Festival Eurovisão da Canção Júnior 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Festival Eurovisão da Canção Júnior 2020
"#MoveTheWorld"
 Polónia
Edições
18° edição
Datas
Final 29 de Novembro 2020
Anfitrião
Local Sede da Televisão Polaca, Varsóvia
Apresentador(es)
Supervisor executivo Martin Österdahl
Estação anfitriã TVP logo.svg
Website Website oficial
Participantes
Número de entradas 12 [1] países
Países estreantes  Alemanha
Países de saída  Austrália,

 Albânia
 Arménia
 Irlanda,
 Itália,
 Macedónia do Norte
 País de Gales
 Portugal

Mapa dos países participantes
Portugal no Festival Eurovisão da Canção JúniorEspanha no Festival Eurovisão da Canção JúniorSan Marino no Festival Eurovisão da Canção JúniorFrança no Festival Eurovisão da Canção JúniorPaís de Gales no Festival Eurovisão da Canção JúniorReino Unido no Festival Eurovisão da Canção JúniorIrlanda no Festival Eurovisão da Canção JúniorCazaquistão no Festival Eurovisão da Canção JúniorIslândia no Festival Eurovisão da Canção JúniorBélgica no Festival Eurovisão da Canção JúniorPaíses Baixos no Festival Eurovisão da Canção JúniorSuíça no Festival Eurovisão da Canção JúniorAlemanha no Festival Eurovisão da Canção JúniorDinamarca no Festival Eurovisão da Canção JúniorMalta no Festival Eurovisão da Canção JúniorItália no Festival Eurovisão da Canção JúniorNoruega no Festival Eurovisão da Canção JúniorSuécia no Festival Eurovisão da Canção JúniorFinlândia no Festival Eurovisão da Canção JúniorEstónia no Festival Eurovisão da Canção JúniorLetónia no Festival Eurovisão da Canção JúniorLituânia no Festival Eurovisão da Canção JúniorEslováquia no Festival Eurovisão da Canção JúniorÁustria no Festival Eurovisão da Canção JúniorEslovénia no Festival Eurovisão da Canção JúniorHungria no Festival Eurovisão da Canção JúniorCroácia no Festival Eurovisão da Canção JúniorBósnia e Herzegovina no Festival Eurovisão da Canção JúniorMontenegro no Festival Eurovisão da Canção JúniorSérvia no Festival Eurovisão da Canção JúniorAlbânia no Festival Eurovisão da Canção Júnior JúniorMacedónia no Festival Eurovisão da Canção JúniorGrécia no Festival Eurovisão da Canção JúniorBulgária no Festival Eurovisão da Canção JúniorRoménia no Festival Eurovisão da Canção JúniorMoldávia no Festival Eurovisão da Canção JúniorUcrânia no Festival Eurovisão da Canção JúniorBielorrússia no Festival Eurovisão da Canção JúniorRússia no Festival Eurovisão da Canção JúniorGeórgia no Festival Eurovisão da Canção JúniorAzerbaijão no Festival Eurovisão da Canção JúniorTurquia no Festival Eurovisão da Canção JúniorChipre no Festival Eurovisão da Canção JúniorIsrael no Festival Eurovisão da CançãoArménia no Festival Eurovisão da Canção JúniorMarrocos no Festival Eurovisão da Canção JúniorLiechtenstein no Festival Eurovisão da Canção JúniorAndorra no Festival Eurovisão da Canção JúniorMónaco no Festival Eurovisão da Canção JúniorPolónia no Festival Eurovisão da Canção JúniorRepública Checa no Festival Eurovisão da Canção JúniorLuxemburgo no Festival Eurovisão da Canção JúniorLíbano no Festival Eurovisão da Canção JúniorTunísia no Festival Eurovisão da Canção JúniorArgélia no Festival Eurovisão da Canção JúniorUm mapa colorido dos países da Europa
Sobre esta imagem

     Países participantes     Países confirmados que ainda não escolheram o seu artista e/ou canção     Países que participaram no passado mas não em 2020

Votação
Sistema de
voto
50% televoto + 50% júri de cada país pontua de 1 a 8 pontos e depois 10 e 12 pontos respetivamente
Vencedor(a)  França
Valentina
"J'imagine"
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png   2019     Wiki Eurovision Heart (Infobox).svg     2021   Fleche-defaut-droite-gris-32.png


O Festival Eurovisão da Canção Júnior 2020 será a 18ª edição do Festival Eurovisão da Canção Júnior, organizado pela União Europeia de Radiodifusão (EBU).A final do Festival está marcada para o dia 29 de novembro de 2020 e será realizado no Estúdio 5 da sede da Televisão Polonesa em Varsóvia,capital da Polónia.Esta será a primeira vez na história do evento em que um país sediará por dois anos seguidos o evento.

Doze países participaram do concurso, tendo o menor número de participantes desde o concurso de 2013 (com alguns países apontando a situação pandêmica do COVID-19 e as restrições de viagem como o motivo de sua desistência), com a Alemanha participando pela primeira vez.

Valentina foi a vencedora do concurso com a canção "J'imagine". Esta foi a primeira vitória da França na competição, bem como sua primeira vitória em um evento do Eurovision desde o Eurovision Young Dancers 1989. Cazaquistão e Espanha terminaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente, pelo segundo ano consecutivo. A Holanda e a Bielorrússia completaram os cinco primeiros, com a Holanda terminando em quarto também pelo segundo ano consecutivo. A Alemanha, país estreante, terminou em último.

Localização[editar | editar código-fonte]

O concurso de 2020 acontecerá na Polônia, após a vitória do país na edição de 2019 com a música "Superhero", apresentada por Viki Gabor. Será a sétima vez que o concurso será realizado no país vencedor do ano anterior. A TVP se tornou a primeira emissora a sediar dois concursos seguidos.

Processo da Escolha da cidade[editar | editar código-fonte]

Após a vitória da Polônia no concurso de 2019, em Gliwice, o diretor-geral da emissora pública polonesa Telewizja Polska, Jacek Kurski,que se caso o país ganhasse pela segunda vez consecutiva,a emissora iria se candidatar para sediar o evento novamente.[2] No entanto, Kurski afirmou que a possibilidade de duas edições consecutivas do evento na Polônia poderia ser desaprovada pela EBU. Após um período de incerteza, na última semana de dezembro de 2019, foi relatado pelo jornal Wyborcza, que alguns vereadores da cidade de Cracóvia estavam manifestando interesse em aceitar a proposta de que o concurso a ser realizado na cidade se concentrasse na Arena Tauron. Alguns dias depois, em 8 de janeiro de 2020, a proposta foi discutida na Câmara Municipal e aceita pela maioria de seus membros.[3] A Polônia foi confirmada como país anfitrião em março de 2020.[4] A atual vencedora, Viki Gabor, também expressou seu desejo de que o evento fosse realizado em Cracóvia, seu local de residência. Naquele momento,a cidade-sede ainda não havia sido anunciada oficialmente, mas o jornal local Gazeta Krakowska informou que o evento seria realizado na cidade usando a a informação de que já existia um contrato no qual a cidade disponibilizaria os locais necessários (incluindo a Tauron Arena) e a responsabilidade dos custos ficaria com a TVP. Após o cancelamento do Festival Eurovisão da Canção 2020 devido à pandemia de COVID-19,os trabalhos foram suspensos por tempo indeterminado por razões de segurança.[5] Em 16 de maio de 2020, durante a exibição do Eurovision: Europe Shine a Light, anunciou se que o Junior Eurovision Song Contest 2020 seria realizado em um estúdio de televisão em Varsóvia, em 29 de novembro.Em seu breve contato com os apresentadores, Gabor também revelou o logotipo e o slogan da competição.[6]

Legenda:  †   Cidade Selecionda

Locais possiveis
Cidade Local
Cracóvia Tauron Arena Kraków
Varsóvia ATM Studio[6]
Transcolor Studio[6]

Formato[editar | editar código-fonte]

Design[editar | editar código-fonte]

O slogan desta edição é chamado de "#MoveTheWorld!" e revelado em 16 de maio de 2020, durante a exibição do evento especial "Eurovision: Europe Shine a Light" por Viki Gabor.Neste mesmo momento,o site oficial do festival revelou que o argumento usado para a escolha do slogan foi o seguinte:O conceito criativo por trás do slogan é que, quando crianças, acreditamos erroneamente que todas as coisas importantes são feitas por pessoas de renome: cientistas, astronautas, atletas e atores. Queremos nos tornar eles, porque, aos nossos olhos, são eles que estão movendo o mundo. Mas esse não é o caso: todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo realizam suas tarefas diárias com capacidade e cuidado. Juntos, eles são os que realmente estão movendo o mundo. O slogan deste ano honra o poder coletivo que mantemos juntos[7]

Novo supervisor executivo[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2020,a União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) anunciou que o sueco Martin Österdahl se tornaria o novo supervisor executivo a partir do 2020,substituindo o norueguês Jon Ola Sand que exerceu as funções durante 10 anos.[8] Antes da nomeação, Österdahl havia sido produtor executivo da versão adulta em duas edições (2013 e 2016) e sendo membro do grupo de referência da entidade entre 2012 e 2018.[9]

Performances[editar | editar código-fonte]

Esta será a primeira vez desde a qualificatória interna realizada para o Festival Eurovisão da Canção 1996 em que um evento relacionado ao selo Eurovision irá acontecer totalmente de forma remota,com cada artista se apresentando de forma remota de um estúdio de televisão em seus países.Para dar confiança e lisura na competição, as 13 emissoras se comprometeram a dar condições iguais para cada um dos participantes usando palcos com as mesmas dimensões e desenho e também os mesmos recursos técnicos por meio de performances pré-gravadas ao mesmo tempo no dia anterior.A abertura,o ato de intervalo e a votação serão transmitidos ao vivo de Varsóvia.[10]

Votação[editar | editar código-fonte]

Devido aos protocolos de segurança esta será primeira vez desde 2012 em que porta-vozes dos júris técnicos ficarão alocados em seus países.[11]

Lista de países participantes[editar | editar código-fonte]

Em 9 de setembro,a EBU divulgou que 13 países haviam confirmado a sua participação.Sendo que esta seria a menor edição realizada desde desde 2013,totalizando seis países a menos do que a edição anterior.Austrália,Gales,Irlanda e Macedônia do Norte anunciaram previamente que não enviariam representantes devido as medidas relacionadas a pandemia de COVID-19.Enquanto que Itália e Portugal desistiram por motivos desconhecidos,apesar de terem confirmado a sua participação anteriormente.Este ano será também será marcado também pela aguardada estreia da Alemanha,que será o último país do grupo chamado de BIG 5 do festival adulto a participar do certame[12]. Algumas horas mais tarde,a EBU confirmou que as negociações para a confirmação de outros países participantes ainda estava aberta.A entidade ainda confirmou que o número máximo de países envolvidos ainda não pode ultrapassar 20 [13].

Os seguintes países tiveram a confirmação de sua participação anunciada no dia 09 de setembro de 2020:

#[14] Países Artista[15] Musica Língua Lugar Pontos Lugar da atuação
01  Alemanha Susan "Stronger with You" alemão, inglês 12 66 Hamburgo[16]
02  Cazaquistão Karakat Bashanova "Forever" Cazaque, inglês 2 152 Almaty[17]
03  Países Baixos UNITY "Best Friends" holandês, inglês 4 132 Aalsmeer[18]
04  Sérvia Petar Aničić "Heartbeat" sérvio, inglês 11 85 Varsóvia[19]
05  Bielorrússia Arina Pehtereva "Aliens" Russo, inglês 5 130 Minsk[20]
06  Polónia Ala Tracz "I'll Be Standing" Polonês, inglês 9 90 Varsóvia[19]
07  Geórgia Sandra Gadelia "You Are Not Alone" Georgiano, inglês 6 111 Tiblíssi[21]
08  Malta Chanel Monseigneur "Chasing Sunsets" inglês 8 100 Varsóvia[19]
09  Rússia Sofia Feskova "My New Day" Russo, inglês 10 88 Moscow[22]
10  Espanha Soleá "Palante" Spanish 3 133 Madrid[23]
11  Ucrânia Oleksandr Balabanov "Vidkryvai (Open Up)" (Відкривай) Ucraniano, inglês 7 106 Varsóvia[19]
12  França Valentina "J'imagine" Francês 1 200 Paris[24]

Resultado[editar | editar código-fonte]

Resultados do júri[editar | editar código-fonte]

Results
Total score
Online voting
Germany
Kazakhstan
Netherlands
Serbia
Belarus
Poland
Georgia
Malta
Russia
Spain
Ukraine
France
Contestants Alemanha 66 39 5 2 3 2 2 5 2 6
Cazaquistão 152 69 3 8 10 10 3 12 10 12 4 7 4
Países Baixos 132 64 12 7 4 5 8 6 6 2 10 5 3
Sérvia 85 50 3 4 4 5 2 3 1 1 12
Bielorússia 130 57 7 12 1 12 12 3 7 6 5 6 2
Polônia 90 44 2 6 5 8 2 8 8 4 2 1
Georgia 111 42 5 10 6 5 1 5 1 7 12 12 5
Malta 100 49 1 7 1 6 6 10 1 7 4 8
Russia 88 44 6 4 3 8 4 3 3 3 10
Espanha 133 73 10 2 10 6 7 7 1 4 5 8
Ucrânia 106 54 4 1 2 3 10 7 10 8 7
França 200 112 8 8 12 7 12 1 4 12 8 6 10

12 points[editar | editar código-fonte]

N. País De:
3  Bielorrússia  Cazaquistão
 Polónia
 Sérvia
 França  Bielorrússia
 Malta
 Países Baixos
2  Geórgia  Espanha
 Ucrânia
 Cazaquistão  Geórgia
 Rússia
1  Países Baixos  Alemanha
 Sérvia  França

Votação online[editar | editar código-fonte]

De acordo com a EBU, um total de mais de 4,5 milhões de votos válidos foram recebidos durante as janelas de votação.[25][26]

Online voting results
Países Votos % Pontos
 França ~723,099 ~16.07 112
 Espanha ~471,306 ~10.47 73
 Cazaquistão ~445,481 ~9.90 69
 Países Baixos ~413,199 ~9.18 64
 Bielorrússia ~368,006 ~8.18 57
 Ucrânia ~348,637 ~7.75 54
 Sérvia ~322,812 ~7.17 50
 Malta ~316,356 ~7.03 49
 Polónia ~284,075 ~6.31 44
 Rússia ~284,075 ~6.31 44
 Geórgia ~271,162 ~6.03 42
 Alemanha ~251,793 ~5.60 39
Total
~4,500,000 100.00 697

Outros países[editar | editar código-fonte]

Para que um país seja elegível para participação em potencial no Junior Eurovision Song Contest, ele precisa ser um membro ativo da UER.[27] Até ao momento não se sabe se todos os 56 membros da instituição receberam os convites relacionados a participação do evento.como acontece com a versão adulta do evento .

Possíveis participações[editar | editar código-fonte]

Os seguintes países que participaram da edição anterior em 2019 ainda não anunciaram suas intenções relacionadas a participação neste ano.[28] mas ainda não anunciaram se pretendem participar do concurso de 2020:

  •  Itália – O Rai Gulp se manifestou em sua conta de Instagram em 4 de novembro de 2019 que a emissora iria enviar um representante para esta edição;[29]Apesar disso até o dia 31 de outubro de 2020,a emissora ainda não confirmou oficialmente a sua participação e que a decisão de enviar um participante ainda seria tomada de forma oficial.[30]

Renúncias[editar | editar código-fonte]

  •  Albânia –A Albânia não apareceu na lista final de participantes divulgada no dia 8 de setembro.No entanto,ao contrário dos outros países que renunciaram os motivos eram originalmente desconhecidos.[1] Alguns dias mais tarde,o site especializado ESC Plus divulgou que o motivo da desistência eram as medidas relacionadas a pandemia de COVID-19.[31]
  •  Arménia – Inicialmente, o país estava na lista original dos participantes confirmados no dia 8 de setembro.[1] Apesar disso, no dia 5 de novembro de 2020,David Tserunyan chefe de delegação do país confirmou por meio de sua conta no Instagram que pela primeira vez na história do certame,a Armênia não iria enviar um representante.A decisão foi tomada motivada pela lei marcial imposta no país como um dos resultados da guerra de Nagorno-Karabakh.[32] Ele ainda revelou que Maléna Fox tinha sido escolhida de forma interna.[33]
  •  Austrália – Em julho de 2020,a SBS,na condição de membro associado da EBU, anunciou que pela primeira vez na história não estaria enviando um participante,motivada pelas medidas tomadas pelo governo do país relacionadas a pandemia de COVID-19.[34]
  •  País de Gales – Em abril de 2020,a S4C e a produtora Rondo Media suspenderam a execução dos contratos relacionados a seleção nacional devido as questões financeiras impostas pela pandemia de COVID-19 aos cofres públicos do país.[35] Em 14 de julho de 2020,a emissora confirmou ao site especializado Eurovox que ficaria ausente desta edição e que tinha esperanças de que retornasse ao evento em 2021.[36]
  •  Irlanda – Apesar de ter confirmado as sua participação em janeiro de 2020,o TG4 anunciou em julho do mesmo ano a reversão da decisão devido ao fechamento das fronteiras do país,como medida sanitária em relação a pandemia de COVID-19.[37]
  •  Macedônia do Norte – Em 20 de julho de 2020,a MRT anunciou que ficaria um ano ausente do evento devido a situação causada pela pandemia de COVID-19.[38]
  •  Portugal – A Rádio e Televisão de Portugal (RTP) confirmou de forma provisória que estaria participando nesta edição. Posteriormente,a emissora confirmou que estaria envolvida na competição caso ela realmente acontecesse.[39] Surpreendentemente, o nome do país não estava na lista final de participantes anunciada no dia 8 de setembro.[12].No dia seguinte,a RTP respondeu de forma oficial que a desistência foi motivada pelo impacto financeiro da pandemia de COVID-19 no orçamento da emissora.[40]

Antigos Participantes[editar | editar código-fonte]

  •  Bélgica - VRT[41]
  •  Bulgária - Em dezembro de 2019, a Televisão Nacional da Bulgária (BNT) afirmou que não tinha planos de voltar ao concurso a época, pois estava reconsolidando sua participação no concurso para adultos. A Bulgária participou pela última vez em 2016.[42]
  •  Chipre – Em 23 de julho de 2020,a CyBC confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[43]
  •  Dinamarca - Em abril de 2020, a emissora dinamarquesa DR afirmou que não voltaria ao concurso em 2020, com o chefe de entretenimento Jan Lagermand Lundme afirmando que não queria que as crianças "brincassem com adultos". A Dinamarca participou pela última vez em 2005.[44]
  •  Eslovénia – A RTVSLO confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[45]
  •  Grécia - Em junho de 2020, foi relatado que a emissora grega ERT estava pensando seriamente em voltar ao concurso em 2020.[46] No entanto, semanas depois, foi revelado que os diretores da emissora decidiram pelo não retorno imediato.[47] A Grécia participou pela última vez em 2008.
  •  Israel –A KAN confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[48]
  •  LetóniaLTV confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[49]
  •  Moldávia – A TRM confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[50]
  •  Noruega – A NRK anunciou que o programa não se encaixa na atual proposta da emissora.[51]
  •  Roménia – A TVR confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[45]
  •  San Marino –A SMRTV confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[45]
  •  Suécia – Em janeiro de 2020,o chefe do canal infantil da SVT Safa Safiyari,divulgou que a Sveriges Television não tinha interesse em retornar a competição alegando que neste momento, "ele não se enquadraria naquilo que nós estamos querendo no nosso conteúdo".Ele ainda não desmentiu nem confirmou que a emissora estaria interessada em retornar no futuro.A última participação do país foi em 2014.[52]
  •  Suíça – A SRF confirmou sem nenhum motivo que o país passará mais um ano sem enviar um participante.[53]
  •  Reino Unido – Em julho de 2020,a BBC divulgou que uma decisão final sobre a participação ainda teria que ser tomada.[54] A última participação do Reino Unido de forma unificada foi em 2005,sendo que a competência desta participação era feita pela ITV.

Futuros Participantes[editar | editar código-fonte]

  •  Chéquia – Em 2 de julho de 2020,a ČT revelou que não tinha nenhuma intenção de participar do evento no futuro[45]
  •  Escócia - Em junho de 2019, a BBC Alba afirmou que foram realizadas conversas que poderiam permitir sua participação em 2020.[55] No entanto, em abril de 2020, a emissora anunciou que não tinha planos de estrear no concurso em 2020.[56]
  •  EstóniaETV[45]
  •  Islândia – Em dezembro de 2019,o chefe de delegação da RÚV,Felix Bergsson divulgou que não existiam discussões internas sobre o tema.[57]
  •  TurquiaTRT[58]

Referências

  1. a b c «13 countries will 'Move the World' at Junior Eurovision 2020». junioreurovision.tv. EBU. 8 de setembro de 2020 
  2. «"Poland is so proud of you": 2019 Winner Viki Gabor talks to the press». junioreurovision.com. 24 de novembro de 2019. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  3. Granger, Anthony (janeiro de 2020). «Poland: Councillors Support Motion For Krakow To Host Junior Eurovision». Eurovoix. Consultado em 12 de janeiro de 2020 
  4. «We're going back to Poland!». junioreurovision.tv. 5 de março de 2020 
  5. «Eurowizja dla dorosłych odwołana. Co dalej z Eurowizją Junior?». Gazeta Krakowska. 24 de março de 2020 
  6. a b c Granger, Anthony (10 de junho de 2020). «Two Potential Venues for the Junior Eurovision Song Contest 2020». Eurovoix (em inglês). Consultado em 10 de junho de 2020 
  7. «It's time to #MoveTheWorld!». Junior Eurovision Song Contest. 16 de maio de 2020 
  8. «Martin Österdahl new Eurovision Song Contest Executive Supervisor». Eurovision.tv. 20 de janeiro de 2020 
  9. Farren, Neil (20 de janeiro de 2020). «Martin Österdahl Appointed Eurovision Executive Supervisor». Eurovoix 
  10. «13 countries will 'Move the World' at Junior Eurovision 2020». eurovision.tv (em inglês). 8 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  11. «Junior Eurovision'20: Performances to be Pre-Recorded». Eurovoix (em inglês). 8 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  12. a b «13 countries will 'Move the World' at Junior Eurovision 2020». junioreurovision.tv. EBU. 8 de setembro de 2020 
  13. García, Belén (9 de setembro de 2020). «EXCLUSIVE: EBU is open to more countries for Junior Eurovision 2020!». ESCplus (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2020 
  14. «This is the running order for Junior Eurovision 2020». Junioreurovision.tv. EBU. 23 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 23 de novembro de 2020  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  15. «Poland 2020 Participants». junioreurovision.tv. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  16. Granger, Anthony (27 de novembro de 2020). «Junior Eurovision 2020 Rehearsal Diaries – Germany – Susan – Stronger With You». Eurovoix. Cópia arquivada em 27 de novembro de 2020. The recording of the performance took place at the NDR studios in Hamburg.  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  17. «Казахстанская исполнительница Каракат Башанова готовится к гранд-финалу «Junior Eurovision»». Qazaq TV. 27 de outubro de 2020 
  18. «Maud gaat met Unity voor 'Douze Points'». aalsmeervandaag.nl. 27 de novembro de 2020. Leuk voor Maud is dat de opname plaats vond in de studio’s van Crown. Dat was dus een thuiswedstrijd voor haar. 
  19. a b c d Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome warsaw
  20. Granger, Anthony (2 de novembro de 2020). «Belarus: Arina Pehtereva Will Film Junior Eurovision Performance Tomorrow». Eurovoix. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2020. Arina Pehtereva will film her performance of “Aliens” for the Junior Eurovision Song Contest 2020 tomorrow in Minsk.  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  21. Granger, Anthony (26 de novembro de 2020). «Junior Eurovision 2020 Rehearsal Diaries – Georgia – Sandra Gadelia – You Are Not Alone». Eurovoix. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2020. Sandra Gadelia recorded her performance for the contest in Tbilisi at the GPB studios.  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  22. Granger, Anthony (24 de novembro de 2020). «Junior Eurovision 2020 Rehearsal Diaries – Russia – Sofia Feskova – My New Day». Eurovoix. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2020. The recording of the Russian performance took place in Moscow at the end of October.  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  23. Granger, Anthony (23 de novembro de 2020). «Junior Eurovision 2020 Rehearsal Diaries – Spain – Soleá – Palante». Eurovoix. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2020. The recording of the Spanish performance took place in Madrid in mid-October.  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  24. Granger, Anthony (26 de novembro de 2020). «Junior Eurovision 2020 Rehearsal Diaries – France – Valentina – J'imagine». Eurovoix. Cópia arquivada em 26 de novembro de 2020. The French performance was recorded in Paris at the end of October.  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  25. «Valentina wins Junior Eurovision 2020 for France!». junioreurovision.tv (em inglês). EBU. 29 de novembro de 2020. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  26. «Full Junior Eurovision 2020 online voting results: France beats Kazakhstan by 251,000 votes». ESCXTRA.com (em inglês). 29 de novembro de 2020. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  27. «EBU - Junior Eurovision Song Contest Steering Group». web.archive.org 
  28. «These are the 19 countries taking part in Junior Eurovision 2019». junioreurovision.tv 
  29. «Rai Gulp stories in official account confirms appointment to viewers for the next year». instagram.com 
  30. Herbert, Emily (21 July 2020). «Italy: RAI Yet to Make Decision on Junior Eurovision Participation». Eurovoix. Consultado em 22 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  31. García, Belén (17 de setembro de 2020). «Exclusive: Albania reveals the reasons behind Junior Eurovision withdrawal». ESCplus (em inglês). Consultado em 17 de setembro de 2020 
  32. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome armenia
  33. Farren, Neil (5 de novembro de 2020). «Armenia Withdraws From Junior Eurovision 2020». Eurovoix (em inglês). Consultado em 5 de novembro de 2020 
  34. «Australia withdraws from Junior Eurovision 2020 due to travel restrictions». wiwibloggs (em inglês). 15 de julho de 2020. Consultado em 15 de julho de 2020 
  35. Ryan, Tom (22 April 2020). «S4C stops making any decisions regarding Junior Eurovision participation». ESCXTRA.com. Consultado em 14 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  36. Farren, Neil (14 July 2020). «Wales: Withdraws From Junior Eurovision». Eurovoix. Consultado em 14 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  37. Farren, Neil (4 August 2020). «Ireland: Withdraws from Junior Eurovision 2020». Eurovoix. Consultado em 4 August 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  38. Granger, Anthony (27 de julho de 2020). «North Macedonia: MRT Will Not Participate in Junior Eurovision 2020». Eurovoix (em inglês). Consultado em 27 de julho de 2020 
  39. Granger, Anthony (13 August 2020). «Portugal: RTP Confirms Junior Eurovision 2020 Participation». Eurovoix. Consultado em 8 September 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  40. Granger, Anthony (9 de setembro de 2020). «Portugal: RTP Withdrew From Junior Eurovision 2020 Due To COVID-19». Eurovoix. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  41. @een (27 December 2019). «Op dit moment niet. Maar we geven je opmerking door aan de juiste mensen!» (Tweet) (em neerlandês) – via Twitter  Verifique data em: |data= (ajuda)
  42. Herbert, Emily (9 de dezembro de 2019). «Bulgaria: Junior Eurovision Return Currently Not Under Discussion». eurovoix.com. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  43. Granger, Anthony. «Cyprus: Will Not Participate in Junior Eurovision 2020». Eurovoix. Consultado em 23 July 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  44. Herbert, Emily (15 de abril de 2020). «Denmark: Will Not Return to Junior Eurovision in 2020». Eurovoix. Consultado em 16 de abril de 2020 
  45. a b c d e Granger, Anthony. «Five Countries Rule Out Junior Eurovision 2020 Participation». Eurovoix. Consultado em 2 July 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  46. «Greece: ERT Considering Return To The Junior Eurovision Song Contest». Eurovoix. 15 de junho de 2020 
  47. Granger, Anthony (14 de junho de 2020). «Greece: ERT Decides Against Return to Junior Eurovision in 2020». Eurovoix (em inglês). Consultado em 27 de junho de 2020 
  48. Herbert, Emily. «Israel: Will Not Participate in Junior Eurovision 2020». Eurovoix. Consultado em 13 July 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  49. Granger, Anthony (13 de junho de 2020). «Latvia: LTV Will Not Participate in Junior Eurovision 2020». Eurovoix. Consultado em 13 de junho de 2020 
  50. Herbert, Emily (21 July 2020). «Moldova: Will Not Participate in Junior Eurovision 2020». Eurovoix. Consultado em 22 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  51. Granger, Anthony (14 de junho de 2020). «Norway: Will Not Return to Junior Eurovision in 2020». Eurovoix. Consultado em 27 de junho de 2020 
  52. Granger, Anthony (26 January 2020). «Sweden: SVT Does Not Close Door On Return to Junior Eurovision». Eurovoix. Consultado em 18 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  53. Granger, Anthony (11 July 2020). «Switzerland: SRF Will Not Participate in Junior Eurovision 2020». Eurovoix. Consultado em 11 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  54. García, Belén (16 July 2020). «UK: Is BBC considering Junior Eurovision 2020 participation?». ESCplus. Consultado em 16 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  55. Granger, Anthony (30 de junho de 2019). «Scotland: Potential Junior Eurovision Debut in 2020». Eurovoix (em inglês). Consultado em 5 de outubro de 2019 
  56. «Scotland: No Debut At Junior Eurovision In 2020». Eurovoix. 21 de abril de 2020 
  57. Ryan, Tom (27 December 2019). «Felix Bergsson says "no decision has been made" about JESC». ESCXTRA.com. Consultado em 18 July 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  58. Ryan, Tom. «Turkey will not debut at Junior Eurovision in 2020». ESCXtra. Consultado em 24 July 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Links Externos[editar | editar código-fonte]