Festival da Ilha de Wight

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Festival da Ilha de Wight
Isle Of Wight Festival
O palco em construção para a edição de 2002
Período de atividade 1968-1970 / 2002-Presente
Local(is) Seaclose Park, na Inglaterra, no  Reino Unido
Gênero(s) Rock, rock alternativo
Página oficial www.isleofwightfestival.com

O Festival da Ilha de Wight (The Isle of Wight Festival) é um festival musical que acontece anualmente na Ilha de Wight, na Inglaterra. Foi realizado originalmente entre 1968 e 1970, respectivamente em Ford Farm (próximo a Godshill), Wootton e Afton Down (próximo a Freshwater). A edição de 1970 foi, de longe, a maior e mais famosa das primeiras edições do festival.

O evento foi retomado em 2002 no Seaclose Park, um local de recreação nos arredores de Newport. Tem sido realizado anualmente desde então.

Detalhes do festival original[editar | editar código-fonte]

As primeiras edições do festival foram promovidas e organizadas pelos irmãos Foulk (Ron e Ray Foulk) sob a bandeira de sua companhia Fiery Creations Limited, e por seu irmão menor Bill Foulk. As locações foram Food Farm (próximo a Godshill), Wotton e Afton Down (perto de Freshwater), respectivamente.[1] O evento de 1969 foi notável pela apresentação de Bob Dylan e The Band. Essa foi a primeira apresentação paga de Dylan após seu acidente de moto três anos antes, e aconteceu quando muitos ainda tinham dúvidas se ele voltaria a se apresentar. Fãs de todas as partes do mundo se deslocaram até a ilha de Wight para vê-lo. O público ficou entre 150 000 e 250 000 pessoas. A edição de 1969 começou na sexta-feira, 29 de agosto, onze dias após o fim do festival de Woodstock. Na época, Dylan vivia em Woodstock, e se acreditava amplamente que ele tocaria lá, mas Dylan viajou para a ilha de Wight em 15 de agosto, o dia de abertura do festival de Woodstock.

A edição de 1970 foi a maior das primeiras edições do festivalː na época, foi considerada uma das maiores aglomerações humanas no mundo, com estimativas superiores a 600 000 pessoas, superando o público de Woodstock. Entre as principais atrações, estavam Jimi Hendrix, Miles Davis, The Doors, The Who, Lighthouse, Ten Years After, Emerson, Lake & Palmer, Joni Mitchell, The Moody Blues, Melanie Safka, Donovan, Gilberto Gil, Free, Chicago, Richie Havens, John Sebastian, Leonard Cohen, Jethro Tull, Taste e Tiny Tim. A inesperada afluência de público fez com que o Parlamento do Reino Unido, em 1971, adicionasse uma seção ao ato de 1971 do conselho do condado de Wight proibindo eventos noturnos ao ar livre com mais de 5 000 pessoas na ilha sem prévia autorização do conselho.[2]

A edição de 1970 foi filmada em 35 milímetros por uma equipe dirigida por Murray Lerner, que havia acabado de dirigir o documentário Festival, sobre o Newport Folk Festival. O direito sobre o filme foi ganho por Lerner após uma disputa judicial contra os irmãos Foulk. Lerner usou imagens do festival no filme Message to love (1996).[3] Além desse filme, Lerner criou filmes focados na apresentação individual de artistas no festival de 1970. Até o momento, já foram lançados filmes individuais sobre Miles Davis, Jimi Hendrix, The Who, Emerson, Lake & Palmer, The Moody Blues, Free, Taste, Leonard Cohen, Jethro Tull, The Doors e Joni Mitchell.

1968[editar | editar código-fonte]

1969[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Festival da Ilha de Wight de 1969

1970[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Festival da Ilha de Wight de 1970

Detalhes das reedições do festival[editar | editar código-fonte]

O evento foi revivido em 2002 no Seaclose Park, uma área de recreação nos arredores de Newport. Tem sido realizado anualmente desde então, progressivamente se estendendo para o norte ao longo do vale do rio Medina. Muitos artistas famosos se apresentaram nestas novas reedições do festival, como The Rolling Stones, Amy Winehouse, Paolo Nutini, The Crazy World of Arthur Brown, Paul McCartney, Muse, Boy George, Stereophonics, Faithless, Donovan, Ray Davies, Robert Plant, Queen + Adam Lambert, David Bowie, Manic Street Preachers, The Who, The High Kings, R.E.M., Travis, Coldplay, The Zombies, The Proclaimers, Bryan Adams, The Police, Foo Fighters, The Killers, Nile Rodgers e Chic, Fleetwood Mac, Madness, Paloma Faith e Kings of Leon.

2002[editar | editar código-fonte]

2003[editar | editar código-fonte]

2004[editar | editar código-fonte]

2005[editar | editar código-fonte]

2006[editar | editar código-fonte]

2007[editar | editar código-fonte]

2008[editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]

2010[editar | editar código-fonte]

2011[editar | editar código-fonte]

2012[editar | editar código-fonte]

2013[editar | editar código-fonte]

2014[editar | editar código-fonte]

2015[editar | editar código-fonte]

2016[editar | editar código-fonte]

2017[editar | editar código-fonte]

2018[editar | editar código-fonte]

2019[editar | editar código-fonte]

2020[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Isle of Wight Festival - History». Consultado em 20 de fevereiro de 2020 
  2. Isle of Wight County Council Act 1971, c.lxxi, ss.5-6. [S.l.: s.n.] 
  3. «Message to Love: The Isle of Wight Festival (1996)». Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  4. «ISLE OF WIGHT FESTIVAL HISTORY - 1968 TO TODAY». Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  5. Sally Perry (2 de setembro de 2010). «Ray Foulk on The History of the Isle of Wight Festival (Podcast)». Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  6. «Nokia Isle of Wight Festival 2006». Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  7. «Isle of Wight Festival 2007». Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  8. «Isle of Wight Festival 2008». Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  9. «2010 Isle of Wight Festival». Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  10. «2010 Isle of Wight Festival». Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  11. «Tom Petty and the Heartbreakers to headline UK festival». 6 de dezembro de 2011. Consultado em 27 de fevereiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]