Federação do Jura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Federação do Jura foi a mais importante e antiautoritária seção anarquista da Primeira Internacional, baseada principalmente nos relojoeiros das montanhas do Jura na Suíça.

A Federação do Jura, junto a outras seções anarquistas, foi expulsa da Primeira Internacional depois do Congresso de Haia (1872).

Os anarquistas na Federação de Jura, como James Guillaume, desempenhariam um papel chave na conversão anarquista de Piotr Kropotkin. Em Memórias de um Revolucionário, Kropotkin escreve:

…as relações igualitárias que encontrei nas montanhas de Jura, a liberdade de ação e pensamento a qual vi se desenvolver entre os trabalhadores, e sua ilimitada devoção pela causa, tocaram fortemente meus sentimentos; e quando tive que deixar as montanhas, depois de permanecer uma semana com os relojeiros, minhas visões do socialismo foram estabelecidas. Eu era um anarquista…

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • La Fédération jurassienne et l’Internationale antiautoritaire, Mémoires d'ici, Centre de recherche et de documentation du Jura bernois, texto integral


Ícone de esboço Este artigo sobre Anarquismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.