Fernando São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fernando São Paulo
Nome completo Fernando José de São Paulo
Nascimento 30 de maio de 1887
Santa Bárbara, BA
Morte 1973 (86 anos)
Salvador, BA
Nacionalidade Brasil brasileiro
Ocupação Médico
Professor
Folclorista

Fernando José de São Paulo (Santa Bárbara, 30 de maio de 1887 - Salvador, 1973) foi um médico, professor e folclorista brasileiro .

Concluiu seus estudos de medicina na Faculdade de Medicina da Bahia, com a tese A Vida Sexual dos Condemnados, defendida em 1909.[1]

Professor catedrático de Terapêutica Clínica da Faculdade de Medicina da Bahia, trabalhou no Hospital Santa Isabel e em outros hospitais de Salvador. Membro da Comissão Baiana de Folclore, Fernando São Paulo, além de trabalhos médicos, escreveu o antológico Linguagem médica popular no Brasil, obra pioneira que ainda hoje é referência em Antropologia Médica.[2][3]

Foi um dos fundadores do Instituto Baiano de História da Medicina, em 27 de novembro de 1946, ocupando a cadeira nº1.[4]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. A Vida Sexual dos Condemnados. Tese. Cadeira de Hygiene. Salvador: Faculdade de Medicina da Bahia, 30 de outubro de 1909. Conforme Memórias da Medicina. Catálogo de teses de Medicina do Brasil (1841-1948). Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2000.
  2. Linguagem médica popular no Brasil; 2v. Salvador. Editora Itapuã, 1970. 384 p.
  3. «Dicionário de Folcloristas Brasileiros». Consultado em 20 de março de 2008. Arquivado do original em 13 de abril de 2008 
  4. História do IBHM

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.