FIFA 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
FIFA 2000: Major League Soccer
Desenvolvedora(s) EA Canada
Publicadora(s) Electronic Arts
Plataforma(s) PlayStation 1, Microsoft Windows, Game Boy Color
Série FIFA
Data(s) de lançamento
Gênero(s) Esporte
Modos de jogo Um jogador, multijogador
FIFA 99
FIFA 2001

FIFA 2000 (conhecido como FIFA 2000: Major League Soccer na América do Norte) é um jogo eletrônico de futebol lançado em outubro de 1999, produzido pela Electronic Arts e lançado pela EA Sports.

 Recepção
Pontuação geral
Agregador Pontuação
Metacritic N/A (PC[1])
Resultados das análises
Publicado por Resultado
GameSpot 9.4 (PS[2])
IGN 9.1 (PS[3])

Campeonatos[editar | editar código-fonte]

O FIFA 2000 trazia 18 ligas, seis a mais que seu antecessor. Pela primeira vez, o jogo trazia a Major League Soccer, substituindo a liga americana dos jogos anteriores que continha equipes fictícias baseadas na liga de futebol que a antecedeu. A liga brasileira é composta somente de sete equipes, as mesmas que participaram da Copa Mercosul de 1999.

No modo Temporada, agora é possível jogar uma liga por mais de uma temporada (até o máximo de três), e os últimos colocados são rebaixados e substituídos por um conjunto de equipes promovidas à divisão principal em seu lugar (semelhante aos campeonatos reais). No entanto, à época, as ligas inferiores ainda não eram selecionáveis, logo a "segunda divisão" era apenas um banco de times extras de cada país. A MLS e os times brasileiros não estão disponíveis neste modo.

Há também um bloco "Resto do Mundo", contendo equipes europeias e do mundo árabe, além do Port Vale F.C., à época na terceira divisão inglesa, incluso por exigência do cantor Robbie Williams, torcedor do clube, que gravou a canção-tema do jogo.

Resto do Mundo

Legenda novo - Primeira vez incluso no FIFA

Equipes da Segunda Divisão

Times Clássicos[editar | editar código-fonte]

Um dos principais atrativos do jogo foi a inclusão de 40 equipes clássicas de vários países. No entanto, enquanto havia esquadrões que fizeram a história do futebol neste bloco, nem todos os times possuíram a mesma expressividade, e outras grandes equipes históricas como o Torino (pentacampeão italiano, desfeito após o trágico acidente de Superga) e o River Plate da década de 1940 ("La Máquina" de Alfredo di Stéfano e Ángel Labruna), o Honved da década de 1950 (base da seleção húngara, com Ferenc Puskás, Sándor Kocsis e Zoltan Czibor, entre outros), e o Benfica da década de 1960 (de onde veio a talentosa geração portuguesa capitaneada por Eusébio) ficaram de fora.

Seleções[editar | editar código-fonte]

No FIFA 2000 estiveram presentes 47 seleções.

Estádios[editar | editar código-fonte]

O FIFA 2000 possuía somente estádios genéricos, que eram escolhidos aleatoriamente entre partidas. O jogador somente poderia alterá-lo na tela de opções do jogo. Um destes estádios era a sede da EA no Canadá, acessível por meio de código.

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «FIFA 2001 (Windows)» (em inglês). MetaCritic. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  2. «FIFA 2000 (PlayStation)» (em inglês). GameSpot. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  3. «FIFA 2000 (PlayStation)» (em inglês). IGN. Consultado em 21 de outubro de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.