Ferrovia Trans-Caucasiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Esquema da linha férrea da Transcaucásia como em 1 de janeiro de 1967

A Ferrovia Trans-Caucasiana (em turco: Kafkas Demiryolu, em russo: Закавка́зская желе́зная доро́га) que estabeleceu-se no território das atuais Geórgia, Armênia, e (porção menor) do Azerbaijão, [1], foi a primeira ferrovia do Cáucaso. Foi financiada pelo Império Russo como uma ferrovia estratégica que liga o Mar Negro ao Mar Cáspio. O Cáucaso era um território disputado entre o Império Russo e o Império Otomano, a ferrovia permitiria ao Exército Imperial Russo ter um melhor controle da região. Assim, como a Ferrovia Trans-Caspiana, a Rússia poderia transportar tropas da Ásia Central muito mais rápido. A ferrovia funcionou como uma empresa privada entre 1865 a 1922 e uma subsidiária de transporte ferroviário das estradas de ferro soviética de 1922 a 1991.

Referências

  1. (em russo) Большая Советская Энциклопедия. Гл. ред. Б. А. Введенский, 2-е изд. Т. 16. Железо — Земли. 1952. 672 стр., илл.; 51 л. илл. и карт.