FIFA Ballon d'Or de 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bola de Ouro da FIFA de 2012
Descrição Premiação máxima do futebol mundial.
Local Kongresshaus, Zurique
Suíça

A Bola de Ouro da FIFA de 2012 foi a 22ª edição da premiação máxima do futebol mundial outorgada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) e a terceira com tal denominação. A cerimônia de premiação foi realizada em 7 de janeiro de 2013 no Kongresshaus em Zurique, na Suiça.[1]

A cerimônia[editar | editar código-fonte]

A cerimônia foi apresenada pelo ex-jogador Ruud Gullit e Kay Murray. Foi apresentado Fuleco o mascote da próxima Copa do Mundo FIFA de 2014 por Ronaldo Nazário. Para a seleção dos onze melhores do mundo o FIFPro, foi entregue por Michel Platini e Andriy Shevchenko. Aos melhores treinadores masculino e feminino por Luiz Felipe Scolari. Joseph Blatter para Franz Beckenbauer a prêmio Presidencial FIFA e o principe Ali Bin Al Hussein o prêmio Fair Play FIFA a Federação de Futebol do Uzbequistão. Carlos Valderrama entregou o prêmio Puskas. Após apresentação musical de Amy Macdonald, Hope Solo apresentou a melhor jogadora do mundo. Ao melhor jogador do mundo a entrega foi feita por Francois Moriniere, CEO da revista France Football, Joseph Blatter e Fabio Cannavaro.[2]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

A exibição ao vivo pela TV ao Brasil foi feita pelos canais por assinatura BandSports, ESPN Brasil, Fox Sports e SporTV.[3]

Premiações[editar | editar código-fonte]

     Vencedor(a)

Futebolista[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Os indicados para a categoria foram:[4]

Nome Nacionalidade Clube
Cristiano Ronaldo  Portugal Espanha Real Madrid
Andrés Iniesta Flag of Spain.svg Espanha Espanha Barcelona
Messi  Argentina Espanha Barcelona

Feminino[editar | editar código-fonte]

As indicadas para a categoria foram:[5]

Nome Nacionalidade Clube
Marta  Brasil Suécia Tyresö FF
Alex Morgan  Estados Unidos Estados Unidos Seattle Sounders
Abby Wambach  Estados Unidos Estados Unidos Estados Unidos

Treinador[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Os indicados para a categoria foram:

Nome Nacionalidade Clube/Seleção
Josep Guardiola Flag of Spain.svg Espanha Espanha Barcelona
Vicente Del Bosque Flag of Spain.svg Espanha Flag of Spain.svg Espanha
José Mourinho  Portugal Espanha Real Madrid

Feminino[editar | editar código-fonte]

Os indicados para a categoria foram:

Nome Nacionalidade Clube/Seleção
Bruno Bini  França Flag of France.svg França
Pia Sundhage  Suécia Estados Unidos Estados Unidos
Norio Sasaki  Japão Flag of Japan.svg Japão

FIFA/FIFPro World XI[editar | editar código-fonte]

Posição Futebolista País Clube
Goleiro Iker Casillas Flag of Spain.svg Espanha Espanha Real Madrid
Lateral-direito Daniel Alves  Brasil Espanha Barcelona
Zagueiro Gerard Piqué Flag of Spain.svg Espanha Espanha Barcelona
Zagueiro Sergio Ramos Flag of Spain.svg Espanha Espanha Real Madrid
Lateral-esquerdo Marcelo  Brasil Espanha Real Madrid
Meia Xabi Alonso Flag of Spain.svg Espanha Espanha Real Madrid
Meia Xavi Flag of Spain.svg Espanha Espanha Barcelona
Meia Andrés Iniesta Flag of Spain.svg Espanha Espanha Barcelona
Atacante Cristiano Ronaldo  Portugal Espanha Real Madrid
Atacante Falcao García  Colômbia Espanha Atlético de Madrid
Atacante Lionel Messi  Argentina Espanha Barcelona

Esta foi a primeira vez que os onze escolhidos pertencem a mesma liga, La Liga.[6]

Fair Play FIFA[editar | editar código-fonte]

Uzbequistão Federação de Futebol do Uzbequistão

Presidencial FIFA[editar | editar código-fonte]

Alemanha Franz Beckenbauer

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]