Felipe Camargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Felipe Camargo
Nome completo Luiz Felipe de Camargo e Almeida Neto
Nascimento 1 de agosto de 1960 (57 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Ocupação ator
Atividade 1986-presente
IMDb: (inglês)

Luiz Felipe de Camargo e Almeida Neto (Rio de Janeiro, 1 de agosto de 1960) é um ator brasileiro. Irmão do ator Eduardo Baldo e primo do ator Jorge Pontual.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

No início de sua carreira participou de várias peças teatrais incluindo Capitães de Areia.

Despontou para a fama ao protagonizar a clássica minissérie Anos dourados (1986), de Gilberto Braga, em que fez o protagonista e par romântico com Malu Mader. Em seguida, foi o protagonista da novela Mandala, de Dias Gomes e Marcílio Moraes quando conheceu e se apaixonou por Vera Fischer, sua companheira durante oito anos, em um casamento destacado por brigas e desentendimentos notórios.

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

A década de 1990 foi marcada por um período de ostracismo em sua carreira. Além do seu envolvimento com as drogas e o casamento conturbado com Vera, envolveu-se em um acidente no qual o jovem Agostinho Dias Carneiro Júnior, de 21 anos, veio a falecer.[1]

Separação[editar | editar código-fonte]

Com a separação da atriz Vera Fischer, iniciou-se uma árdua batalha judicial pela guarda do filho do casal. Felipe, recuperado da dependência química, conseguiu legalmente a tutela de Gabriel, que já morava com o pai desde os quatro anos de idade, a partir de 1997.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Participou de Andando nas Nuvens, de Euclydes Marinho, Um Anjo Caiu do Céu, de Antonio Calmon, Senhora do Destino, de Aguinaldo Silva, A Padroeira e Alma Gêmea, ambas de Walcyr Carrasco e Cobras & Lagartos, de João Emanuel Carneiro.

Em 1993 tentou a carreira de cantor gravando duas músicas e se apresentando em alguns programas, mas depois desistiu voltando à sua antiga profissão.

É adepto do Espiritismo (razão pela qual foi escolhido para ser o médico espiritual Dr. Julian Enke em Alma Gêmea) e primo do também ator Jorge Pontual.

Tem como hobbie a fotografia. 'Tenho muito mais prazer em fotografar do que ser fotografado' declarou o ator em 2010.

Em 2006, deixou a Rede Globo para protagonizar Paixões Proibidas, telenovela de época da Rede Bandeirantes, onde interpretou o pirata Alberto.

Em 2013 fez o personagem Ronaldo Boscoli em Elis, a musical.

Retomada[editar | editar código-fonte]

Trabalhando apenas no teatro, o carioca preparava-se para viajar aos Estados Unidos.

Nesse momento, recebeu uma ligação do cineasta Fernando Meirelles, por quem foi convidado a protagonizar a minissérie Som & Fúria, uma parceria da Globo com a O2 Filmes. A atração é vista como a grande retomada de sua carreira. Da mesma maneira que estreou na TV, com um protagonista na Globo, Felipe ressurge a mídia, com destaque e em grande estilo.

Protagonizou ao lado de Vivianne Pasmanter e Grazi Massafera a novela Tempos Modernos, de Bosco Brasil, e em 2011 esteve no sucesso Cordel Encantado ganhando destaque como o misterioso Duque Petrus.

Em 2012 interpretou o cético médico Gabriel, na novela das seis Amor Eterno Amor e, em 2013 interpretou na trama das sete Sangue Bom, o frustrado artista plástico Péracio, par romântico da garçonete Rosemere (Malu Mader), revivendo a antiga parceira com a atriz iniciada na minissérie Anos Dourados.[2][3] Em 2014 integra o elenco de Malhação, onde vive um triângulo amoroso com Patrícia França e Daniele Suzuki. Em 2015 co-protagoniza a novela Além do Tempo, dando vida ao personagem Bernardo e fazendo par romântico com Ana Beatriz Nogueira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
2017 Novo Mundo José Bonifácio de Andrada e Silva Rede Globo
2016 Segredos de Justiça Carlos (Eps: "Um Dia de Cada Vez")
2015 Além do Tempo Bernardo Castellini
Bernardo Boldrin
2014 Malhação Marcelo Ramos
2013 Sangue Bom Perácio Fernão Pais
2012 Louco por Elas Salomão Tajes[4]
Amor Eterno Amor Gabriel Allende
2011 Cordel Encantado Petrus de Seráfia do Norte (Infante Petrus/Duque Petrus)
2010 Tempos Modernos Vinícius Porto de Mello (Portinho)
2009 Som & Fúria Dante Viana
2006 Paixões Proibidas Alberto de Miranda (Leopoldo de Saavedra) Rede Bandeirantes
Cobras & Lagartos Antônio Carlos Barata da Silva (Sidney) Rede Globo
Filhos do Carnaval Anésio Gebara (Anesinho) HBO Brasil
2005 Alma Gêmea Julian Enke (Dr. Julian) Rede Globo
2004 Senhora do Destino Edmundo Cantareira
2004 Carga Pesada Sebastião
2001 A Padroeira Tomé de Freitas (Frei Tomé)
Um Anjo Caiu do Céu Josué Arantes
1999 Malhação Adalberto de Medeiros (Professor Beto)
Andando nas Nuvens Roberto Lacerda (Bob Lacerda)
1998 Corpo Dourado Tadeu dos Santos
1995 A Idade da Loba Otávio Vilar Muniz Rede Bandeirantes
1994 Pátria Minha Inácio Fonseca Rede Globo
1992 Despedida de Solteiro João Marcos Batista Barbosa
1989 O Sexo dos Anjos Adriano Fagundes Carvalho
1987 Mandala Édipo Junqueira
1986 Roda de Fogo Pedro Garcez Villar
Anos Dourados Marcos Cantanhede

Cinema[editar | editar código-fonte]

Web[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://epoca.globo.com/edic/19991011/brasil5b.htm  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. Rede Globo (8 de março de 2013). «Sangue Bom: Malu Mader e Felipe Camargo revivem antiga parceria». Rede Globo > sangue bom. Consultado em 13 de julho de 2014 
  3. Rede Globo (6 de março de 2013). «Sangue Bom: Dennis Carvalho dirige Felipe Camargo na Liberdade, em SP». Rede Globo > sangue bom. Consultado em 13 de julho de 2014 
  4. Gshow (4 de dezembro de 2012). «Fiuk, ciúmes e mentirinhas: Léo enfrenta ex-rival e atrapalha namoro de Giovana». O Programa - Louco por Elas. Consultado em 13 de julho de 2014 
  5. Globo Filmes. «Filmes>Boa Sorte>Elenco». Consultado em 1 de fevereiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]