Fernando Pinto Loureiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Fernando Correia Pinto Loureiro (Coimbra, 8 de Janeiro de 1917 – ?) foi um economista português.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filho do Jurisconsulto José Pinto Loureiro[1] e de sua mulher Elisa Ferraz Correia.[2]

Cursou a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, onde se licenciou em Ciências Jurídicas em 1940 e em Ciências Político-Económicas em 1941.[1]

Quando quartanista de Direito, ganhou a Medalha de Honra da Secção de Direito nos Jogos Florais Universitários promovidos pela Associação Académica de Coimbra.[1]

Tomou parte nos trabalhos do Congresso Luso-Espanhol do Progresso das Ciências, reunido no Porto em 1942.[1]

Em 1950 era Professor Assistente da cadeira de Economia Política e Finanças na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.[1]

Foi Sócio do Instituto de Coimbra, Membro do Centro de Estudos Económicos do Instituto Nacional de Estatística e Diretor do Centro de Estudos para Formação Social da Sociedade de Defesa e Propaganda de Coimbra.[1]

Colaborou nas revistas "O Instituto: Revista científica e literária", "Brasília", "Arquivo Coimbrão", "Vértice", "Sol Nascente", "Informação Literária" e "Boletim da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra", de Coimbra, e "O Diabo" e "Seara Nova", de Lisboa.[1]

Publicou[1]:

Referências

  1. a b c d e f g h i Vários. Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. [S.l.]: Editorial Enciclopédia. pp. Volume 21. 844 
  2. Quem é Alguém. [S.l.]: Portugália Editora, L.da. Lisboa, 1947. 426  Verifique data em: |ano= (ajuda)