Federico Lombardi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Federico Lombardi, S.J.
Presbítero da Igreja Católica
Diretor Emérito da Sala de Imprensa da Santa Sé
Presidente da Fundação Vaticana Joseph Ratzinger - Bento XVI
Hierarquia
Papa Francisco
Congregação Pe. Arturo Sosa Abascal, S.J.
Atividade Eclesiástica
Congregação Companhia de Jesus
Diocese Diocese de Roma
Nomeação 11 de julho de 2006
Predecessor Joaquín Navarro-Valls
Sucessor Greg Burke
Mandato 2006 - 2016
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 1972
Dados pessoais
Nascimento Saluzzo
29 de agosto de 1942 (75 anos)
Nacionalidade espanhol
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Federico Lombardi

Federico Lombardi, S.J. (Saluzzo, 20 de agosto de 1942), é um sacerdote jesuíta, presbítero e teólogo italiano. Foi Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, de 2006 a 2016,[1] e em 1 de agosto de 2016 foi nomeado, pelo Papa Francisco, presidente da Fundação Vaticana Joseph Ratzinger - Bento XVI.[2]

Estudou Matemática e Teologia na Alemanha e foi colaborador da revista dos jesuítas La Civiltà Cattolica. Em 1984 foi eleito Provincial dos jesuítas na Itália, cargo que exerceu até 1990, quando se tornou diretor de programas e depois, diretor geral da Radio Vaticana.

Foi de 2001 a 2013 diretor geral do CTV (Centro Televisivo do Vaticano). Sendo substituído pelo Monsenhor Dario Edoardo Viganó.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.