Fabiano Leismann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fabiano
Informações pessoais
Nome completo Fabiano Leismann
Data de nasc. 18 de novembro de 1991 (26 anos)
Local de nasc. São João do Oeste (SC), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,88 m
Destro
Apelido Alemão[1]
Informações profissionais
Clube atual Internacional
Número 18
Posição Lateral-direito e Zagueiro
Clubes de juventude
São Luiz
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2014
2015–2017
2016
2017–
2018–
Chapecoense
Cruzeiro
Palmeiras (emp.)
Palmeiras
Internacional (emp.)
00082 0000(6)
00029 0000(1)
00010 0000(1)
00019 0000(1)
00019 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de maio de 2018.

Fabiano Leismann, mais conhecido como Fabiano (São João do Oeste, 18 de novembro de 1991), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-direito e zagueiro. Atualmente joga pelo Internacional, emprestado pelo Palmeiras.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Fabiano começou sua carreira atuando em pequenas equipes da sua região. Depois, participou do projeto "Genoma Colorado", do Internacional, em Itapiranga, perto de São João do Oeste. Após se destacar, foi indicado para a base do São Luiz, em Ijuí.

São Luiz-RS[editar | editar código-fonte]

Chegou ao São Luiz em 2008, como zagueiro. Após duas temporadas pela equipe gaúcha, treinando entre juvenis e juniores, acabou sendo negociado depois com a Chapecoense.

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Ainda atuando como zagueiro, chegou ao Furacão do Oeste em 2009. Ganhou suas primeiras oportunidades na Chapecoense com o treinador Mauro Ovelha. O ano seguinte serviu como afirmação. Foi o artilheiro do time, apesar de defensor, e revelação do Campeonato Catarinense de 2012. Graças ao seu grande poderio ofensivo, o treinador Gilmar Dal Pozzo resolveu testá-lo como lateral-direito e dali não saiu mais.[2]

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2014, o Cruzeiro contratou o jogador por 3,6 milhões de reais, em um contrato de 5 temporadas.

Marcou seu primeiro gol em 20 de setembro de 2015, contra a Chapecoense, seu ex-clube.[3]

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2016, foi emprestado ao Palmeiras com um contrato que se estende até o final do mesmo ano.[4] Fez sua estreia em junho, diante de seu ex-clube Cruzeiro, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2016, numa derrota por 2–1.

Revelado por São Luiz-RS e Chapecoense-SC, clubes nos quais jogou como juvenil, Fabiano se profissionalizou em 2011 no time catarinense. Versátil (atua tanto como lateral-direito quanto zagueiro), o atleta ganhou destaque no Brasileiro de 2014 por seu desempenho defensivo e ofensivo, aparecendo sobretudo nas bolas aéreas.

Em 2015, transferiu-se para o Cruzeiro, à época bicampeão brasileiro. Em Minas Gerais, disputou 29 partidas oficiais, marcou um gol e deu quatro assistências.

Na atual temporada, foi, por indicação do técnico Cuca, envolvido em uma negociação com a equipe celeste. Além do jogo aéreo, Fabiano tem como características também o vigor físico e a consciência tática.

Em novembro do mesmo ano, na penúltima rodada do campeonato, marcou o único gol da vitória Palmeirense por 1–0 contra a Chapecoense, seu ex-clube. O resultado deu o nono título brasileiro ao clube paulista.[5]

No dia 11 de janeiro de 2017, o Palmeiras anunciou a aquisição do jogador em definitivo, pagando ao Cruzeiro uma quantia não revelada por 40% de seus direitos econômicos.[6]

Na libertadores de 2017, num jogo épico contra o Peñarol no Uruguai marcado por muita confusão após o termino do jogo. O palmeiras busca uma virada fora de casa espetacular no último segundo de jogo. Fabiano faz o 3 a 2 após cobrança de escanteio ele cabeceia a bola bate na trave e entra.

Internacional[editar | editar código-fonte]

Fora dos planos do Palmeiras, Fabiano é emprestado ao Internacional até o fim de 2018. O jogador chega pra disputar posição com outros dois recém-contratados, Dudu e Ruan.[7]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Natural de São João do Oeste, cidade catarinense de colonização alemã onde 93% da população fala alemão, e pelo menos 97,5% entende a língua teutônica. O próprio Fabiano é fluente na língua de Goethe, e diz que, quando está na terra natal, nem fala em português.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Chapecoense
Palmeiras

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • Revelação do Campeonato Catarinense: 2012
  • Segundo melhor zagueiro do Campeonato Catarinense pelo Top da Bola: 2012
  • Terceiro melhor lateral direito do Campeonato Catarinense pelo Top da Bola: 2014

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.