Felix Browder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Felix Browder
Nascimento 31 de julho de 1927
Moscou, Rússia
Morte 10 de dezembro de 2016 (89 anos)
Princeton, Nova Jérsei, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Prêmios Medalha Nacional de Ciências (1999)
Orientador(es) Solomon Lefschetz e Witold Hurewicz
Orientado(s) Richard Beals
Campo(s) Matemática
Tese 1948: The Topological Fixed Point Theory and Its Applications in Functional Analysis

Felix Earl Browder (Moscou, 31 de julho de 192710 de dezembro de 2016) foi um matemático estadunidense.

Felix Browder obteve seu doutorado na Universidade de Princeton em 1948, e foi professor de matemática na Universidade de Rutgers. Browder recebeu em 1999 a Medalha Nacional de Ciências.[1] Também foi o presidente da American Mathematical Society de 1999 até 2000. Morreu em 10 de dezembro de 2016, aos 89 anos.[2]

Felix E. Browder visitou o Rio de Janeiro, pela primeira vez, em 1961, a convite de Barros Neto e Leopoldo Nachbin como visitante do IMPA. Daí em diante estabeleceu um relacionamento científico com matemáticos brasileiros orientando vários estudantes para obtenção do doutorado, quando trabalhava na Yale University e posteriormente na Universidade de Chicago. Nesta época criava a teoria dos operadores monótonos. Veja: Felix E. Browder – Problèmes Non-Linèaires – Univ. MontReal, 1966. Esteve várias vezes no Rio de Janeiro a convite de seus alunos, professores que fizeram doutorado sob sua orientação em Yale e Chicago.

Referências

  1. National Science Foundation - The President's National Medal of Science
  2. Matt Schudel (15 de dezembro de 2016). «Felix Browder, mathematician shadowed by his father's life as a Communist, dies at 89» (em inglês). The Washington Post. Consultado em 15 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.