Família Allison

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hudson Allison
Nome completo Hudson Joshua Creighton Allison
Nascimento 9 de dezembro de 1881
Morte 15 de abril de 1912 (30 anos)
Oceano Atlântico
Progenitores Mãe: Phoebe Ann Johnston
Pai: Jesse Rose Allison
Cônjuge Bess Allison (1886-1912)
Filho(s) 2
Bess Allison
Nome completo Bessie Waldo Allison
Nascimento 14 de novembro de 1886
Morte 15 de abril de 1912 (25 anos)
Oceano Atlântico
Progenitores Mãe: Sarah Jane McCully
Pai: Arville Fisher Daniels
Cônjuge Hudson Allison (1881-1912)
Filho(s) 2
Loraine Allison
Nome completo Helen Loraine Allison
Nascimento 5 de junho de 1909
Morte 15 de abril de 1912 (2 anos)
Oceano Atlântico
Trevor Allison
Nome completo Hudson Trevor Allison
Nascimento 7 de maio de 1911
Morte 7 de agosto de 1929 (18 anos)
Nova Iorque, EUA

Hudson Joshua Creighton Allison (9 de dezembro de 1881[1] – 15 de abril de 1912), sua esposa, Bess Waldo Allison (nascida Daniels) (14 de novembro de 1886[2] – 15 de abril de 1912), a filha deles Helen Loraine Allison (5 de junho de 1909[3] – 15 de abril de 1912) e o filho, Hudson Trevor Allison (7 de maio de 1911[4] – 7 de agosto de 1929) foram passageiros da primeira classe a bordo do RMS Titanic, que atingiu um iceberg e afundou em 15 de abril de 1912. Apenas Trevor sobreviveu.

História[editar | editar código-fonte]

Os Allisons, com destino a Montreal, reservaram passagens na primeira classe do Titanic. Embarcaram em Southampton juntamente com quatro serviçaos: uma criada, Sarah Daniels (sem relação com Bess); uma enfermeira, Alice Cleaver;[5] uma cozinheira, Amelia Mary Brown (Mildred); e um mordomo, George Swane. Hudson e Bess ocuparam a cabine C-22, Sarah e Loraine ocuparam a C-24 e Alice e Trevor ocuparam a C-26. Duas cabines na segunda classe também foram reservadas para George e Mildred.

Após o navio atingir o iceberg, Hudson saiu da cabine para descobrir o que estava acontecendo. Enquanto estava fora, Alice pegou Trevor e foi ao encontro dos outros empregados na segunda classe. Hudson retornou e descobriu que todos tinham partido. Ele conduziu Bess e Loraine até o Bote 6, e aparentemente saiu do local antes que este fosse lançado. O Major Peuchen relembrou como elas quase foram salvas:

Brave Nurse and the Babe She Saved: Alice Cleaver com Trevor Allison (1912)

George viu Alice, Mildred e Trevor seguros dentro do Bote 11, que deixou o navio por volta de 1:45 da manhã, quase uma hora depois do Bote 6. Sarah tinha subido no convés mais cedo para investigar os acontecimentos e foi rapidamente colocada em um bote por um tripulante que prometeu informar os Allisons sobre seu paradeiro. Variações da estória afirmam que Alice entrou em pânico e agarrou Trevor, sem informar a Bess que estaria partindo, e que Bess se recusou a partir sem o bebê, embora seja possível que todo o grupo tenha ido ao convés juntos e que Alice e Trevor simplesmente se perderam na multidão.[6]

Hudson, Bess, Loraine e George se perderam no naufrágio. Se George encontrou ou não os Allisons e os informou que Trevor estava seguro longe do navio é desconhecido, mas se ele o fez, é provável que a informação tenha chegado tarde demais para que qualquer um deles tenha deixado o navio. Bess foi uma de apenas quatro mulheres da primeira classe (incluindo Ida Straus e Edith Corse Evans) que pereceram, enquanto Loraine foi a única criança da primeira e segunda classe que faleceram. O corpo de Hudson foi o 135º recuperado pelo Mackay-Bennett; o de George foi o 294º. O corpo de Hudson foi enterrado no jazigo da família no Maple Ridge Cemetery próximo a Winchester, Ontário.

Alice ae Trevor se encontraram em Nova Iorque com o irmão de Hudson, George, que, junto com sua esposa, Lillian, tomaram a custódia do agora órfão Trevor. Trevor morreu em 7 de agosto de 1929, aos 18 anos, vítima de intoxicação alimentar. Foi enterrado ao lado de seu pai.

Afirmação de Helen Loraine Kramer de que ela era Loraine Allison[editar | editar código-fonte]

Em 1940, Uma mulher chamada Helen Loraine Kramer afirmava que ele era Loraine Allison[7] e que, no último minuto, seus pais a entregaram para um homem que se apresentava como Hyde (cuja identidade ela dizia ser do engenheiro naval Thomas Andrews), que a criou em uma fazenda no meio-oeste americano. Sua afirmação, entretanto, não foi aceita pela família Allisons. Eventualmente, ele se mudou e nunca se ouviu falar dela novamente.[8]

Em dezembro de 2013, o Loraine Allison Identification Project anunciou os resultados de um teste de DNA mitocondrial doado pelos descendentes de Kramer e descendentes dos Allisons. O teste foi feito pelo DNA Diagnostics Center, uma instalação credenciada pela The American Society of Crime Laboratory Directors. Os resultados foram negativos, demonstrando que não havia relação existente entre Kramer e os Allisons.[9][10]

Os Allisons em filmes[editar | editar código-fonte]

Os Allisons foram um dos principais personagens na minissérie de 1996 Titanic. A subtrama em relação a eles era altamente ficcional e cheia de imprecisões históricas: por exemplo, acrescentou a história o antigo mito que Alice (interpretado por Felicity Waterman) era uma criança assassina que roubou Trevor em um ataque de pânico, forçando o resto da família a permanecer no navio procurando por ele até que fosse tarde demais. Seus outros empregados (Sarah, Mildred e George) não foram apresentados nele - a única que viajava com eles era Alice.

Os Allisons também foram retratados na minissérie de 2012 Titanic.

Referências

  1. «Mr Hudson Joshua Creighton Allison». Encyclopedia Titanica. Consultado em 18 de outubro de 2007. Cópia arquivada em 22 de outubro de 2007 
  2. «Mrs Bessie Waldo Allison». Encyclopedia Titanica. Consultado em 18 de outubro de 2007. Cópia arquivada em 22 de outubro de 2007 
  3. «Miss Helen Loraine Allison». Encyclopedia Titanica. Consultado em 18 de outubro de 2007. Cópia arquivada em 22 de outubro de 2007 
  4. «Master Hudson Trevor Allison». Encyclopedia Titanica. Consultado em 18 de outubro de 2007. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2007 
  5. «Miss Alice Catherine Clever». Encyclopedia Titanica. Consultado em 18 de outubro de 2007. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2007 
  6. Titanic Passengers | Genealogical and Biographical Information on Titanic's passengers and Crew
  7. «Child Feared Lost On Titanic Reported Living In Michigan». Chicago Daily Tribune. 5 de setembro de 1940 
  8. Geller, Judith B. (Outubro de 1998). Titanic: Women and Children First. [S.l.]: W. W. Norton & Company. p. 224. ISBN 978-0-393-04666-3 
  9. «Loraine Allison Identification Project» 
  10. Copping, Jasper (19 de janeiro de 2014). «Lost child of the Titanic and the fraud that haunted her family». The Telegraph. London. Consultado em 20 de janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]