Faculdade de Medicina de Itajubá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Faculdade de Medicina de Itajubá
FMIt
Fundação 10 de abril, 1968
Tipo de instituição Filantrópica
Localização Itajubá, Minas Gerais
Diretor(a) Prof. Dr. Rodolfo Souza Cardoso
Página oficial www.medicinaitajuba.com.br

A Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIt) é um estabelecimento universitário, localizado no município de Itajubá, no estado de Minas Gerais.

Foi fundada no ano de 1968 pelo então governador do estado de São Paulo, Laudo Natel. Sua mantenedora é a Associação de Integração Social de Itajubá (AISI).

Desde sua fundação possui um hospital universitário próprio, o Hospital Escola de Itajubá. Atualmente, além do próprio hospital possui convênio com outros hospitais da região e com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Possui os seguintes cursos: Medicina


História ==

No Ano de 1967, imbuídos do grande espírito de fundar e instalar em Itajubá uma Faculdade de Medicina, os idealizadores do projeto procuraram a Fundação Teodomiro Santiago e advogaram junto dela para que esta se tornasse a mantenedora daquela.

A idéia foi aceita pela Fundação Teodomiro Santiago que, em reunião no histórico dia 24 de abril de 1967, teve aprovado por seu conselho diretor, ad-referendum da assembléia geral, que posteriormente seria convocada extraordináriamente para este fim, que mandou acrescentar no seu estatuto, uma alínea que permitia à Fundação "criar ou manter Escolas ou Faculdades de Nível Superior, vinculando-as à memória de Teodomiro Carneiro Santiago". Na assembléia geral da Fundação foi aprovada criação da Faculdade de Medicina de Itajubá, na qualidade de entidade mantenedora e a designação do Dr. Rosemburgo Romano para o cargo de Diretor da Faculdade de Medicina de Itajubá durante a fase de organização da mesma.

Até a instalação da Faculdade, muitas pessoas contribuíram com idéias, esforço físico e financeiro. Os Baluartes foram sem dúvida o então governador de São Paulo, Laudo Natel, Dr. Michel Julien Júnior, Dr. Rosemburgo Romano, Dr. Luis Carlos Tigre Maia e Dr. Sebastião Oswaldo da Silva.

Autorizada pelo Decreto Federal nº 62.498 de 1 de Abril de 1968, publicado no Diário Oficial da União de 8 de Abril de 1968, a Faculdade, recém-nascida, passou a funcionar a contar de 1968, utilizando o nome da Fundação Teodomiro Santiago nos impressos e atos em que fosse necessário o nome da Fundação Mantenedora.

Nos dois primeiros anos de sua história a Faculdade de Medicina funcionou onde hoje está instalado o Hospital Escola, que foi criado por iniciativa dos mesmos fundadores da Faculdade. O Hospital Escola nasceu através de doações da população de Itajubá. O primeiro vestibular foi realizado em março de 1968, e foram aprovados sessenta alunos.

Em setembro de 1972, foi criada a Associação de Integração Social de Itajubá (AISI), que incorporou a Faculdade de Medicina de Itajubá e até hoje é sua mantenedora.

Departamentos[editar | editar código-fonte]

Departamento de Anatomia

Departamento de Bioquímica e Laboratório Clínico

Departamento de Biologia

Departamento de Fisiologia

Departamento de Técnica cirúrgica

Departamento de Patologia

Departamento de Farmacologia

Departamento de Clínica Médica

Departamento de Clínica Cirúrgica

Departamento de Ginecologia e Obstetrícia

Departamento de Pediatria

Departamento de Cardiologia

Departamento de Gastroenterologia

Departamento de Reumatologia

Departamento de Endocrinologia e Metabologia

Departamento de Genética Clínica

Departamento de Ortopedia

Departamento de Oncologia

Departamento de Otorrinolaringologia

Departamento de Psiquiatria

Departamento de Oftalmologia

Departamento de Neurologia e Neurocirurgia

Departamento de Cirurgia Vascular e Angiologia

Departamento de Cirurgia Torácica

Departamento de Pneumologia

Departamento de Nefrologia

Departamento de Urologia

Cursos de Graduação[editar | editar código-fonte]

Medicina (6 anos)

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]