Federico Valverde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Federico Valverde
Informações pessoais
Nome completo Federico Santiago Valverde Dipetta
Data de nasc. 22 de julho de 1998 (22 anos)
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Nacionalidade uruguaio
Altura 1,81 m
destro
Apelido Fede
El Pájaro
Informações profissionais
Clube atual Real Madrid
Número 15
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
2012–2015 Peñarol
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2015–2016
2016–2017
2017–
2017–2018
Peñarol
Real Madrid Castilla
Real Madrid
La Coruña (emp.)
0013 000(0)
0030 000(3)
0069 000(3)
0025 000(0)
Seleção nacional3
2012–2013
2014–2015
2015
2015–2017
2017–
Uruguai Sub-15
Uruguai Sub-17
Uruguai Sub-18
Uruguai Sub-20
Uruguai
0025 000(7)
0024 00(11)
0007 000(3)
0015 000(2)
0020 000(2)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 7 de agosto de 2020.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de novembro de 2019.

Federico Santiago Valverde Dipetta mais conhecido como Fede Valverde ou simplesmente Valverde (Montevidéu, 22 de julho de 1998) é um futebolista uruguaio que atua como meio-campista. Atualmente joga no Real Madrid.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Peñarol[editar | editar código-fonte]

Estreou no dia 16 de agosto de 2015, na vitória por 3 a 0 sobre o Cerro no Estádio Centenário.[1] Valverde foi titular com 17 anos e 22 dias, e jogou com a camisa de número 16.

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Após se destacar no Peñarol, foi anunciado como novo reforço do Real Madrid no dia 4 de setembro de 2015.[2] Inicialmente chegou como reforço do time B, o Real Madrid Castilla, e depois foi emprestado ao La Coruña.

Fez uma boa temporada 2018–19 pelo Real, sendo reserva na maioria dos jogos. Depois de um bom início na temporada 2019–20, onde passou a ser titular em setembro, na vitória sobre o Osasuna, teve o seu contrato renovado no dia 28 de novembro de 2019.Vive seu melhor momento da carreira.[3]

Disputou seu primeiro El Clássico no dia 18 de dezembro, teve grande atuação e foi eleito o melhor em campo no 0 a 0 realizado no Camp Nou.[4]

Em 12 de abril, foi um dos protagonistas do Real Madrid na conquista da Supercopa da Espanha de 2019–20 em cima do rival Atlético, aos nove minutos do segundo tempo da prorrogação, Valverde para Morata que estava cara a cara com o goleiro, com um carrinho violento, é expulso, mas vê a sua equipe sendo campeã e ainda foi eleito o melhor jogador da final.[5]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 19 de julho de 2020.[6]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Peñarol 2015–16 12 0 1 0 13 0
Total 12 0 1 0 13 0
Real Madrid Castilla 2016–17 30 3 30 3
Total 30 3 30 3
Real Madrid 2017–18 0 0 0 0 0 0
2018–19 16 0 5 0 4 0 25 0
2019–20 33 3 5 0 6 0 44 3
Total 49 3 10 0 10 0 69 3
La Coruña 2017–18 24 0 1 0 25 0
Total 24 0 1 0 25 0
Total na carreira 115 6 11 0 11 0 137 6

Seleção Uruguaia[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 18 de novembro de 2019.

Seleção Uruguaia

Títulos[editar | editar código-fonte]

Peñarol
Real Madrid

Seleção Uruguaia[editar | editar código-fonte]

  • Torneio Limoges Sub-18 2014
Outros

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Peñarol primera sonrisa con goles, 3:0». Tenfield. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  2. «Real Madrid acerta com promessa do futebol uruguaio». Terra. 4 de setembro de 2015. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  3. «Joia do Real Madrid, Valverde renova até 2025 com cláusula estratosférica». UOL Esporte. 28 de novembro de 2019. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  4. Leandro Stein (18 de dezembro de 2019). «O clássico serviu para reafirmar a personalidade de Federico Valverde no meio-campo do Real Madrid». Trivela. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  5. «Carrinho violento que ajudou título do Real rende elogio de Simeone ao uruguaio Valverde» 
  6. «Perfil de F. Valverde». Soccerway. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  7. «Next Generation 2015: 50 of the best young talents in world football». The Guardian. 7 de outubro de 2015 
  8. «FourFourTwo's 100 Best Teenagers in the World 2017: 60-51». FourFourTwo 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]