Felipe Castanhari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Felipe Castanhari
Nostalgia Gamer- A paixão que nunca morre (8434962717).jpg
Nome completo Felipe Mendes Castanhari
Nascimento 20 de dezembro de 1989 (27 anos)
Osasco, São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Ocupação youtuber e designer gráfico
Principais trabalhos Canal Nostalgia
Informações da Internet
Servidor(es) YouTube
Anos ativos 2011—presente
Influência(s) PC Siqueira
Website Canal de Felipe Castanhari no YouTube
YouTube Silver Play Button 2.svg 100 mil inscritos
(2013)
YouTube Gold Play Button 2.svg 1 milhão de
inscritos (2014)

Felipe Mendes Castanhari (Osasco, 20 de dezembro de 1989[1]) é um vlogger, comediante, designer gráfico e blogueiro brasileiro conhecido por apresentar o Canal Nostalgia.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

O Canal Nostalgia começou no final de 2011. Felipe um dia resolveu buscar produções sobre referências culturais da sua infância. No início, o resultado foi frustrante. À época, Castanhari trabalhava como animador 3D, e tinha estabilidade financeira. O que foi um incentivo para ele investir no seu negócio próprio. Se as coisas não saíssem como o planejado, ele poderia facilmente voltar ao emprego antigo.[2]

O primeiro vídeo do canal foi gravado com uma câmera emprestada de uma amiga e teve o quarto de Felipe como fundo. O sucesso não veio imediatamente, os primeiros vídeos não passaram das mil visualizações. O primeiro vídeo do canal a fazer sucesso foi o que falava sobre a TV CRUJ, sucesso no início dos anos 2000, que atingiu mais de cinquenta mil visualizações.[2]

O crescimento avançou e o Canal Nostalgia conseguiu alcançar um público de forma espontânea, chegando a aparecer como destaque na página inicial da plataforma. A partir do quinto vídeo, Castanhari aumentou sua equipe, tornando-se sócio do roteirista Fábio de Almeida, que passou a ajudar tanto na produção dos vídeos quanto na administração da marca. A partir daí, os dois organizaram um plano de negócios e foram aos poucos aumentando sua popularidade.[2]

No total, há uma equipe com 12 pessoas trabalhando no canal. Cada vídeo têm, em média, mais de um milhão de visualizações.[2]

Em 2016, Felipe Castanhari foi eleito pela Forbes Brasil um dos 30 jovens mais promissores do país.[1][3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel Ref
2017 Internet — O Filme Mateus [4]

Referências

  1. a b c «Felipe Castanhari - confira a biografia, notícias e últimas fotos». Pure Break. Consultado em 9 de março de 2017 
  2. a b c d Priscila Zuini; Gabriel Lellis (14 de abril de 2015). «Jovem mostra que é possível ganhar dinheiro com vídeos na internet» (html). Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios. Consultado em 9 de março de 2016 
  3. Beatrice Teizen; Cintia Esteves; Isabela Barbosa; Lucas Borges Teixeira; Marcos Sergio Silva; Rodrigo Amaral da Rocha (3 de março de 2016). «30 jovens mais promissores do Brasil abaixo dos 30 anos». Forbes. Consultado em 9 de março de 2017 
  4. Carol Prado (23 de fevereiro de 2017). «Na estreia de 'Internet - O filme', youtubers relembram primórdios da web» (ghtml). globo.com. Consultado em 9 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]