Festival RTP da Canção 2001

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Festival RTP da Canção 2001

'
Europarque (Santa Maria da Feira).jpg
Edição XXXVII
Apresentadores Sónia Araújo
Cristina Möhler
Maestro Johnny Galvão
Emissora anfitriã RTP1
Local Portugal Brasão de Santa Maria da Feira Europarque, Santa Maria da Feira
Vencedor "Só sei ser feliz assim", MTM
Duração do Festival 2h
Sistema de votação
Em cada uma destas cinco semifinais as duas canções mais pontuadas transitaram automaticamente para a final.
Número de participantes 50 canções
Actuações nos intervalos D'Arrasar e Luís Represas (1ª semifinal)
Os Clã e os Pólo Norte (2ª semifinal)
Adelaide Ferreira e os Santos & Pecadores (3ª semifinal)
Rita Guerra & Beto e os Santamaria (4ª semifinal)
Ala dos Namorados e João Portugal (5ª semifinal)
Os Anjos e Luís Represas (final)
Festival RTP da Canção
2000    EuroPortugal.svg    2003

O XXXVII Festival RTP da Canção 2001 foi o trigésimo sétimo Festival RTP da Canção, a final teve lugar no dia 7 de março de 2001 (transmitido na RTP1 apenas no dia 11[1]), no Europarque, em Santa Maria da Feira, a 1ª semifinal teve lugar no dia 20 de outubro de 2000, no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, a 2ª semifinal teve lugar no dia 17 de novembro de 2000, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, a 3ª semifinal teve lugar no dia 15 de dezembro de 2000, no Conservatório Regional do Algarve, em Faro, a 4ª semifinal teve lugar no dia 19 de janeiro de 2001, no Auditório do Centro de Congressos da Madeira, no Funchal e a 5ª semifinal teve lugar no dia 16 de fevereiro de 2001, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada.

Sónia Araújo e Cristina Möhler foram as apresentadoras da final do festival e das cinco semifinais, a final do festival foi ganho pelos MTM com a canção "Só sei ser feliz assim". O maestro oficial do Festival da Canção 2001 foi Johnny Galvão.

Festival[editar | editar código-fonte]

Em 2001 a RTP optou por seleccionar 50 originais a serem apresentadas em 5 eliminatórias de 10 canções cada uma. Em cada gala foram apuradas 2 canções para a final. O júri que seleccionou estas canções era composto por Tozé Brito (presidente), Luís Pedro Fonseca e José Calvário como elementos fixos deste júri. A estes nomes adicionaram-se outros dois, sendo um deles um dos artistas convidados a actuar numa das partes do espectáculo e o outro uma personalidade não só ligada à música como à cultura local. A fim descentralizar o Festival, a RTP andou pelo país desde Outubro até Março a mostrar as 50 canções. Primeiro foi Setúbal (Outubro), seguindo-se Leiria (Novembro), depois Faro (Dezembro), a seguir Funchal (Janeiro), sendo a última eliminatória em Ponta Delgada (Fevereiro) e a culminar a grande final em Santa Maria da Feira (Março).

Pela primeira vez na história do Festival RTP da Canção a final não foi transmitida em directo pelo país se encontrar de luto face à tragédia de Entre-os-Rios. A votação distrito a distrito não foi do conhecimento público, apenas apareceram gráficos com grupos de votações, onde não se ficou a saber quem votou em quem.

Este festival consistiu numa autêntica homenagem à música portuguesa que para além das canções e dos intérpretes concorrentes teve as participações de nomes consagrados da música nacional. Os cantores convidados para os seis espetáculos foram os seguintes: D'Arrasar e Luís Represas na 1ª semifinal; Os Clã e os Pólo Norte na 2ª semifinal; Adelaide Ferreira e os Santos & Pecadores na 3ª semifinal; Rita Guerra & Beto e os Santamaria na 4ª semifinal; Ala dos Namorados e João Portugal na 5ª semifinal; Os Anjos e Luís Represas na grande final.

Formato[editar | editar código-fonte]

A fim descentralizar o Festival, a RTP andou pelo país desde outubro até março a mostrar as 50 canções. Primeiro foi Setúbal (outubro), seguindo-se Leiria (novembro), depois Faro (dezembro), a seguir Funchal (janeiro), sendo a última eliminatória em Ponta Delgada (fevereiro) e a culminar a grande final em Santa Maria da Feira (março).

Calendário[editar | editar código-fonte]

Data Cidade Local Espetáculo
20 de outubro de 2000 Setúbal Fórum Municipal Luísa Todi Semifinal 1
17 de novembro de 2000 Leiria Teatro José Lúcio da Silva Semifinal 2
15 de dezembro de 2000 Faro Conservatório Regional do Algarve Semifinal 3
19 de janeiro de 2001 Funchal Auditório do Centro de Congressos da Madeira Semifinal 4
16 de fevereiro de 2001 Ponta Delgada Teatro Micaelense Semifinal 5
7 de março de 2001 Santa Maria da Feira Europarque Final

1ª semifinal[editar | editar código-fonte]

A primeira semifinal ocorreu a 20 de outubro de 2000, no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal. "Amor, my love", interpretado por Euro e "Poder voar", interpretado por TribUrbana foram as canções que se qualificaram para a final.

1ª semifinal - 20 de outubro de 2000
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
Vudoo "Na aldeia global" Roberto Cartaxo (m), José Cid (l) 35
Luís Mira "Queria-te" Luís Mira (m & l), Teresa Silva (l) 22
100 Rumo "Parei o tempo" Vítor Santos (m & l) 18
TribUrbana "Poder voar" Luiz Carvalho (m & l) 47
Nina "Valsinha de Abril" Thilo Krasmann (m), Rosa Lobato de Faria (l) 31
Euro "Amor, my love" Artur Jordão (m), Manuela Matos Silva (l) 48
Nefelibatas "Maré nova" Paulo Cavadas (m & l), Mónica Gil (l) 26
Rui Silvã "No azul" Rui Silvã (m & l) 19
Baby Jane "O paraíso é uma onda" Ricardo Tomás (m), Hugo Simões (l) 18
10º Psique "Pensar assim" Manuel Guerra (m & l) 11 10º

2ª semifinal[editar | editar código-fonte]

A segunda semifinal ocorreu a 17 de novembro de 2000, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria. "Secreta passagem", interpretado por Mónica Ferraz e "Chamar por ti", interpretado por Nuno Junqueira foram as canções que se qualificaram para a final.

2ª semifinal - 17 de novembro de 2000
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
Filipe Fonseca e Inês Soares "Amor em tons de azul pastel e branco" Filipe Fonseca (m & l) 41
Marés e luar "Amor e mar" Luís Miguel Rijo, Joel Lopes e João Calha (m & l) 22
Trilhos "Perfume fino" Luís Lapa (m & l) 28
Ana Sofia "Marcados no destino" Daniel Duarte (m & l), Ana Sofia (l), Jéjé (l) 22
Jaime Nascimento "Não há nada melhor" Jaime Nascimento (m & l) 16
Ana Laíns "Há sempre alguém que nos quer" Ana Laíns (m & l) 31
Seita Interdita "Lição de saber" Acácio Augusto Miranda (m & l) 7 10º
Nuno Junqueira "Chamar por ti" Nuno Junqueira (m & l) 42
Patty "Sempre sonhei" Marco Quelhas (m & l) 23
10º Mónica Ferraz "Secreta passagem" Miguel Braga (m & l) 43

3ª semifinal[editar | editar código-fonte]

A terceira semifinal ocorreu a 15 de dezembro de 2000, no Conservatório Regional do Algarve, em Faro. "Choro no fado", interpretado por Patrícia Colaço & duo Demo e "No tom das cores", interpretado por Sónia Mota foram as canções que se qualificaram para a final.

3ª semifinal - 15 de dezembro de 2000
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
Sónia Mota "No tom das cores" Américo Faria (m & l) 40
Gigante "Descalça nos trigais" Remo (m & l) 8 10º
Hugo Rodrigues "Chuva brilhante" Hugo Rodrigues (m & l) 25
Patrícia Colaço & duo Demo "Choro no fado" José Manuel Martins (m & l) 45
Lura & Paulo "Da Terra à Lua" Paulo Abreu Lima (m & l) 32
Izamena "Mundo colorido" Nuno Junqueira (m & l) 34
Almabranca "Seja qual for a estrada" Almabranca (m & l) 30
Tatiana Pinto "O beijo do gato" Vítor Reia (m& l), Domingos Caetano (m) 34
Trio Luís Mira "Beleza divina" Luís Mira (m), Dudo Godolfim (l) 10
10º Trilhos "Cais, imenso mar" Luís Lapa (m & l) 17

4ª semifinal[editar | editar código-fonte]

A quarta semifinal ocorreu a 19 de janeiro de 2001, no Auditório do Centro de Congressos da Madeira, em Funchal. "Agora", interpretado por Fernando de Almeida e "Tu és o ser", interpretado por Elizabete Soares foram as canções que se qualificaram para a final.

4ª semifinal - 19 de janeiro de 2001
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
Tânia de Sousa "Viver para amar" Luca (m & l) 14
Fernando de Almeida "Agora" Fernando de Almeida (m & l) 43
Elizabete Soares "Tu és o ser" Rui Batista (m & l) e Elisabete Soares (m) 42
Trilhos "Roda de amores" Luís Lapa (m & l) 17
Bruno Airaff "Rapariga loira" Thilo Krasmann (m), Rosa Lobato de Faria (l) 27
Cidália Silva "Morrerei por ti" Paulo Ferraz (m), Cidália Silva (l) 41
Sandra Soares "Ter uma paixão" Rui Filipe (m & l) 32
Eden "Na promessa desse olhar" Gerardo Rodrigues (m), Maria da Conceição Norte (l) 11
Mané Crestejo "Fechar os olhos (e olhar)" Mané Crestejo (m), Bruno Travassos (l) 8 10º
10º Paula Duque "Ventos da mudança" Paulinho Lemos (m), Paulo Duque (l) 40

5ª semifinal[editar | editar código-fonte]

A quinta semifinal ocorreu a 16 de fevereiro de 2001, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada. "Só sei ser feliz assim", interpretado por MTM e "Assim por ti", interpretado por US 2 foram as canções que se qualificaram para a final.

5ª semifinal - 16 de fevereiro de 2001
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
Rita Leal "Por ti saudade" Pedro Moreira (m & l) 22
Carlos Massa "Há outro lugar" Carlos Massa (m & l) 29
Jaime Nascimento "Nunca te despeças de mim" Jaime Nascimento (m & l) 20
Rosete e Duo Demo "Brisas de Luanda" António Carlos Goulart (m), José Manuel Martins (l) 22
António Laranjeira "No olhar dos teus olhos" Pereira Pinto (m & l), António Laranjeira (l) 34
Terrie Alves "Canta comigo (canta meu povo)" Terrie Alves (m & l) 20
MTM "Só sei ser feliz assim" Marco Quelhas (m & l) 38
US2 "Assim por ti" Miguel Noronha de Andrade (m & l) 37
Miguel Braga "Milagres precisam-se" Miguel Braga (m & l) 20
10º Jaime Nascimento "Fazer uma música só para ti" Jaime Nascimento (m), Manuela Matos Silva (l) 33

Final[editar | editar código-fonte]

A final ocorreu a 7 de março de 2001, no Europarque, em Santa Maria da Feira. "Só sei ser feliz assim", interpretado por MTM foi a canção vencedora.

Pela primeira vez na história do Festival RTP da Canção a final de 2001 não foi transmitida em directo pelo país se encontrar de luto face à tragédia da queda da ponte de Entre-os-Rios. A votação distrito a distrito não foi do conhecimento público, apenas apareceram gráficos com grupos de votações, onde não se ficou a saber quem votou em quem.

Final - 7 de março de 2001
# Artista Canção Música (m) / Letra (l) Pontuação Classificação
Fernando de Almeida "Agora" Fernando de Almeida (m & l) 226
Sónia Mota "No tom das cores" Américo Faria (m & l) 257
Euro "Amor, my love" Artur Jordão (m), Manuela Matos Silva (l) 222
US2 "Assim por ti" Miguel Noronha de Andrade (m & l) 160
Elizabete Soares "Tu és o ser" Rui Batista (m & l) e Elisabete Soares (m) 207
TribUrbana "Poder voar" Luiz Carvalho (m & l) 225
Patrícia Colaço & Duo Demo "Choro no fado" José Manuel Martins (m & l) 275
Nuno Junqueira "Chamar por ti" Nuno Junqueira (m & l) 206
Mónica Ferraz "Secreta passagem" Miguel Braga (m & l) 142 10º
10º MTM "Só sei ser feliz assim" Marco Quelhas (m & l) 280

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências