Curado (sobrenome)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Família Curado)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Curado, Familia tradicional do estado de Goiás, conhecida por sua grande influência no estado, participação politica, e por possuir grandes porções de terra no estado.

Origens[editar | editar código-fonte]

A origem deste apelido de família encontra-se na vila da Sertã, sede do município e da freguesia do mesmo nome pertencente ao distrito de Castelo Branco, região Centro, subregião do Pinhal Interior Sul e diocese de Portalegre e Castelo Branco, local de onde em meados do Século XVIII, José Gomes Curado se mudou para Meia Ponte, hoje Pirenópolis, Estado de Goiás, no Brasil, para exercer o cargo de juiz ordinário, no governo d 4º conde dos Arcos, D. Marcos de Noronha.[1] [2][3][4]

Em Pirenópolis, o então tenente Gomes Curado casou-se com Maria Cerqueira d'Assunção, paulista, filha do tenente-coronel Clemente da Costa e Abreu, lisboeta, e de Maria Pinheiro da Fonseca, de Itu. O casal teve cinco filhos, que geraram numerosa descendência hoje espalhada por todo o Brasil e Portugal ([5]):

  • Ana Timótea Curado.
  • Joaquim Xavier Curado (1746–1830).
  • Francisco Xavier Curado.
  • Feliciana Antônia Curado (1746–1830).
  • Maria Josefa Curado (1754–1825).

Com o casamento de Ana Timótea Curado com sargento-mor Antônio José de Campos, uniu-se a família Curado com a família Campos, proveniente da Vila de Castelo de Ferreira de Aviz, em Portugal. Este entrelaçamento resultou no acúmulo de riqueza e poder a serviço da mineração do ouro em Goiás. Tamanho foi a fortuna que a união dessas famílias gerou, que construiu-se, com recursos particulares de seus membros, a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, entre 1750 e 1754, e todo o caçamento de pedras da estrada do Morro Grande, por dezenas de quilômetros, também em Pirenópolis, para facilitar o escoamento do ouro ([6]).

Com o casamento do comendador João José de Campos Curado com sua conterrânea Ana das Dores Fleury (Inhazinha), em 31 de maio de 1826, uniu-se a família Curado com a família Fleury, que é de origem portuguesa, proveniente da Freguesia de São Pedro de Cête, Conselho de Paredes, Província de Entre Douro e Minho ([7]). O entrelaçamento resultou numa numerosa descendência, quase toda voltada para a administração pública e a pecuária [8].

Alguns membros notáveis desta família ao longo do tempo[editar | editar código-fonte]

[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nobreza de Portugal e Brasil - 3 vols, Direcção de Afonso Eduardo Martins Zuquete, Editorial Enciclopédia, 2ª Edição, Lisboa, 1989, vol. 2-pg. 288-293 e vol. 3-pg. 424
  2. Jayme, Jarbas. Famílias Pirenopolinas (1973), Vol. I, p. 163
  3. História Genealógica da Casa Real Portuguesa, D. António Caetano de Sousa, Atlântida-Livraria Editora, Lda, 2ª Edição, Coimbra, 1946, Tomo V-pg. 137
  4. Nobiliário das Famílias de Portugal, Felgueiras Gayo, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1989, vol. VII-pg. 272 (Mendanhas) e NFP-vol. VII-pg. 590 (Noronhas)
  5. Jayme, Jarbas. Famílias Pirenopolinas (1973), Vol. I, p. 163/167
  6. Brasil. No convívio com as traças (1920), pgs. 12/23
  7. Jayme, José. A origem da Família Fleury (1993), pg. 57
  8. Jayme, Jarbas. Famílias Pirenopolinas (1973), Vol. V, pg. 161
  9. a b c d e f g h i j k l m n o p q Jayme, José. A origem da Família Fleury (1993), pgs. 35/44

Fontes de pesquisa[editar | editar código-fonte]

  • BRASIL, Antônio Americano do. Súmula de História de Goiás. Goiânia: Edigraf, 1961.
  • BRASIL, Antônio Americano do. No convívio com as traças. Goiânia, Edição do autor, 1920.
  • JAYME, Jarbas. Esboço Histórico de Pirenópolis, Goiânia: Editora UFG, 1971.
  • JAYME, Jarbas. Famílias Pirenopolinas, Vols. I e V, Goiânia: Editora UFG, 1971.
  • JAYME, José Sisenando. A origem da Família Fleury. Goiânia, Edição do Autor, 1993.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons