Festival Internacional de Cinema de Cartagena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Festival01.jpg

O Festival Internacional de Cinema de Cartagena (Colômbia) é um festival cinematográfico de caráter internacional que se leva a cabo desde o ano 1960 na cidade de Cartagena das Índias ao norte do país. É o festival cinematográfico mais antigo de América Latina.

O criador e diretor do festival foi o empresário cultural Víctor Nieto Nuñez que faleceu em novembro de 2008.

O festival se realiza anualmente pela Corporação festival de cinema de Cartagena, outorgando a estatua denominada Índia Catarina ao melhor do cinema Ibero-americano sendo o único festival da região que ostenta o caráter competitivo especializado para o cine ibero-americano, condição que lhe foi outorgada pe a Federação Internacional de Associações de Produtores Cinematográficos (FIAPF).

Características[editar | editar código-fonte]

O festival interessa-se por promover Cartagena como um destino turístico a nível internacional.

No festival se exibem arredor de 150 obras audiovisuais: 40 longas-metragens, 30 curtas-metragens e 80 vídeos internacionais, (de acordo com os dados aportados pelo festival para sua edição de 2007), os ganhadores são eleitos por um júri internacional.

O festival também realiza premiações especiais para o cinema e a Televisão de Colômbia, esta última se realiza desde 1984 e no ano 2007 aumento o número de categorias premiadas em 19. Também conta com uma competência de curtas-metragens ibero-americanos e vídeo de jovens criadores colombianos.

A premiação do festival é transmitida pelo Canal RCN a quem dá maior relevância em sua transmissão a premiação de programas de televisão.

Critérios de seleção[editar | editar código-fonte]

Escritório do festival, no centro histórico da cidade.

Desde seu inicio, o festival tem definido o critério de seleção dos filmes dando prioridade a aquelas que promovem a identidade cultural dos países ibero-americanos, como a vida social e a cotidianidade das nações que representam com o interesse de promover a irmandade entre os povos da região.

Vencedores de Melhor Filme[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Realizador País
1962 O Pagador de Promessas Anselmo Duarte  Brazil
1969 El dependiente Leonardo Favio  Argentina
1972 Juan Lamaglia y señora Raúl de la Torre  Argentina
1973 Espejismo Armando Robles Godoy  Peru
1974 Los siete locos Leopoldo Torre Nilsson  Argentina
1976 Furtivos José Luis Borau  Espanha
1977 Cantata de Chile Humberto Solás  Cuba
1979 El pez que fuma Román Chalbaud  Venezuela
1980 El otro Francisco Sergio Giral  Cuba
1985 Oriana Fina Torres  Venezuela,  França
1986 Visa USA Lisandro Duque Naranjo  Colombia,  Cuba
1990 La Tigra Camilo Luzuriaga  Equador
1991 Yo, la peor de todas María Luisa Bemberg  Argentina
1992 Tacones lejanos Pedro Almodóvar  Spain,  França
1993 O Corpo José Antonio Garcia  Brasil
1994 La madre muerta Ana Álvarez  Espanha
1998 Bajo bandera Juan José Jusid  Argentina,  Itália
2000 Garage Olimpo Marco Bechis  Argentina,  Itália,  França
Orfeu Carlos Diegues  Brasil
2001 Eu Tu Eles Andrucha Waddington  Brasil
2002 Lavoura Arcaica Luiz Fernando Carvalho  Brasil
2003 Cidade de Deus Fernando Meirelles  Brasil
2004 Carandiru Héctor Babenco  Brazil,  Argentina,  Itália
2005 Sumas y restas Víctor Gaviria  Colômbia,  Espanha
2006 La última luna Miguel Littín  México,  Espanha,  Chile
2007 La edad de la peseta Pavel Giroud  Cuba,  Espanha,  Venezuela
2008 Maldeamores Carlitos Ruiz Ruiz, Mariem Pérez Riera  Porto Rico,  USA
2009 Lake Tahoe Fernando Eimbcke  México,  Japão,  USA
2010 Gigante Adrián Biniez  Uruguai,  Argentina,  Alemanha,  Espanha,  Países Baixos
2011 Post Mortem Pablo Larraín  Chile,  Alemanha,  México
2012 El estudiante Santiago Mitre  Argentina
2013 Tabu Miguel Gomes  Portugal
2014 Tierra en la lengua Rubén Mendoza  Colômbia
2015 Ixcanul Jayro Bustamante  Guatemala

Feitos importantes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]