Festival de Cinema de Londres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Festival de Cinema de Londres (em inglês: BFI London Film Festival ou London Film Festival) é um festival cinematográfico realizado em Londres, Inglaterra. É o maior evento cinematográfico público do Reino Unido, com projecção de mais de 300 longa-metragens, documentários e curta-metragens de cerca de 50 países. O festival acontece todos os anos na segunda quinzena de outubro, organizado pelo Instituto de Cinema Britânico. Apresenta o melhor do cinema mundial para apoiar a criatividade, a originalidade, a visão e a imaginação e também apresenta o melhor do cinema internacional contemporâneo, tanto de cineastas emergentes como os já estabelecidos.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1953 um grupo de críticos de cinema tiveram a ideia de criar um festival de cinema em Londres; já que na época Cannes, Veneza e Edimburgo tinham seu próprio festival, seguramente Londres também havia de ter. No entanto, seu objectivo era abrir o novo festival ao público, para dar oportunidade de ver os filmes que não eram exibidos no cinema britânico. Originalmente pretendia ser um "festival dos festivais", focado em projectar uma selecção de títulos fortes de outros festivais do cinema europeu, incluindo Cannes e Veneza. A primeira edição do Festival de Cinema de Londres foi concebida por James Quinn, que naquela época era o director do Instituto de Cinema Britânico, e teve lugar no NFT (National Film Theatre, actualmente conhecido como BFI Southbank) entre 16 e 26 de outubro; foi lançado um dia depois da inauguração do novo NFT em seu lugar actual sobre a Ponte de Waterloo. Apenas foi projectado uma selecção de 15-20 filmes de realizadores renomados, incluindo Akira Kurosawa, Satyajit Ray, Yasujiro Ozu, Luchino Visconti e Andrzej Wajda. Apesar do programa ainda conservar o espírito do "festival dos festivais", agora também mostra as novas descobertas de '"talentos importantes e emocionantes" do cinema mundial. O festival também segue sendo uma festa pública, atendendo a um número de profissionais de cinema e jornalistas de todo o mundo.[1]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Troféu Sutherland[editar | editar código-fonte]

Criado em 1958, o Instituto de Cinema Britânico premiava anualmente "o criador do filme [primeira ou segunda obra] mais original e criativo, apresentado no National Film Theatre durante cada ano";[2] mas em 1997 os critérios foram alterados e actualmente o prémio é concedido ao criador do filme de estreia mais criativa e original, apresentada durante o Festival de Cinema de Londres.[3] O troféu que se entrega na cerimónia de encerramento, é uma escultura de prata de Gerald Benney e porta o nome do patrono do Instituto de Cinema Britânico, George Sutherland-Leveson-Gower, 5.° Duque de Sutherland.

Ganhadores do Troféu Sutherland
Ano Realizador Filme
1958 Yasujiro Ozu Tōkyō Monogatari
1959 Satyajit Ray O Mundo de Apu[4]
1960 Michelangelo Antonioni A Aventura
1961 Ermanno Olmi Il posto
1962 Jacques Rivette Paris nous appartient
1963 Alain Resnais Muriel ou le Temps d'un retour
1964 Grigori Kózintsev Hamlet
1965 Jean-Luc Godard Pierrot le fou
1966 André Delvaux De man die zijn haar kort liet knippen
1967 Masaki Kobayashi Jōi-uchi: Hairyō tsuma shimatsu
1968 Straub-Huillet Chronik der Anna Magdalena Bach
1969 Jacques Rivette L'Amour fou
1970 Bernardo Bertolucci Il conformista
1971 Robert Bresson Quatre nuits d'un rêveur
1972 Octavio Getino
Fernando Solanas
La Hora de los Hornos
1973 Giorgi Shengelaya Pirosmani
1974 Rainer Werner Fassbinder Martha
1975 Theo Angelopoulos O Thiassos
1976 Nagisa Ōshima O Império dos Sentidos
1977 Hans-Jürgen Syberberg Hitler, um Filme da Alemanha
1978 Mark Rappaport The Scenic Route
1979 Zeki Ökten Sürü
1980 Peter Greenaway The Falls
Xie Jin Two Stage Sisters
1981 Helma Sanders-Brahms Die Berührte
1982 Adoor Gopalakrishnan Elippathayam
1983 Chris Marker Sans soleil
1984 Lino Brocka Bayan ko: Kapit sa patalim
1985 Chen Kaige Huáng tǔdì
1986 Bill Douglas Comrades
1987 Edward Yang Kǒngbù fènzǐ
Souleymane Cissé Yeelen
1989 Nils Gaup Veiviseren
1990 Steven Kloves The Fabulous Baker Boys[5]
1991 Elaine Proctor On the Wire
1992 Jocelyn Moorhouse Proof
1993 Julio Medem Vacas
1994 Tran Anh Hung L'Odeur de la papaye verte
1995 Moufida Tlatli Samt el qusur
1996 Jevon O'Neill Bob's Weekend
1997 Bruno Dumont La Vie de Jésus
1998 Samira Makhmalbaf Sib
1999 Lynne Ramsay Ratcatcher
2000 Kenneth Lonergan You Can Count on Me
2001 Asif Kapadia The Warrior
2002 Delphine Gleize Carnages[6]
2003 Siddiq Barmak Osama
2004 Jonathan Caouette Tarnation[7]
2005 Kari Paljakka Eläville ja kuolleille[8]
2006 Andrea Arnold Red Road
2007 Vincent Paronnaud
Marjane Satrapi
Persépolis
2008 Sergey Dvortsevoy Tulpan
2009 Scandar Copti
Yaron Shani
Ajami
2010 Clio Barnard The Arbor[9]
2011 Pablo Giorgelli Las Acacias
2012 Benh Zeitlin Beasts of the Southern Wild
2013 Anthony Chen Ilo Ilo

Outras categorias[editar | editar código-fonte]

Prémio Grierson

É entregue ao melhor documentário exibido durante o festival. Porta o nome do realizador escocês John Grierson (1898-1972).

Ano Documentário Realizador
2005 Workingman's Death Michael Glawogger
2006 Thin Lauren Greenfield
2007 The Mosquito Problem and Other Stories Andrey Paounov
2008 Victoire Terminus Florent de la Tullaye e Renaud Barret
2009 Defamation Yoav Shamir
2010 Armadillo Janus Metz
2011 Into the Abyss: A Tale of Death, A Tale of Life[10] Werner Herzog
2012 Mea Maxima Culpa: Silence in the House of God[11] Alex Gibney


Prémio de melhor filme

O prémio é entregue desde 2009, ao filme mais original e criativo.

Ano Filme Realizador
2009 Un prophète Jacques Audiard
2010 Kak ya provyol etim letom[9] Alexei Popogrebski
2011 We Need to Talk About Kevin[10] Lynne Ramsay
2012 Ferrugem e Osso[11] Jacques Audiard


Prémio de melhor estreante britânico

Desde 2009, o prémio é entregue aos britânicos talentosos emergentes e reconhece os êxitos de um novo argumentista, produtor ou realizador que já demonstraram a verdadeira criatividade e imaginação em seu primeiro filme.

Ano Estreante Filme
2009 Jack Thorne (argumentista) The Scouting Book for Boys
2010 Clio Barnard (realizador) The Arbor
2011 Candese Reid (actriz)[10] Junkhearts
2012 Sally El Hosaini (realizador e argumentista)[11] My Brother the Devil


BFI Fellowships

Desde 2009, o festival mostra as obras dos novos cineastas e dos já estabelecidos.

Ano Ganhador Filme
2009 Souleymane Cissé (cineasta)
John Hurt (actor)
2010 Danny Boyle (cineasta)
2011 David Cronenberg (cineasta)[10]
Ralph Fiennes (actor)[10]
Um Método Perigoso
Coriolanus
2012 Tim Burton (cineasta)[11]
Helena Bonham Carter (actriz)[11]
Frankenweenie
Great Expectations

Referências

  1. «El Festival de Londres programa un cicle de cinema català». La Vanguardia (em espanhol). 27 de dezembro de 1991 
  2. 1963 London Film Festival Programme, London: BFI (em inglês)
  3. «Warrior conquers London Film Festival». BBC News (em inglês). British Broadcasting Corporation. 23 de novembro de 2001 
  4. Apur Sansar «The World of Apu» Verifique valor |url= (ajuda) (em inglês). Satyajit Ray. Consultado em 26 de agosto de 2015. 
  5. «Fabulous Baker Boys» (em inglês). Metro-Goldwyn-Mayer. Consultado em 26 de agosto de 2015. 
  6. «Carnages' at London Film Festival». The Independent (em inglês). 22 de novembro de 2002 
  7. «Press Release» (em inglês). Optimum Releasing. 5 de novembro de 2004. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2004 
  8. «Kari Paljakka's film wins the Sutherland Trophy» (em inglês). Embaixada da Finlândia em Londres. 9 de novembro de 2005 
  9. a b Brown, Mark (27 de outubro de 2010). «London film festival: British director Clio Barnard wins best newcomer» (em inglês). The Guardian 
  10. a b c d e Brown, Mark (26 de outubro de 2011). «We Need to Talk About Kevin scoops top prize at London film festival» (em inglês). The Guardian 
  11. a b c d e «BFI London Film Festival announces 2012 award winners» (em inglês). British Film Institute. 2 de abril de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Festival de Cinema de Londres