Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Faculdade de Estudos Administrativos, autorizada a funcionar pela Portaria nº 688 (MEC), em 9 de julho de 1998, e que teve sua denominação alterada para Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais (FEAD-MG (1999)), é um estabelecimento de ensino superior, mantido pelo SIEMG (Sistema Integrado de Ensino de Minas Gerais Ltda), entidade com personalidade jurídica de direito privado, com sede e foro na cidade de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

No ato da autorização iniciou suas atividades com a recepção da primeira turma do curso de "Administração com ênfase em Gestão dos Negócios". Em 1999, foi autorizada mais uma habilitação para o curso de Administração, "Negócios Internacionais" (Portaria MEC 1429/99, processo nº 23018.012394/98-60).

No início de 2000, a FEAD realiza o primeiro curso de especialização em Administração de Sistemas Públicos Municipais. Em fevereiro, ganha novas instalações mudando de prédio e concretizando metas quanto à ampliação da biblioteca e de todo o Parque Computacional, incluindo-se o Laboratório de Informática. Inicia-se também a implantação de um Sistema próprio, totalmente integrado em rede e via internet, permitindo o atendimento às necessidades informacionais específicas da Instituição. Expandindo sua atuação na formação de empreendedores, mais um novo curso é autorizado: "Turismo e Hotelaria" (Portaria MEC 379/00, processo nº 23018.012395/98-22).

No ano de 2001, e diversificando as áreas de atuação empreendedora, o Sistema Integrado de Ensino de Minas Gerais Ltda (SIEMG) obtém a autorização de funcionamento da Faculdade de Estudos Superiores, sendo autorizados os seguintes cursos: Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Zootecnia e Agronomia. Para suporte aos cursos da área de Ciências Agrárias e exploração pelos outros cursos, o SIEMG arrenda uma Fazenda em São Francisco de Paula, interior de Minas Gerais.

A pesquisa na Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais consolida-se devido à implantação, em abril de 2002, do Mestrado Profissional em Administração, em fase de recomendação pela CAPES-MEC. No mesmo ano realiza-se o primeiro módulo do curso de especialização semi-presencial em Administração de Sistemas Públicos Municipais.

No ano de 2003, ainda no primeiro semestre, o MEC reconhece os dois cursos de Administração e a unidade de Pós-graduação oferece mais cinco cursos de especialização: MBA Gestão de Pessoas, MBA Gestão de Negócios, MBA Gestão de Marketing, MBA Gestão Hospitalar, MBA Gestão de Operações Logísticas e MBA Gestão em Finanças Corporativas.

Com a expansão e integração dos cursos mantidos pelo SIEMG, tornou-se estratégica a ampliação do significado da marca FEAD, sendo promovida a unificação das duas faculdades — Faculdade de Estudos Administrativos e Faculdade de Estudos Superiores – sob uma única denominação: FEAD — Centro de Gestão Empreendedora. Dessa forma, a Mantenedora estende sua visão de formação de profissionais empreendedores para diversas áreas, como agrárias, saúde, humanas e sociais aplicadas.

Em 2015, foi proibida pela justiça de restringir matrículas de alunos que ainda não conseguiram aditar seus contratos com o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).[1] Em 2016, 23 detentos foram aprovados e estudam com bolsa integral na instituição.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.