Federação Brasileira pelo Progresso Feminino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Federação Brasileira pelo Progresso Feminino (FBPF) foi uma organização fundada em 9 de agosto de 1922 em prol dos direitos da mulher, principalmente por iniciativa da líder feminista brasileira Bertha Lutz, e sediada no Rio de Janeiro.[1]

A FBPF foi herdeira da Liga para Emancipação Intelectual da Mulher, criada em 1919, também conhecida simplesmente como Liga pelo Progresso Feminino. Devido à adesão feminina em muitos outros estados brasileiros à epoca, através da fundação de Ligas estaduais, logo a entidade passou a denominar-se Federação das Ligas pelo Progresso Feminino. Só a partir de 1926, após a participação de Bertha Lutz como delegada oficial do Brasil na 1ª Conferência Pan-Americana de Mulheres, em Baltimore, a entidade recebeu a denominação de Federação Brasileira pelo Progresso Feminino.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sobre o voto feminino - Acesso em 25 de fevereiro de 2011.
  2. Sobre a FBPF - Acesso em 25 de fevereiro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Federação Brasileira pelo Progresso Feminino