F União (F-45)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
F União
F União (F-45).jpg
Carreira Coat of arms of the Brazilian Navy.svg
Operador Brasil Marinha do Brasil
Fabricante Vosper-Tornicroft, Inglaterra
Construção 11 de junho de 1972
Lançamento 14 de março de 1975
Comissionamento 12 de setembro de 1980
Estado Em serviço
Características gerais
Tipo de navio Fragata
Classe Classe Niterói
Tonelagem 3 200 padrão / 3 800 plena carga
Largura 13,5 m
Comprimento 129,2 m
Calado 5,9 m
Propulsão CODOG (Combined Diesel or Gas) com 2 turbinas a gás Rolls-Royce Olympus TM3B 28.000 shp cada; 4 motores MTU 16V956 TB91 de 3.940 bhp cada
Velocidade 30,5 nós (56 km/h)
Armamento 1 reparo singelo do canhão Vickers Mk 8 de 4.5 polegadas/55 calibres (114mm); 2 reparos singelos do canhão Bofors L/70 de 40 mm; 1 lançador de mísseis anti-submarinos Ikara; 2 lançadores triplos de mísseis antiaéreos de defesa de ponto Sea Cat; um morteiro duplo do foguetes SR-375 BOROC de 375mm, 2 lançadores triplos STWS Mk 1 de torpedos A/S de 324mm, 2 lançadores de foguetes Schermully e 2 lançadores de foguetes iluminativos Rocket Flare.
Aeronaves 1 helicóptero Westland AH-11A Super Lynx
Equipamentos especializados 1 radar de vigilância aérea tipo Plessey AWS-2, com o IFF Mk 10; 1 radar de vigilância de superfície ZW-06; agulhas giroscópicas Sperry Mk-19; 2 radares de direção de tiro Orion RTN-10X; MAGE FH-5 radiogoniometro HF D/F; Decca RDL-2/5 e CDL-160 radiogoniometro VHF; e sonar de casco EDO-610E.
Tripulação 209 oficiais e marinheiros

A F União (F-45) é um navio de guerra tipo fragata da classe Niterói (modelo MK10), da Marinha do Brasil.

Foi a última de sua classe a ser incorporada à Armada, em 1980.

Totalmente construída no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, seguiu o mesmo padrão do projeto original das outras quatro de sua classe, construídas nos estaleiros Vosper-Tornicroft Ltd., na Inglaterra.

Em 2003 passou pelo processo de modernização, que proporcionou à embarcação o aumento de sua vida operativa. Na ocasião foram substituídos os sistemas de armas e de detecção de submarinos por equipamentos de última geração, tendo em vista a obsolescência dos equipamentos originais.

Desde novembro de 2011 a fragata é o principal embarcação da Força Tarefa Marítima (MTF, na sigla em inglês), a unidade marítima das operações da UNIFIL no Oriente Médio, liderando três navios da Alemanha, dois de Bangladesh, um grego, um turco e um da Indonésia. A unidade brasileira é equipada com helicóptero e possui tripulação de 243 militares brasileiros.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

Dimensões[editar | editar código-fonte]

  • Deslocamento (toneladas): 3 355-padrão / 3 707 plena carga
  • Dimensões (metros): 129,2 x 13,5 x 5,5 (com sonar)
  • Tripulação: 217 homens
  • Construtores: Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro

Desempenho[editar | editar código-fonte]

  • Propulsão: CODOG ("Combinated Diesel or Gas") - 4 motores a diesel para velocidades de cruzeiro, 15 000 hp ou 2 turbinas a gás, 50 080 hp
  • Raio de Ação (milhas): 5 300 a 17 nós / 4 200 a 19 nós / 1 300 a 28 nós
  • Velocidade Máxima (nós): 30

Sistemas de armas e eletrônica (após a modernização)[editar | editar código-fonte]

  • Armamento:
Míssil antinavio MM-40 EXOCET Block I
Sistema de lançamento Albatros para mísseis ALENIA-Marconi Aspide-2000
1 canhão Vickers Mk 8 mod.0 4,5 polegadas (115 mm) com alcance de 22 Km
2 canhões antiaéreo BAE Systems Bofors Trinity Mk 3
lançadores para torpedos Mk-46.
  • Helicóptero: 1 Westland AH-11A Super Lynx ou 1 UH-12/13 Esquilo.
  • Sistema de combate: SICONTA Mk.2
  • Contramedidas electrônicas: Omnisys ET/SLQ-1A
  • Radar de pesquisa aérea: SELEX Sistemi RAN 20S (2D) alcance médio de 117km
  • Radar diretor de tiro: SELEX Sistemi RTN-30X com alcance médio de 39Km
  • Sonares: EDO Corp. 997(F).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Fragata brasileira no Líbano é 'momento histórico', diz comandante Portal Folha - acessado em 14 de novembro de 2011


Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.