Farol de Santa Marta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para um farol português, veja Farol de Santa Marta (Cascais).
Farol de Santa Marta
Farol Santa Marta Brasil-03.jpg
Número nacional
3956
Localização
Coordenadas
Banhado por
Endereço
Localização
Altitude
74 m
História
Período de construção
1891 (131 anos)
Inauguração
11 de junho de 1891 (131 anos)
Arquitetura
Altura
29
Altura focal
74 m
Equipamento
Ótica
Alcance luz
R 39 W 46 milhas náuticas
Luz característica
Identificadores
internacional
G-0600
№ da ARLHS
BRA-032
№ da NGA
18920[1]

Farol de Santa Marta é um farol localizado no Cabo de Santa Marta, em Laguna, no estado de Santa Catarina, Brasil.[2][3][4] A estrutura é uma torre quadrada, em pedra, que possui lanterna e galeria. Suas paredes possuem 2 metros de espessura.[2] O farol eleva-se em meio a um grupo de casas térreas de faroleiros e outros edifícios.

Além de ser localizado no ponto mais oriental da região, desde o século XIX o farol serviu para guiar as embarcações para longe da famosa Pedra (ou Parcel) do Campo Bom. Apesar disso, alguns naufrágios chegaram a ocorrer.

Características[editar | editar código-fonte]

No topo de um morro, num pequeno promontório, a 45 metros acima do nível do mar, está localizado o Farol, a maior atração local. Com 29 metros de altura, é um dos mais potentes do Brasil em alcance e serve como guia para os navios que se aproximam do Cabo. No período noturno, a iluminação do Farol chama a atenção.

O seu alcance é de quarenta e seis milhas náuticas (oitenta e cinco quilômetros).

Hiper-radiante de Fresnel[editar | editar código-fonte]

Lente do farol.

Possui uma lente ótica hiper-radiante de Fresnel de 1 330 mm de distancia focal, do construtor francês Barbier & Bénard, a única no Brasil e uma das poucas ainda em funcionamento em todo o mundo. No Brasil existem ainda outras duas óticas deste tipo, mas de ordem inferior, meso-radiantes, de 1 125 mm de distância focal, no Farol de Abrolhos, estado da Bahia, e no Farol da Ilha Rasa, no Rio de Janeiro. Essas duas lentes são as únicas meso-radiais construídas no mundo, que se tenha conhecimento. São maiores que as lentes de 1ª Ordem (920 mm), mas menores que as Hiper-radiantes (1 330 mm).[5]

Balizamento aeronáutico[editar | editar código-fonte]

O Farol de Santa Marta possui um radiofarol não direcional (NDB) para balizamento aeronáutico. Com a frequência de 310 kHz e identificada com a sigla SW (Cabo de Santa Marta) nas cartas aeronáuticas. Faz o balizamento da aerovia W14 ligando as Áreas de Controle Terminal (TMA) de Porto Alegre (POA) e de Florianópolis (FLN).

História[editar | editar código-fonte]

Projetado pela companhia francesa Barbier, Benard, et Turenne, e inaugurado em 11 de junho de 1891, foi erguido com pedra, areia, barro e óleo de baleia.[6]

Informações[editar | editar código-fonte]

  • Aberto ao público: o acesso ao farol é livre;[7] possui tour virtual[8]
  • Outras designações: Farol do Cabo de Santa Marta
  • Estação DGPS
Farol de Santa Marta

Referências

  1. «List of Lights» (em inglês). NGA - National Geospatial-Intelligence Agency. 2009. Consultado em 16 de novembro de 2009 [ligação inativa] 
  2. a b «O Farol de Santa Marta». Capitania dos Portos de Santa Catarina – Marinha do Brasil. Consultado em 10 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2014 
  3. «Conheça o Farol de Santa Marta, em Santa Catarina». TV Brasil. 18 de abril de 2021. Consultado em 11 de outubro de 2022 
  4. «Farol de Santa Marta». Portal Municipal de Turismo de Laguna. Consultado em 11 de outubro de 2022 
  5. «Hyper-Radial Lenses» (em inglês). World Lighthouse Society. 2001. Consultado em 16 de novembro de 2009. Arquivado do original em 3 de março de 2014 
  6. «Sinalização Náutica». Marinha do Brasil. Consultado em 11 de outubro de 2022. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2021 
  7. «Turismo: Farol de Santa Marta está aberto para visitações». Governo de Laguna. 30 de junho de 2022. Consultado em 11 de outubro de 2022 
  8. «Marinha do Brasil integra o projeto Tour 360° em Laguna». Marinha do Brasil. 10 de setembro de 2020. Consultado em 11 de outubro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons