Fernando Zarif

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Fernando Zarif (2 de abril de 1960 - 24 de dezembro de 2010) foi um artista plástico e compositor brasileiro.

Importante artista paulistano, era graduado em arquitetura, fotografia, pintura e cinema.[1][2].

Zarif apresentava seus trabalhos na Galeria Millan e era letrista, compondo algumas músicas em parceria com com o titã Branco Mello e Paulinho Moska: "Suaves Prestações", "Seja o Que Deus Quiser" entre outras[3].

Sua última exposição (Cadernos) foi no Jardim Botânico do Rio de Janeiro no "Inventário do Tempo" de Bia Lessa no Teatro Tom Jobim em 2009.

Referências

  1. Artista plástico Fernando Zarif morre aos 50 anos em SP Folha - acessado em 24 de dezembro de 2010
  2. Morre o artista plástico Fernando Zarif, aos 50 anos Arquivado em 27 de dezembro de 2010, no Wayback Machine. Yahoo Notícias - acessado em 24 de dezembro de 2010
  3. Morre o artista plástico Fernando Zarif Site BemParaná - acessado em 24 de dezembro de 2010
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

margot crescenti - restauradora e conservadora de obras de arte sobre papel e Cristina Candeloro - catalogadora de obras de arte contemporanea - catalogaram e organizaram o acervo de mais de 2000 obras do Fernando Zarif,