Feijão branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Feijão branco
Phaseolus vulgaris white beans, witte boon.jpg
Valor nutricional por 100 g (3,53 oz)
Energia 1468 kJ (350 kcal)
Carboidratos
Carboidratos totais 60.75 g
 • Açúcares 3.88 g
 • Fibra dietética 24.4 g
Gorduras
Gorduras totais 1.5 g
Proteínas
Proteínas totais 22.33 g
Percentuais são relativos ao nível de ingestão diária recomendada para adultos.
Fonte: USDA Nutrient Database

O feijão branco é uma variedade de feijão (Phaseolus vulgaris) nativo da América, onde ele foi domesticado.[1] Tem um formato oval, ligeiramente achatado. Diferente da maioria dos vegetais enlatados, que perdem muito de seu valor nutritivo no processo de enlatagem, os feijões brancos mantêm seu valor nutritivo quando enlatados.[2]

História[editar | editar código-fonte]

O nome "Navy Bean" (feijão da marinha) é um termo estadunidense cunhado porque a Marinha dos EUA tem servido o feijão como um de seus principais suprimentos para seus marinheiros desde meados do século XIX.[3]

Na Austrália, a produção de Navy Bean começou na Segunda Guerra Mundial, quando tornou-se necessário encontrar uma forma econômica de fornecer uma comida nutritiva para as muitas tropas - especialmente a estadunidense - que tinham base em Queensland. As forças armadas dos Estados Unidos mantinham uma grande base em Kingaroy e tinha muitas bases e acampamentos a sudoeste de Queensland. Elas ativamente encorajaram a ampliada plantação de feijões.[4] Kingaroy é conhecida como a Capital Australiana do Feijão Assado.[5] Outro nome popular para o feijão durante esta época era o "feijão Yankee".[6]

Estocagem e segurança[editar | editar código-fonte]

Feijões brancos secos enlatados mantêm-se frescos por mais tempos se armazenados em uma despensa ou outro lugar escuro a menos de 24ºC. Evite feijões que tenham perdido sua cor branca pura, pois podem ter sido mal-manuseados durante a secagem.[7]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Paul Gepts (dezembro de 1998). «Origin and evolution of common bean: past events and recent trends» (PDF). HortScience. 33 (7): 1124–1130 
  2. http://www.tarladalal.com/glossary-haricot-beans-708i
  3. «History». Bean Growers Australia (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2017 
  4. «History». Bean Growers Australia (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2017 
  5. «History». Bean Growers Australia (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2017 
  6. «History». Bean Growers Australia (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2017 
  7. «How Long Do Beans Last?». Consultado em 23 de novembro de 2014