Fedir Sergeev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fedir Sergeev
Nascimento 19 de março de 1883
Morte 24 de julho de 1921 (38 anos)
Sepultamento necrópole da Muralha do Kremlin
Cidadania Império Russo, República Russa, República Socialista Federativa Soviética Russa
Alma mater Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscou
Ocupação estadista, político

Fedir Andriovitch Sergeev (em ucraniano: Федір Андрійович Сергєєв; em russo: Фёдор Андре́евич Серге́ев) (19 de março de 1883 - 24 de julho de 1921), também conhecido como Artiom (Артём), foi um revolucionário ucraniano, político soviético, agitador e jornalista.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Artiom nasceu na vila de Glebovo, na gubernia de Kursk, no seio de uma família camponesa. Em 1901, graduou-se no Colégio Real de Ekaterinoslav. Assistiu a aulas no Colégio Técnico Superior de Moscovo, mas foi expulso após participar num grande protesto de estudantes no cámpus.

Em 1902 aderiu ao Partido Operário Social-Democrata Russo (POSDR), situando-se posteriormente do lado da fação bolchevique. Como revolucionário, foi um importante agitador nas regiões de Ekaterinoslav, Kursk e os Montes Urais.

Foi eleito presidente do Sovnarkom da República Socialista Soviética de Donetsk-Krivoi Rog pelos sovietes que a conformaram. Porém, essa república não foi reconhecida pelo poder soviético nem na Rússia nem na Ucrânia, nem por nenhum outro Estado. Contudo, as suas ações asseguraram a nacionalização da importante indústria mineira das bacias de Krivoi Rog e do Donbass.

Outros artigos[editar | editar código-fonte]