Fernando de Saxe-Coburgo-Gota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fernando
Príncipe de Saxe-Coburgo-Gota
Duque da Saxônia
Nascimento 28 de março de 1785
  Coburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 27 de agosto de 1851 (66 anos)
  Viena, Áustria
Sepultado em Cemitério de Glockenber, Coburgo
Nome completo Fernando Jorge Augusto
Cônjuge Maria Antónia de Koháry
Descendência Fernando II de Portugal
Augusto
Vitória
Leopoldo
Casa Saxe-Coburgo-Gota
(até 1826)
Saxe-Coburgo-Koháry
(de 1826, Fundador)
Pai Francisco, Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld
Mãe Augusta Reuss-Ebersdorf
Religião Catolicismo
(anteriormente Luteranismo)

Fernando Jorge Augusto de Saxe-Coburgo-Gota (em alemão: Ferdinand Georg August von Sachsen-Coburg und Gotha; Coburgo, 28 de março de 1785Viena, 27 de agosto de 1851) foi um príncipe da Casa de Saxe-Coburgo-Gota e um príncipe de Csabrag e Szitnya (ambos na Eslováquia, na atualidade). Foi também general de cavalaria do exército do Império Austro-Húngaro, durante as Guerras Napoleônicas.[1]

Família[editar | editar código-fonte]

Nasceu como príncipe Fernando de Saxe-Coburgo-Saalfeld; era o segundo filho do duque Francisco de Saxe-Coburgo-Saalfeld e de sua esposa, Augusta Reuss-Ebersdorf; e depois se tornou um príncipe de Saxe-Coburgo-Gota, após uma troca territorial feita por seu irmão no Castelo de Ehrenburg, na cidade bávara de Coburgo.

Fernando estava relacionado com muitos monarcas europeus; entre seus sobrinhos e sobrinhas, estavam a rainha Vitória do Reino Unido; o seu marido desta, o príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota; o rei Leopoldo I da Bélgica e a filha deste, a imperatriz Carlota do México.

Casamento e filhos[editar | editar código-fonte]

No dia 30 de novembro de 1815, em Viena, Fernando desposou Maria Antónia de Koháry de Csabrag e Szitnya, uma nobre húngara católica e a herdeira mais rica da época. Tiveram quatro filhos, todos os quais foram criados católicos:

Saxe-Coburgo-Koháry[editar | editar código-fonte]

Em 1826, o príncipe José Frederico de Koháry de Csabrag e Szitnya (sogro de Fernando) morreu, e ele assumiu a chefia da Casa de Koháry, em direito de sua esposa. Dessa data em diante, sua linhagem passou a ser chamada de Saxe-Coburgo-Koháry. Esse ramo da anteriormente família Coburgo protestante tornou-se católico, passando a ser importante para famílias reais católicas.

Morte[editar | editar código-fonte]

Fernando morreu em Viena. Seu corpo está enterrado no cemitério de Glockenberg, em Coburgo.[2]

Honras e prêmios[editar | editar código-fonte]

Ele recebeu os seguintes prêmios: [3]

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Militär-Schematismus des österreichischen Kaiserthums, Viena, kk Hof- und Staatsdruckerei 1840, S. 326
  2. Klüglein, Norbert (1991). Coburg Stadt und Land (alemão) . Verkehrsverein Coburg.
  3. Adreß-Handbuch des Herzogthums Sachsen-Coburg und Gotha (1847). "Genealogie des Herzogliche Hauses", pp. 10-11