Fatias de Tomar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

As fatias de Tomar são uma sobremesa da doçaria conventual portuguesa originária no Convento de Cristo e como o próprio nome indica são originárias de Tomar. Esta sobremesa é também errôneamente conhecida como fatias da China.

As Fatias de Tomar embebidas na sua calda de açúcar.

A panela que serve para as cozer foi inventada e só se vende na cidade de Tomar, embora também possam ser feitas numa forma que vede bem. A referida panela tem um funil que permite juntar e verificar água do banho-maria sem ser preciso retirar a forma e, sem parar a cozedura, o que iria fazer com que as fatias ficassem enqueijadas. Era a sobremesa favorita dos frades do Convento de Cristo.

Panela Moderna Utilizada para fazer as Fatias de Tomar. Em Aço Inox.

Para as fazer são precisos muitas gemas de ovo, açúcar e água.

Ingredientes[editar | editar código-fonte]

  • 23 gemas de ovos
  • 1 ovo inteiro
  • 1 quilo de açúcar
  • 1 litro de água

Ligações externas[editar | editar código-fonte]