Felipe Cunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Felipe Cunha
Nome completo Felipe Cunha
Nascimento 8 de agosto de 1987 (31 anos)
Araçuaí, MG
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Ator
Atividade 2012–presente

Felipe Cunha (Araçuaí, 8 de agosto de 1987) é um ator brasileiro. Entre 2005 e 2014, seguiu a carreira militar como soldado no Exército Brasileiro.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 2005, aos dezoito anos, Felipe ingressou no Exército Brasileiro, visando seguir a carreira militar.[1] Em 2012, foi convidado por um produtor para participar de um concurso de beleza.[2] Após o trabalho, Felipe se interessou pela carreira artística e começou a estudar teatro, estreando na remontagem da peça Acredite, um Espírito Baixou em Mim.[3] Em 2014 decidiu deixar a carreira militar e mudou-se para o Rio de Janeiro para focar na carreira como ator.[3] Nesse ano, protagonizou o espetáculo Feliz por Nada.[4] Em 2014, estrelou a peça infantil A Bailarina e o Mágico e a remontagem de As Sereias da Zona Sul, de Miguel Falabella.[5][6]

No mesmo ano, durante o curso de teatro na Escola ArtFiore, foi convidado pela produtora de elenco da RecordTV, Mônica Teixeira, para realizar um teste para a telenovela Vitória, o qual passou e integrou o elenco como o médico Erick, que tratava o Alzheimer da personagem de Lucinha Lins.[3] Nos dois anos seguintes, continuou com a peça As Sereias da Zona Sul e realizou diversas participações em Milagres de Jesus, Malhação, A Regra do Jogo, Totalmente Demais e Os Dez Mandamentos.[7] Em 2016 interpretou o soldado Tarik em A Terra Prometida e protagonizou a peça Última Vida de um Gato ao lado de Dedé Santana.[8] Em 2018, devido ao destaque no teatro, assinou contrato com a RecordTV e integrou a minissérie Lia como o violento Eliabe, que abusava sexualmente da serva Zilpa.[9] No mesmo ano, interpretou um dos papéis principais na novela Jesus, o jovem Jairo, que mantém um caso extraconjugal com Laila, esposa de seu melhor amigo.[10]

Em 2019, foi anunciado como protagonista de Topíssima, interpretando o rústico Antônio, o líder comunitário de uma favela se apaixona por Sofia, uma moça sofisticada, independente e que luta pelo direito das mulheres, completamente seu oposto.[11]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
2014 Vitória Dr. Erick Teixeira
2015 Milagres de Jesus Ismael Episódio: "A Mulher Samaritana"
2015 Malhação Andrei Episódio: "13 de junho"
2015 A Regra do Jogo Cabo Estevão Episódio: "31 de agosto"
2015 Totalmente Demais Cristiano Episódio: "2 de dezembro"
2016 Os Dez Mandamentos Jonas Episódio: "4 de abril"
2016 A Terra Prometida Tarik
2017 Apocalipse Adriano Montana (jovem) Episódios: "21–30 de novembro"
2018 Lia Eliabe
2018 Jesus Jairo
2019 Topíssima Antônio Ramos Gonçalves

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2013 1/4 Eu e Vários Outros[12] William

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2012–13 Acredite, um Espírito Baixou em Mim[13] Lucas
2014 Feliz por Nada[14] Joca
2014 A Bailarina e o Mágico[15] Mágico
2014–15 As Sereias da Zona Sul[16] Hildinha
2016–17 Última Vida de um Gato[17] Santiago

Referências

  1. a b «Ator de Araçuai ganha destaque em novela da Record». Gazeta de Aracauí. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  2. «Representante de Alagoas é eleito o rapaz mais bonito dos rodeios». UOL. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  3. a b c «Felipe Cunha larga Exército, muda-se para o Rio e ganha destaque na reta final de 'Vitória'». Yahoo!. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  4. «Peça 'Feliz por Nada' com Cristiana Oliveira é atração em Bauru». G1. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  5. «Espetáculo infantil "A Bailarina e o Mágico" tem apresentação única em Vinhedo». Campinas.com. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  6. «'Mais meia hora, nascia gay', diz Sidney Sampaio sobre nova peça». A Crítica. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  7. «Felipe Cunha defende seu personagem em Apocalipse: "Ele quer aproveitar a vida sem medir as consequências"». Observatório da Televisão. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  8. «A Última Vida de Um Gato - Dedé Santana e Felipe Cunha». Teatro Pedro Ivo. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  9. «'Lia': conheça a história e confira quem é quem na série bíblica da Record». Pure People. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  10. «Jesus: sofrendo com a indiferença do marido, Laila beija Jairo». Observatório da Televisão. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  11. «Felipe Cunha será protagonista de Topíssima, nova novela da Record TV». Observatório da Televisão. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  12. «A quebrada faz cinema». ONG Contato. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  13. «Comédias lideram o ranking das peças mais assistidas na Campanha de Popularização do Teatro e da Dança». UAI. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  14. «Espetáculo teatral 'Feliz por Nada' trata da amizade». Correio. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  15. «Espetáculo infantil "A Bailarina e o Mágico" tem estreia nacional no fim de semana, em Joinville». Globo. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  16. «Mulher no teatro, Sidney Sampaio dispara: 'Mais meia hora, nascia gay'». Globo. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  17. «Trapalhão volta aos palcos com ator de Araçuai, em a Última Vida de um Gato». Gazeta de Aracuaí. Consultado em 5 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]