Ferdinand Foch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ferdinand Foch
General Foch em 1921
Nascimento 2 de outubro de 1851
Tarbes, França
Morte 20 de março de 1929 (77 anos)
Paris, França
Nacionalidade França francesa
Ocupação Militar

Ferdinand Foch PCTE (Tarbes, 2 de outubro de 1851Paris, 20 de março de 1929) foi um militar francês.

Comandou as forças da Tríplice Entente ou dos Aliados em 1914 de uma forma decisiva, levando à vitória do Marne. Dirigiu com êxito operações na Flandres; como adjunto de Joseph Joffre, coordenou as operações dos exércitos franceses, belgas e britânicos. Em 1917 assumiu o cargo de chefe de Estado-Maior do Exército Francês e em 1918 somou mais uma vitória ao conseguir ganhar a Segunda Batalha do Marne.

A 30 de Novembro de 1918 foi agraciado com a 1.ª Classe da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito de Portugal.[1]

Um grande admirador de sua pessoa foi, Winston Churchill se referia a ele com grande respeito, levando em consideração sua perspicácia em relação ao Tratado de Versalhes, dizendo que a paz duraria somente 20 anos. Sua afirmação foi certa, pois, 2 meses depois do tratado completar 20 anos, Adolf Hitler inicia a Invasão da Polônia, dando início a Segunda Guerra Mundial.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Os princípios da Guerra (Les Principes de la Guerre)- 1903.
  • A Condução da Guerra (La Conduite de la Guerre) - 1905.
  • Memória para uso na História da Guerra de 1914 a 1918 (Mémoire pour servir à l'Histoire de la Guerre 1914-1918) - obra póstuma - 1931.


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ferdinand Foch
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. "Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas". Resultado da busca de "Ferdinand Foch". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 2015-04-16.