Fernet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bebidas fernet.

Fernet é uma bebida alcoólica amarga (bitter) obtida por meio da maceração no álcool de diversas ervas e raízes medicinais, entre elas o ruibarbo, e a genciana, a quina, o alóes e o agárico; é usado como digestivo e tônico.[1]

Criação[editar | editar código-fonte]

Fernet foi criado em 1845 por Bernardino Branca em Milão, na Itália. A preparação era mexida com uma barra de ferro que ficava brilhante com o uso, possivelmente por ação de substância contidas nos vegetais utilizados; daí o nome da bebida(fer+net, no dialeto milanês do italiano significa ferro limpo).[2]

O uso do fernet popularizou-se a partir da epidemia de cólera de 1865, surgida na Europa mediterrânea, pois ele é anticolérico. Apesar de ser inventado na Itália o Fernet é praticamente visto como uma bebida Argentina, principalmente devido a grande imigração de italianos para esse país e por ser lá o país mais consumidor do mundo da bebida. Os italianos usam Fernet o misturado no café, já no Brasil pode-se encontrar usuários que o põem na cachaça, como uma variedade de rabo-de-galo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fernet

Referências

  1. Cavalieri, Nate (7 de dezembro de 2005). «The Myth of Fernet». SF Weekly. Consultado em 2 fevereiro de 2010. Cópia arquivada em 21 de Fevereiro de 2007 
  2. Felten, Eric (3 de janeiro de 2009). «Making Bitter Fernet-Branca Much Easier to Swallow». Wall Street Journal