Fernand Pelloutier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Fernand Pelloutier (1 de outubro de 1867, Paris[1] - 13 de março de 1901, Sèvres) foi um anarcossindicalista francês. Foi líder das Bourses du Travail, importante união sindical francesa, desde 1895 até a sua morte em 191. Em 1902, as Bourses du Travail integraram-se à Confédération Générale du Travail.

Fora da França, as ideias de Pelloutier foram importantes para o desenvolvimento do sindicalismo revolucionário, em especial na Argentina e na Itália. Pelloutier foi a principal influência de Georges Sorel. Faleceu em março de 1901,[2] devido à sua tuberculose.[3]

Referências

  1. Nettlau 1932, p. 24.
  2. Nettlau 1932, p. 26.
  3. Nettlau 1932, p. 27.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Nettlau, Max (dezembro de 1932). «Fernando Pelloutier y el sindicalismo». Valência. Orto (10): 24-29 
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um anarquista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.