin Z
17 Rússia Dmitri Zhivoglyadov LD
25 Rússia Aleksei Kozlov LD
2 Rússia Grigori Morozov LE
33 Países Baixos Alex Büttner LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
7 Rússia Stanislav Dragun V
23 Rússia Anthony Sosnin V
27 Rússia Igor Denisov Capitão V
47 Rússia Roman Zobnin V
80 Rússia Vladislav Levin V
11 Rússia Aleksey Ionov M
13 Rússia Maksin Kuzmin M
77 Rússia Anatoli Katrich M
88 Rússia Aleksandr Tashaev M
Atacantes
Jogador
8 Rússia Pavel Pogrebnyak
11 Rússia Aleksey Ionov
21 Jugoslávia Fatos Beqiraj
90 Rússia Nikolay Obolskiy
Comissão técnica
Nome Pos.
Rússia Sergey Chikishev T
Arménia Roman Berezovskiy AS

Maiores estrelas[editar | editar código-fonte]

  • União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Lev Yashin, o aranha negra. Considerado por muitos como o melhor goleiro da história, definiu os padrões para o Goleiro Moderno, como cortar bolas pelo alto. Um dos feitos notáveis da sua brilhante carreira incluem 270 jogos sem levar gol, a defesa de 150 pênaltis e 4 participações em Copas do Mundo: 1958, 1962, 1966 e 1970.
  • União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Igor Chislenko, integrante da seleção Soviética de 1966, marcou um gol contra a Itália na fase de grupos e outro contra a Hungria, já nas Quartas-de-Final. Foi a única quarta de final que a União Soviética venceu em suas 7 participações. A atual Rússia nunca passou da fase de grupos, em duas participações.
  • Portugal Maniche
  • Portugal Costinha
  • Brasil Derlei
  • Portugal Danny
  • França Mathieu Valbuena
  • Portugal Frechaut

Títulos[editar | editar código-fonte]

(1994/95)

Titulos da União Soviética (1923-1991)[editar | editar código-fonte]

(1969)
1936 (Primavera), 1937, 1940, 1945, 1949, 1954, 1955, 1957, 1959, 1963
  • Flag of the Soviet Union.svg Copa da União Soviética: 7
(1937, 1953, 1967, 1968, 1970, 1977 e 1984

Supercopa da URSS: 1

1977

Departamento de voleibol[editar | editar código-fonte]

O Voleibolni Klub Dínamo Moscou (em russo, "волейбольный клуб Динамо Москва"), ou simplesmente Dínamo Moscou é um clube russo de voleibol masculino sediado na cidade de Moscou. Disputa a Superliga Russa.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

  • Campeonato Soviético (5): 1945, 1946, 1947, 1948, 1951
  • Copa da União Soviética (3): 1950, 1951, 1952
  • Campeonato Russo (2): 2005/2006, 2007/2008
  • Copa da Rússia (2): 2006, 2008
  • Supercopa Russa (2): 2008, 2009

Internacionais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Guadalupe Carniel: É russo!, acesso em 14 de maio de 2017.
  2. «Футбольная национальная лига». 1fnl.ru (em inglês). Consultado em 14 de junho de 2017 
  3. «Игроки» (em russo). CSKA Moskva. Consultado em 21 de agosto de 2015 
  4. CEV Cup Finals 2011-12
  5. CEV Cup Finals 2014-15

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira de RússiaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol russos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.