Faxinildo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Faxinildo
Nome completo Marcelino Leite
Nascimento 1967 (49 anos)
Marechal Deodoro,  Alagoas
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação humorista
Página oficial

Marcelino Leite, mais conhecido pelo nome de seu personagem, Faxinildo, (Marechal Deodoro, 26 de março de 1966), é um humorista brasileiro, que atua principalmente em circos, onde apresenta o seu show e comercializa seus DVDs.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Alagoano da cidade de Marechal Deodoro, Marcelino foi criado no meio circense desde os primeiros anos de sua vida, pois seus pais eram donos de um circo[1] [2].

Sua primeira atuação na televisão ocorreu aos 10 anos de idade, na extinta TV Tupi, onde representava um palhaço[2]. Posteriormente, foi contratado pelo circo do Beto Carreiro, onde conheceu humorista Dedé Santana, com quem trabalhou por anos no programa de TV Dedé e o Comando Maluco[2], que lhe serviu como porta de entrada na rede de televisão SBT. Atualmente, Marcelino continua interpretando o Faxinildo no programa do Ratinho[2], mesmo personagem com o qual fez sucesso no programa de Dedé Santana.

No Programa do Ratinho[editar | editar código-fonte]

Faxinildo chegou doente no Ratinho sem voz mas o apresentador não deixou de aceitá-lo. Faxinildo foi fazendo mímicas até recuperar a sua voz. Faxinildo desempenhava o papel de auxiliar de palco e esporadicamente fazia piadinhas durante o programa do Ratinho, interpretando um adulto chato, inconveniente e com retardo intelectual que sonhava pelos 5 minutos de fama[2]. Apesar das indiretas do apresentador Ratinho que demonstrava a inutilidade de sua função no programa, muitas vezes seu personagem era utilizado para amenizar as discussões ocorridas durante a divulgação de resultados de testes de DNA[2][3]. Quando as pessoas começavam a discutir, Faxinildo aparecia no programa servindo tubaína, deixando claro o caráter brega que o programa desejava divulgar. Devido a sua candidatura a vereador nas eleições de 2016 teve que se afastar do programa em cumprimento as leis do Supremo Tribunal Federal, que, enquanto estiver concorrendo à carreira política, não pode aparecer em programas de televisão.

Referências