Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC), criada em 1972, é uma das oito faculdades da Universidade de Coimbra (UC), em Coimbra, Portugal. Tal como as outras faculdades, dispõe de considerável autonomia pedagógica e administrativa no seio da UC.

História[editar | editar código-fonte]

A Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC), criada em 1972, é uma das oito faculdades que integram a Universidade de Coimbra cuja fundação data de 1290. O seu primeiro curso, Economia, entrou em funcionamento no ano lectivo de 1973/74, tendo-se-lhe seguido as restantes três do elenco actualmente oferecido pela FEUC: Sociologia, Gestão e Relações Internacionais.

Deslocada para fora da colina universitária por manifesta falta de espaço, a FEUC viu-se dotada, nos primeiros anos da década de 1990, de edifícios consideravelmente modernos e funcionais àquela data, expressamente construídos para as actividades de ensino e investigação da faculdade. Estas instalações localizam-se numa zona nobre da cidade – o bairro da Cumeada, nos Olivais –, onde a FEUC passou a dispor de amplo espaço para actividades escolares, de zonas abertas de convívio e de uma considerável área ajardinada.

Com uma população escolar de cerca de 2.500 alunos, 130 docentes e 40 funcionários, a FEUC dispõe de infraestruturas adequadas aos seus objectivos. O seu corpo docente é, tal como nas demais faculdades da Universidade de Coimbra, altamente qualificado no campo relevante para as suas funções.

Ensino[editar | editar código-fonte]

Uma das características da FEUC é a sua pluridisciplinaridade, bem patente na diversidade das licenciaturas e estudos pós-graduados que oferece. O seu ensino, que no início contemplava apenas a área da Economia, veio posteriormente a estender se a outros domínios das ciências sociais: Sociologia, Gestão e Relações Internacionais.

Cada um dos cursos possui um núcleo de estudantes. Estes organizam diversas actividades de carácter lúdico e com o objectivo de integração académica como a Noite dos Horários bem como outras actividades de grande relevo e de complementaridade às actividades científicas e académicas, como seja a organização de conferências, sessões de recrutamento e apresentação de empresas ou ainda o apoio às actividades de recepção e integração dos novos alunos de licenciatura.


Assim, a FEUC oferece as seguintes licenciaturas:

Conjuntamente com o Institut d'Études Politiques de Bordéus, a FEUC oferece um programa conjunto de estudos, assente numa escolaridade integrada, com frequência alternada das duas instituições:

O ensino pós-graduado tem vindo a assumir uma importância crescente na FEUC, e a sua diversificação tem vindo a ser consolidada. A Escola de Estudos Avançados da FEUC é um serviço que assegura o interface ao mais alto nível no apoio aos candidatos bem como aos estudantes dos estudos pós-graduados da FEUC. Como se verifica adiante, a quantidade e diversidade de ciclos de estudos oferecidos pela FEUC nestes níveis de ensino é de referência:


- Doutoramentos


- Mestrados



- Pós-Graduações

Formação Contínua e Saídas Profissionais[editar | editar código-fonte]

A FEUC tem-se preocupado em aumentar a sua ligação ao mundo do trabalho através das atividades desenvolvidas no âmbito da angariação de estágios, bem como através da Associação para a Extensão Universitária (APEU), quer ainda através de incentivos às iniciativas promovidas pelos vários núcleos e organizações dos seus estudantes, incluindo a Associação dos Antigos Alunos.

Os serviços da Faculdade divulgam ofertas de emprego e de estágios profissionais disponíveis para finalistas e recém-licenciados, em articulação com o seu homólogo da Universidade de Coimbra - Saídas Profissionais (GASP), por forma a dar também a melhor resposta às solicitações feitas directamente à Universidade. Por seu lado, a APEU realiza acções de formação e cursos para empresários, gestores e técnicos, e executa também estudos aplicados nos domínios de investigação da FEUC.

Investigação Científica e Extensão[editar | editar código-fonte]

No domínio da Investigação Científica, e embora com integração orgânica diversa, encontram-se ligadas à FEUC as seguintes unidades:

Para além da presença em revistas de circulação internacional, a divulgação da produção científica também se processa através dos diferentes canais da FEUC, nomedamente a revista Notas Económicas e séries de Relatórios de Investigação, e dos seus centros de investigação Revista Crítica de Ciências Sociais (CES) e diferentes séries de working papers: Oficina do CES, Estudos do GEMF, Estudos do CEUNEUROP, etc.

APEU

A Associação para a Extensão Universitária (APEU) foi constituída em Junho de 1993, por iniciativa de docentes e investigadores da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC), como associação privada sem fins lucrativos. A APEU visa estabelecer a articulação entre as necessidades da comunidade em geral e os serviços especializados prestados pelos docentes da FEUC, nos domínios que se estendam para além da actividade lectiva curricular e da investigação científica propriamente dita. Desta forma, a APEU tem como objectivos principais desenvolver iniciativas que promovam a ligação entre as actividades da FEUC e a comunidade, com especial destaque para a realização de acções de formação e a elaboração de estudos aplicados no domínio das áreas de ensino e investigação da FEUC.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]