Felipe Cunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Felipe Cunha
Nome completo Felipe Cunha
Nascimento 16 de agosto de 1986 (33 anos)
Araçuaí, MG
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Ator
Atividade 2012–presente

Felipe Cunha (Araçuaí, 16 de agosto de 1986) é um ator brasileiro. Entre 2005 e 2014, seguiu a carreira militar como soldado no Exército Brasileiro.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 2005, aos dezoito anos, Felipe ingressou no Exército Brasileiro, visando seguir a carreira militar.[1] Em 2012, foi convidado por um produtor para participar de um concurso de beleza.[2] Após o trabalho, Felipe se interessou pela carreira artística e começou a estudar teatro, estreando na remontagem da peça Acredite, um Espírito Baixou em Mim.[3] Em 2014 decidiu deixar a carreira militar e mudou-se para o Rio de Janeiro para focar na carreira como ator.[3] Nesse ano, protagonizou o espetáculo Feliz por Nada.[4] Em 2014, estrelou a peça infantil A Bailarina e o Mágico e a remontagem de As Sereias da Zona Sul, de Miguel Falabella.[5][6]

No mesmo ano, durante o curso de teatro na Escola ArtFiore, foi convidado pela produtora de elenco da RecordTV, Mônica Teixeira, para realizar um teste para a telenovela Vitória, o qual passou e integrou o elenco como o médico Erick, que tratava o Alzheimer da personagem de Lucinha Lins.[3] Nos dois anos seguintes, continuou com a peça As Sereias da Zona Sul e realizou diversas participações em Milagres de Jesus, Malhação, A Regra do Jogo, Totalmente Demais e Os Dez Mandamentos.[7] Em 2016 interpretou o soldado Tarik em A Terra Prometida e protagonizou a peça Última Vida de um Gato ao lado de Dedé Santana.[8] Em 2018, devido ao destaque no teatro, assinou contrato com a RecordTV e integrou a minissérie Lia como o violento Eliabe, que abusava sexualmente da serva Zilpa.[9] No mesmo ano, interpretou um dos papéis principais na novela Jesus, o jovem Jairo, que mantém um caso extraconjugal com Laila, esposa de seu melhor amigo.[10]

Em 2019, foi anunciado como protagonista de Topíssima, interpretando o rústico Antônio, o líder comunitário de uma favela se apaixona por Sofia, uma moça sofisticada, independente e que luta pelo direito das mulheres, completamente seu oposto.[11]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
2014 Vitória Dr. Erick Teixeira
2015 Milagres de Jesus Ismael Episódio: "A Mulher Samaritana"
2015 Malhação Andrei Episódio: "13 de junho"
2015 A Regra do Jogo Estevão Episódio: "31 de agosto"
2015 Totalmente Demais Cristiano Episódio: "2 de dezembro"
2016 Os Dez Mandamentos Jonas Episódio: "4 de abril"
2016 A Terra Prometida Tarik
2017 Apocalipse Adriano Montana (jovem) Episódios: "21–30 de novembro"
2018 Lia Eliabe
2018 Jesus Jairo
2019 Topíssima Antônio Ramos Gonçalves

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2013 1/4 Eu e Vários Outros[12] William

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2012–13 Acredite, um Espírito Baixou em Mim[13] Lucas
2014 Feliz por Nada[14] Joca
2014 A Bailarina e o Mágico[15] Mágico
2014–15 As Sereias da Zona Sul[16] Hildinha
2016–17 Última Vida de um Gato[17] Santiago

Referências

  1. a b «Ator de Araçuai ganha destaque em novela da Record». Gazeta de Aracauí. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  2. «Representante de Alagoas é eleito o rapaz mais bonito dos rodeios». UOL. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  3. a b c «Felipe Cunha larga Exército, muda-se para o Rio e ganha destaque na reta final de 'Vitória'». Yahoo!. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  4. «Peça 'Feliz por Nada' com Cristiana Oliveira é atração em Bauru». G1. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  5. «Espetáculo infantil "A Bailarina e o Mágico" tem apresentação única em Vinhedo». Campinas.com. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  6. «'Mais meia hora, nascia gay', diz Sidney Sampaio sobre nova peça». A Crítica. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  7. «Felipe Cunha defende seu personagem em Apocalipse: "Ele quer aproveitar a vida sem medir as consequências"». Observatório da Televisão. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  8. «A Última Vida de Um Gato - Dedé Santana e Felipe Cunha». Teatro Pedro Ivo. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  9. «'Lia': conheça a história e confira quem é quem na série bíblica da Record». Pure People. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  10. «Jesus: sofrendo com a indiferença do marido, Laila beija Jairo». Observatório da Televisão. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  11. «Felipe Cunha será protagonista de Topíssima, nova novela da Record TV». Observatório da Televisão. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  12. «A quebrada faz cinema». ONG Contato. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  13. «Comédias lideram o ranking das peças mais assistidas na Campanha de Popularização do Teatro e da Dança». UAI. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  14. «Espetáculo teatral 'Feliz por Nada' trata da amizade». Correio. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  15. «Espetáculo infantil "A Bailarina e o Mágico" tem estreia nacional no fim de semana, em Joinville». Globo. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  16. «Mulher no teatro, Sidney Sampaio dispara: 'Mais meia hora, nascia gay'». Globo. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  17. «Trapalhão volta aos palcos com ator de Araçuai, em a Última Vida de um Gato». Gazeta de Aracuaí. Consultado em 5 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]